[Especial] Os personagens mais mal vestidos das séries


Vários seriados se apoiam na moda para transmitir as características de seus personagens ou lançar modas, por isso vários deles sempre são muito bem vestidos e elegantes. Porém cada seriado tem aquele personagem que não assiste Project Runway, nem America's Next Top Model e está sempre fora de moda, usando combinações duvidosas ou roupas de brechó. Confira a lista que fizemos dos personagens mais mal vestidos.

Vanessa Abrams (Jessica Szohr) - Gossip Girl (Por Vanessa Reis)


Gossip Girl e moda são praticamente sinônimos. Por 6 anos a série ditou estilo, obteve alguns dos melhores figurinos da televisão, lançou tendências. Mas, quando Vanessa Abrams pulou a janela do 'lonely boy', a série que era regada de classe, estilo e bom gosto, conheceu seu 'lado negro'. V era a garota do Brooklyn, aquela que faria o estilo Boho Chic com looks folk repletos de estampas étnicas e um toque cult. Tinha tudo pra dar certo, mas não sei com quem da produção a Jessica brigou, porque foi um completo desastre! Eram camadas demais, estampas demais, cores demais, amarelo com neon demais, mais mais mais! E aquela bota com franjas? E as sobreposições? E o cabelo nunca domado? E aquele alisamento que a deixou com 'cabeça de capacete'? Como diz meu amigo Eduardo, "poderiam ter raspado a cabeça dela igual nos livros porque ia ser menos tenso". SOS, ERIC DAMAN!
Uma mulher linda. Uma mulher com olhos maravilhosos. Um personagem mal vestido. E o fim da magia da atriz. A 'Brooklyn Girl' nos dá uma bela aula de como ter todos os elementos certos no guarda-roupa, mas não saber como vestí-los!

Pheobe Buffay (Lisa Kudrow) - Friends (Por Gabriella Siggia)


A nossa maluquinha preferida de Friends até acertava nas piadas, mas quanto as roupas era um tremendo desastre. Abusando nas cores e estampas pra lá de "querida, cheguei!", Phoebe adorava todos objetos extravagantes. A arte manual da Phoebe também ajudou na divulgação de seus quadros estranhos e tenho certeza que os brincos e colares eram produzidos por ela mesma, ou alguém duvida disso? Com certeza Clodovil Hernands deve estar se revirando do cemitério agora por tantos desastres naturais que um ser humano é capaz de fazer. Profetizando todas as coisas contrárias ao seu lema "salve os animais", a Sra. Buffay assassinava a moda toda semana. Seja com seus gorrinhos a la empregada doméstica de 5ª categoria, seja com suas calças de palhaço para gestantes. Ela abusava nas cores erradas e não combinava nada. E quando estava bonita tinha que colocar um arranjo na cabeça ou usar aqueles casacos que nem  em brechó se vende mais. Mas não se preocupem, a atual moda de não combinar nada com nada veio desta maluquinha que vivia cantando músicas no Central Perk, ao lado de seus amigos e tomando xícaras e mais xícaras de café. Uma super dica da titia Phoebe: quando você se sujar de molho, coloque um enfeite de natal gigante que ninguém vai reparar na mancha!

Amy Farrah Fowler (Mayim Bialik) - The Big Bang Theory (Por Vanessa Reis)



Quando Raj e Howard criaram um perfil fake pro Sheldon num site de relacionamentos e, do nada, se depararam com a 'versão feminina' do Dr. Cooper, não poderíamos imaginar que essa parceria iria tão longe. Amy chegou de mansinho mas não passou despercebida! Também pudera, porque são listras, xadrez demais, camadas e camadas e mais camadas de sobreposições, saias largas, cores sóbrias e aquele sapatinho de quem quer esconder joanete. Até parece que ela não tem pele, tem pano demais naquele figurino, gente!! Não entendo! Nossa neurobióloga preferida quer ser popular, viver tudo aquilo que a juventude não lhe deu por ser 'too geek' ou, convenhamos, totalmente bizarra, mas bem que ela poderia aprender com Penny ou Bernadette como repaginar o armário, né? Porque, apesar de usar todo aquele leque de informações extravagantes com confiança, não podemos dizer que fica bonito. 

PS: perdoo todos os looks quando a tiara é colocada, Amyzinha!

Betty Suarez  (America Ferrera) - Ugly Betty (Por Armando Wünsch)


Betty Exagero Suarez, para muitos é esse o nome oficial da nossa feia preferida. O grande problema de Betty sempre foram as combinações que a pobrezinha fazia, misturando roupas de várias épocas, com cores chamativas e sempre um cinto ou echarpe para dar aquele sentimento de poluição visual instantânea. Com o tempo, ela melhorou bastante, ganhando até elogios e dicas de moda do diabo da moda Wilhelmina Slater. Claro que no fim, o patinho feio se transformou em um cisne, como a lenda reza, mas durante suas quatro temporadas, as combinações de Betty sempre foram motivos de gozação para Marc e Amanda, e nós!

Blaine Anderson (Darren Criss) - Glee (Por Gabriella Siggia)


Usando e abusando das gravatinhas borboleta, com um look brega e excesso de gel na cabeça, Blaine Anderson pode até ser o gay mais cool de Ohio atualmente, mas jamais ganhará o prêmio de bem vestido, ao contrário de ex Kurt, que entendia muito bem de moda. Usando calças bem apertadas, camiseta xadrez antiquada e não combinando nenhum pouco seus figurinos, ele exagera em tudo, mas é a voz dele que ganha mais destaque do que suas roupas. Até Rachel Berry em seus anos de colegial usando roupas da vovózinha, conseguia se vestir melhor que Blaine. Além disso, o Presidente atual do grêmio estudantil consegue ganhar paixõezinhas por onde anda e até agora não conseguimos entender o que as mulheres e rapazes vêem nele, porque por mais que ele seja bonito, com tanto excesso de gel e roupas apertadas, ele não chega a ser um galã!

Lester Patel (Vik Sahay) - Chuck (Por Vanessa Reis)



Lester trabalhava na Buy More, fazia parte da Nerd Herd e , na maioria das cenas, estava de uniforme - o que não o impedia de inovar seja com a camisa completamente aberta ou a gravata amarrada na cabeça; em horário de trabalho, claro. Mas o papo fica sério quando Lester junta-se com Jeff e a fusão Jefster é ativada! O que são aquelas roupas de show? Estampa militar com napa vermelha, gravata borboleta quase maior que o próprio pescoço, chapéus, panos e camadas, uma tentativa de usar tanto brilho a ponto de ofuscar o sol e, quem sabe, se analisarmos bem, este indiano metade judeu não foi o precursor da linha 'absurda'? Ele mesmo sempre intitulou-se "cabelo de estrela do rock" e tem até presença de palco pra isso, mas minha gente, precisa urgente de um RP e um personal stylist, se não a carreira termina em fiasco antes mesmo de começar...

Virginia Chance (Martha Plimpton) - Raising Hope (Por Gabriella Siggia)


Ninguém pode duvidar que Virgina não seja a vozona da TV, nem que ela se veste muito mal. E isso não é culpa de ser pobre, mas de gosto. Usando e abusando de roupas largas, agasalhos de moletons, camisas com desenhos e roupas iguais a da sua neta fofo Hope, Virginia Chance é a breguice em pessoa. O bom disso tudo é que nunca sabemos o que ela vai usar, inclusive quando tenta ser chique. Roupas xadrez e dois números maiores que ela e agasalhos de moletons já são patrimônio de seu guarda roupa. Mas se você tem uma roupa velha, que não usa mais, não precisa jogar fora: basta doar para a Virginia que ela sempre saberá  o que fazer com a roupa, aderindo adesivos, deixando Hope desenhando ou reciclando as roupas velhas e usadas. É como se Virginia Chance fosse o brechó em carne e osso, rs!

              Agostinho Carrara (Pedro Cardoso) - A Grande Família (Por Vanessa Reis)


Eis que o ícone fashion, o 'It Boy' brasileiro, o dono dos looks mais estilosos do subúrbio carioca, o taxista mais charmoso do mundo não poderia ficar de fora de nossa lista. Quem não conhece (e comenta!) sobre Agostinho Carrara? Quem consegue não ser influenciado por este Midas do universo fashionista? Se você é Dunga ou Zeca Camargo, este post não os representa, afinal, vocês bem que adoram badalar com peças únicas dos armários Carrara... Agostinho é muito anos 70, naquela vibe retrô, piegas, cafajeste e tanto quanto canalha, por isso ele é exagerado mas, convenhamos, muuuuuuito exagerado, hein? Crash de estampas, todas juntas e misturadas com as cores mais berrantes impossíveis, muita pantalona, bolso faca, colarinho bem marcado; repleto de uma excentricidade ímpar! Mas ó, ele anda montado na grife, viu? Camisas Hobi Club, viu? Mas é aquela máxima, que adianta comprar bem e não saber usar? Com certeza o dono da Carrara Táxi é um exemplo disto! 

Hannah Horvath(Lena Dunham) - Girls (Por Bruno Kaninski)

Venho aqui falar da protagonista mais egocêntrica e mal vestido de todas na minha opinião. Graças ao ego de Lena, podemos ver Hannah no centro de todos os episódios e aparecendo mais do que qualquer uma. Mas isso não é necessariamente algo bom. Cada vez que eu olho para as roupas que ela tá usando, me dá vontade de entrar na tela e jogar tudo num triturador, para que nunca mais ninguém coloque essas aberrações no corpo. Não me entendam mal, o problema não é ser estampado, florido, ou o que quer que seja. Mas nenhuma das roupas dela é própria para o corpinho cheinho que ela ostenta. E as vezes ela ainda faz questão de deixar a barriga de fora! Ou também, como no terceiro look, eu sinto que ela pega as primeiras peças de roupa que ela vê no armário e joga sobre o corpo. Com amigas tão fashion como Marnie e Jessa, ela bem que poderia dar uma repaginada e começar a se vestir um pouco melhor.

Concordam com a nossa seleção? Tem alguma sugestão? Não deixem de comentar e esperamos vocês em mais um Especial do Freaks 4 Series. Ah, depois destas dicas super importantes, é melhor repensar duas vezes antes de escolherem as suas vestimentas, rs!
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment