The Vampire Diaries 4x20 - The Originals



Seria The Originals uma história sobre a redenção de NiKlaus?

O spin-off de The Vampire Diaries teve seu episódio piloto exibido na ultima quinta feira no episódio 20 da temporada e entre alguns erros e acertos eu consigo tirar a conclusão de que o saldo foi positivo ou que pelo menos tem algum potencial pra se tornar algo bom de verdade. A crítica sobre a saga de Klaus em New Orleans tem sido pesada, mas se colocarmos como base o piloto de TVD, que é extremamente chato, com promessa de pouca coisa interessante sobre a mitologia dos vampiros, podemos crer que essa nova série tem possibilidades de ter uma boa evolução.

Com carta branca da CW para a próxima temporada, The Originals se concentra em acompanhar o retorno de Klaus a New Orleans para descobrir qual o plano de uma bruxa que está armando algo para ele. Lá vive Marcel, uma cria sua que deu certo e que diferente de Tyler não vive pra fugir de seu criador. Marcel tem atitude e consegue confrontar Klaus de igual para igual, demonstrando uma falsa amizade para não criar problemas maiores e assim conseguir manipular o restante das coisas.

Jane-Anne morta logo no início do episódio usou Hayley para um feitiço que tinha como objetivo atrair Klaus. Marcel fora de controle é algo que precisa ser detido e só o seu criador para fazer isso. Até aí consigo comprar a história e crer que podem sair muitos plots legais de confronto entre cria e criador. Mas o problema é a inserção descabida da gravidez de Hayley, um plot muito crepúsculo como já destacado pelo povo. Eu particularmente acho que foi aí que a série pecou feio antes de começar, mesmo que o fato de Klaus ser metade lobisomem justifique a gravidez que no mundo dos vampiros é impossível.

A frase do início da review se encaixa muito na visão que Klaus passa a ter sobre querer um herdeiro, além da conversa com a bartender avulsa sobre o controlar os demônios que há dentro de si. Camile, essa bartender certamente será parte do triângulo amoroso formado junto com Klaus e Hayley, então já é mais do que obvio que Klaroline não vai mais acontecer.

A participação de Elijah nesse pré-piloto foi tão insignificante que a única coisa que pode ser destacada é o fim de sua história amorosa com Katherine. O adeus dele no fim do episódio disse tudo. Mas o pior foi a forçação de barra para introduzir Rebekah nessa bagunça toda. Essa obseção dela pela cura e o sonho de ter família e filhos já está soando ridículo, mas é preciso um motivo relevante para que ela aceite retornar a New Orleans, porque se não tudo vai ficar tão avulso quanto a introdução de Hayley nessa temporada.

Na trama da temporada de TVD nada saiu do lugar. Com Elena presa e sem se alimentar, Stefan e Damon apostam mais uma vez em joguinhos perigosos para fazer a humanidade dela voltar, acredito que tudo será em vão já que o nível de cretinice de nossa mini vampiranha está elevadíssimo.

Mas a grande questão é: Julie Plec será capaz de fazer  um bom desenvolvimento com The Originals, levando em conta o desastre que foi essa temporada de TVD? Só saberemos isso na próxima fall season.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment