The Big Bang Theory 6x22 - The Proton Resurgence


Aprenda com o mestre.


Não tem nem o que dizer: Sheldon é a alma deste seriado. E mais uma vez conseguiu nos transmitir memoráveis cenas com sua vizinha, Penny. Se vocês estavam com saudades desta dupla dinâmica, não podem reclamar deste episódio que foi repleto de referências nerds e com um timing excelente para Shenny. Como não rir da Penny atirando flechas no Sheldon no começo do episódio? Ou rir das" loirices" da garota? Impossível. Sem mencionar a brilhante participação especial do Professor Proton, que trouxe um outro ar para o trio Sheldon-Penny-Leonard.

Só em TBBT para Sheldon convidar o brilhante professor para dar uma festa para crianças, sendo que a única criança presente era ele. A animação pela espera já aconteceu desde o começo do episódio, no qual ele enfatiza o acontecimento e ainda "desconvida" Howard para o grande dia. Mas nada, digo nada mesmo, superou a insônia do brilhante Dr. Cooper. Numa das cenas mais hilárias da série, vimos Sheldon perturbar Leonard de madrugada, como sempre, mas desta vez Leonard deu o troco ao ir em direção ao amigo e dar um tapa. Tudo bem que não vimos essa cena, mas escutamos muito bem e foi isso o que a tornou sensacional. A risada de Leonard pareceu bem natural e conseguiu transmitir exatamente aquilo que nós fãs sentimos: Sheldon finalmente recebeu o troco.

Claro que a participação ilustre do Professor Proton trouxe uma excelente sequência de cenas, provando a química que existe na série. Adoro ver Sheldon interagindo com outros personagens e convidados especiais, mas é sempre bom revê-lo com Penny e Leonard. Esse trio funciona muito bem quando atuam juntos e isso era o "charme" da série. O final foi sublime com Sheldon cantando "Soft Kitty, Warm kitty, little ball of fur, happy kitty, sleepy kitty, purr purr purr" para seu ídolo que teve um tipo de infarte por causa de quem mesmo? Sheldon! Mas sabemos muito bem que Sheldon só faz isso porque é uma eterna criança e comparando o pedido como uma relação entre pai e filho foi linda demais, até porque a gente só conhece a mãe dele e nunca vimos ou escutamos nada sobre o seu pai. 

Já Howard e Bernadette, o casal 20, ficou responsável pela belíssima Canela, a cachorrinha mais fofa do Raj. Ri horrores com os dois perdendo a "filhinha" do amigo e mais ainda com as neuroses de Raj. É nessas horas que a sexualidade dele é posta em lado, com pequenos detalhes que deixam no ar. Tudo bem que foi super estranho Howard confessar que acha sexy a Benadette imitando a voz de Raj, mas vamos dar um desconto para o astronauta por conta do seu passado (e relacionamento) com sua ilustre mãe. No final tudo deu certo, Canela voltou para seu dono que tentou dar uma lição de moral nos amigos, mas acabou ouvindo o que não devia da Bernadette. 

PS: Alguém discorda que Howard e Bernadette seriam ótimos pais?

Frase do episódio: "A garota loira (Penny) é realmente a sua (Leonard) namorada? ... Você é o gênio." (Professor Proton - Arthur Jeffries).
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment