Spartacus: War of the Damned 3x06/07 - Spoils of War/Mors Indecepta

Minha primeira decepção com Marcus Crassus.

Finalmente Marcus Crassus tem sua primeira vitória sobre Spartacus, mas acredito que a um custo alto e desnecessário. E essa foi certamente a minha decepção com ele.

Todos os episódios desta temporada estão terminando de forma surpreendente, e na semana passada não foi diferente, com a invasão dos soldados de Roma a cidade de Sinuessa acreditei que haveria perdas irreparáveis no elenco principal da série, porém mais uma vez eles se provaram fortes para sobreviver.

No meio desta temporada voltamos a sentir o gostinho das primeiras temporadas, onde ao invés de progresso só há intrigas que separam as lideranças de ambos os lados, apenas monstros a todo tempo tentando se sobressair visando lucro e benefícios próprios. Temos a luta interna de Tibérius versos Julius Caesar, que se torna cada vez mais intensa, não há limites para ambição de ambos e certamente um causará um dano grave ao outro antes do fim.

Tiberius se mostra cada vez mais frio e meticuloso assim como o imperador, a cada novo episódio ele se torna o pesadelo para muitos e acredito que antes do fim, seu nome ficará marcado para sempre.

Como se trata de um review duplo, já tempo comentários bem mais abrangentes em relação ao triangulo não amoroso que se tornou Marcos Crassus, Tiberius e a escrava Kore, honestamente não poderia imaginar que depois de tudo seria essa a decisão que ela tomaria. Um grande erro a meu ver, talvez ela fosse capaz de criar uma distancia grande entre Crassus e seu filho se tivesse simplesmente lhe contado a verdade, porém em um ato de covardia ela decidiu fugir e se juntar aos escravos rebeldes. Isso tudo para ira de Crassus, afinal de conta dizem que não existe ódio maior do que aquele que já foi amor. Essa traição terá uma repercussão muito grave e não consigo pensar em um final para Kore além do pior possível. Crucificada junto aos demais rebeldes que serão derrotados por Roma.

E então ao decorrer da história venho a minha grande decepção com Crassus, o que ele fez a Laeta é imperdoável. Vendê-la para piratas apenas para alcançar seus objetivos foi baixo demais, ele possui uma inteligência além do normal para aceitar tais pactos sujos, sem mencionar que se trata de um ato de total traição a Roma, porém está feito e agora ela é apenas uma escrava, como todos os outros que ele tanto abominou, e honestamente falando... Não seria um absurdo ela fazer par romântico com Spartacus mesmo que seja momentaneamente antes do fim.

Os momentos de tensão em ambos os episódios foram excelentes, como sempre Crassus está sempre uma passo a frente de Spartacus e armou aquela cilada de forma exemplar, enganou até a mim que era um espectador. A carnificina organizada por ele para honrar Julius Caesar foi bizarra, atos de verdadeiros animais. Por isso sempre torço para Spartacus, mesmo conhecendo o final inevitável.

Porém ao término deste episódio Spartacus fez algo que ainda não havia feito nesta temporada, surpreendeu a todos, inclusive a Crassus que quase teve sua vida tomada pela mão de escravos. Esse final foi realmente lindo e cruel. Fizeram uma ponta com os cadáveres de suas perdas para assim sobreviver, cruel, porém extremamente necessário. E aguardar a presença de Crassus as margens do desfiladeiro foi digno do verdadeiro Spartacus que se tornou a lenda que é...

E mais uma vez vemos ele bater em retirada com grande vantagem psicológica sobre seus adversários, e espero que antes do término desta série uma grande parte do exército de Crassus seja dizimada por ele.

Viva a queda de Roma!

Considerações finais: Esse vai e vem de Cruxius e Spartacus já ficou cansativo, espero que essa tenha sido a ultima.


Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment