Hart of Dixie 2x15/2x16 - The Gambler/Where I Lead Me




O impacto deixado por Zoe em Wade no último episódio fez efeito

Devido a falhas técnicas, a Flávia não pôde fazer as reviews de HoD essa semana. Então vocês vão ter que se contentar comigo mesmo. (#Brinks. Eu não sou tão má assim também, né pessoas. rs)

No episódio 14 Zoe deixou escapulir um comentário um tanto preconceituoso em relação à falta de ambição e sucesso na vida profissional de Wade. O tal comentário o afetou de tal maneira que ele e seu companheiro de banda, o Meatball (WTF is this kinda name?!), resolveram se inscrever no Battle of The Bands, mais um dos inúmeros eventos de Bluebell, e concorrerem ao prêmio de $20mil, que Wade planejou em usar para montar o bar dos seus sonhos.

Aí me vem a Zoe confabular com George sobre uma forma de tirar Meatball da banda por que o cara é um terrível cantor. Aliás, George tentando explicar o significado do nome da banda… Ah, George, seu fofo! *-* E eles tentaram de tudo: George fingindo que sentia falta de um lado artístico em sua vida e até Zoe tentando convencê-lo a trazer a ex-namorada (louca e hipocondríaca) pra cantar com ele. No final das contas, Wade acabou despedindo Meatball da banda e chamando George pra cantar.

Antes de subir ao palco ele caiu na real. No fim das contas, Zoe parecia mais motivada em ver o namorado ganhar o tal concurso do que ele mesmo. Tá que ela é obcecada até demais com essa história de carreira profissional e tal e que é legal ver que Wade é mais cuca-fresca quando se trata disso. Mas ele realmente parece não se empolgar com nada ligado a trabalho, nem mesmo com seu sonho de montar o bar (hey fãs, vejam bem, não tô falando que ele é preguiçoso, é só uma questão de realização pessoal mesmo). Que Wade tem uma autoestima baixa em relação à sua vida profissional, isso é fato. Mas pela briguinha que ele armou com George antes de cantar ficou na cara que tá sobrando recalque e faltando empolgação com seus próprios planos.

Gente, Tom tentando surpreender Wanda com um pedido de casamento e sendo surpreendido de volta com uma declaração de amor em forma de flash-mob é muito amor. E o que foi aquilo da Tansy terminar com George só por causa de uma “regra” estúpida de não namorar roqueiros. Minha filha, larga de ser boba, agarra logo esse lindo e aproveita (A gente morrendo por um George Tucker da vida e as que tem tão rejeitando. #mundo injusto, né). Adorei a lição que ele deu falando que já aguentou uma namorada controladora por 15 anos e que não vai mais aceitar alguém ditando o que vai ou não fazer. Issaê, YOU GO, GEORGE! o/ Aí também teve Lemon brigada com Annabeth e sofrendo de solidão. Isso sem falar na declaração fofa de Lavon para AB. Não me levem a mal, até por que eu shippava muito Levon, mas desde que deixaram transparecer esse clima de romance entre ele e AB, eu comecei a achar Labeth (nem sei se é assim o nome do shipper. HAHA) um casal bem mais coeso do que Levon. Me julguem, mas shippo Labeth mexmo!

Quando vi Wade deixando o concurso das bandas com uma mulher logo já vi o que ia acontecer. E o episódio “Where I Lead Me” foi uma continuação temporal, mostrando Zoe preocupada com o sumiço do namorado no dia seguinte. E juntou George agindo todo esquisitão achando que Wade tinha ido aos finalmentes com a menina do bar e pronto. Minha suspeita estava ficando mais e mais real. Aí quando Zoe consegue enfim encontrá-lo, ele me vem com aquela desculpinha de que a menina tava com a bateria do carro fraca e ele foi fazer uma chupeta (e ele foi mesmo, né. #DirtyJoke Hahaha).

No meio dessa bagunça toda, Tom e Wanda se preparavam para casar e Zoe ficou incumbida de cuidar da mãe bêbada da noiva que ainda sofria pela traição do ex-marido. Quando ela contou a Zoe como foi sentir que o marido não gostava mais dela e a tinha traído, explicando que ele não a olhava mais nos olhos e se comportava de maneira muito condescendente, a ficha dela finalmente caiu. E quando estavam todos felizes no casamento temático, Zoe tinha uma expressão tão triste no rosto que não tinha como não se sentir triste por ela. O pior de tudo foi a explicação que Wade deu, culpando a bebedeira e o fracasso no concurso. Eu já não era #TeamWade, mas agora ele caiu de vez no meu conceito.

Teve também Lemon ainda brigada com Annabeth, mas a amizade das duas é maior do que qualquer briguinha, mesmo que seja por causa de homem. Aliás, acho até que Lemon não gosta mais de Lavon, e que ela só ficou chateada com AB por que esperava uma atitude diferente da amiga. E depois que Annabeth livrou Lemon de um cara bem tosco e a acompanhou no casamento, as duas reataram a amizade. Ainda bem, por que gostei muito do amadurecimento da amizade das duas durante essa primeira metade da temporada.

Agora tô torcendo para que Zoe se recupere logo do fim do namoro e já embarque em um relacionamento com George (sim, sou #TeamGeorge). E vocês?!
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment