Spartacus: War of the Damned – 3x05 – Blood Brothers


O episódio deu inicio com a pergunta que fiz semana passada. O que esse exército faz parado aí? 

Logo após isso só consigo falar a respeito do meu desapontamento com o Cruxius e Naevia, dando ênfase da Naevia é claro. Uma personagem que poderia ter uma ascensão diferente, porém toma as decisões erradas e na maioria das vezes impulsionadas apenas com instabilidade emocional e / ou seus traumas da vida de escrava. Graças a esse romance dos personagens a história esteve muito próxima de vivenciar um uma desunião que só adiantaria a gloria de Roma.

Cruxius está claramente mais fraco, sendo derrotado em simples treinamento por muitos dos homens que ele mesmo libertou ou ajudou a treinar, só prova o quão desfocado ele se encontrava até este momento da história.

Tiberius não me surpreendeu muito neste episódio, eu sabia que ele atentaria contra o coração de Marcus Crassus, porém eu esperava que ele a matasse não aquilo. Mas a verdade é que certamente isso irá encher de fúria o alto proclamado Imperador de Roma e talvez as conseqüências dos seus atos sejam desastrosas. De qualquer forma, a punição que recebeu pela derrota o mudou e a partir de agora certamente teremos um personagem menos chorão e muito mais interessante.

No geral, eu diria que o plano do Spartacus foi bastante engenhoso, mas acontece que como no inicio dessa temporada, Crassus está sempre um passo a sua frente quando se trata de estratégia de batalhas, sem mencionar o quanto é previsível libertar reféns que presenciaram um verdadeiro genocídio e não esperar que as informações que ele leve não seja verdadeiras. Acredito que isso nunca funcionaria com Crassus. Porém a questão de enganar o amigo para convencer o inimigo é sempre uma tática eficaz, que neste momento pode ser parcialmente certo.

O erro dele foi tentar ganhar a lealdade de piratas, piratas não tem honra, eles são comprados pelo maior valor em quaisquer ocasiões. E neste caso sou obrigado a concordar com o Cruxius, Fucking Pirates!

E o ponto alto deste episódio certamente foi à conquista da cidade, a cada dia fico mais impressionado com o animal do Julius Caesar, ele possui uma habilidade muito grande com a espada e está à altura de combater um gladiador, confesso que esperava a morte do Agron pelas mãos de Julius, talvez seja exatamente isso que aconteça no próximo episódio.

E sim, essa é uma boa hora para fugir...


Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment