Homeland 3x01 - Tin Man Is Down (Pre-Air)


Consequências.


A premiere vazada de Homeland consegue mostrar junto com muitos outros aspectos o turbilhão de problemas ocasionados pelos acontecimentos do ultimo final de temporada. A morte de mais de 200 pessoas dentro da CIA e a revelação de Brody como terrorista sem dúvidas traria consequências extremas para os personagens da série e isso é mostrado primorosamente nesse episódio, que apesar de não estar finalizado tecnicamente, não deixa a desejar, e isso justamente porque é sustentando em um roteiro consistente e inteligente que uma série como Homeland pede.

Ver Carrie sob julgamento é estressante, ainda mais quando ela insiste em defender a ideia da inocência de Brody em público. O mais interessante da série começa nesse aspecto, porque até hoje não é possível saber se ele tem 100% de culpa sobre tudo o que aconteceu. Muitos podem me entender errado ao lerem isso, mas a verdade é que tanto Brody quanto Carrie ou até mesmo Saul são figuras difíceis de interpretar, dando certo desconto pra ela e sua bipolaridade, fato esse que é uma das coisas mais difíceis de achar um equilíbrio.

O que é mais interessante de acompanhar? Uma Carrie inteligente e centrada, mas que não se doa por completo devido às medicações, segundo ela própria, ou uma Carrie que decide abandonar o tratamento e seguir seus próprios instintos, mesmo que esses possam estar muitas vezes equivocados? É uma questão difícil, principalmente pelo fato de que Claire Danes consegue entregar muito bem essas duas facetas de sua personagem.

Brody não deu as caras, mas isso acabou dando ainda mais destaque pra Saul, um personagem que em uma visão mais profunda nunca foi muito confiável. E isso pode se dá por vários motivos, um dos mais claros é visível nesse primeiro episódio, onde ele acaba traindo a Carrie para salvar a imagem da CIA. Foi como uma apunhalada nas costas pra gente que defende e compra as dores da personagem e ao mesmo tempo muito bom para a narrativa da série. Essa rivalidade criada entre Saul e Carrie, assim como o governo americano investigando as ações da CIA e a procura por Brody promete uma ótima dinâmica para a temporada, não dando chance pra episódios escritos somente para cumprir o número estabelecido.

A história da família Brody também trás algumas dinâmicas interessantes, mas que precisam ser extremamente bem trabalhadas para não se tornarem um peso nos episódios. Focar em Dana sempre é um risco. A trama da menina foi a pior parte da temporada passada, porém, dessa vez o que foi criado para a personagem teve total fundamento com os acontecimentos antecedentes. Além disso, existe a decadência da família, agora sem o apoio do governo e ao mesmo tempo com toda a imprensa querendo saber detalhes sobre a vida do grande traidor do país.

O saldo do episódio é positivo. Homeland chega à terceira temporada com promessa de boas tramas, surpreendendo a quem achava que a série teria problemas pra continuar essa história complexa.

PS: Destaque para Quinn BadAss, matando um terrorista e toda sua tropa.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment