American Horror Story 3x04 - Fearful Pranks Ensue


Who's the baddest witch in town?

Essa é uma pergunta para qual eu não sei a resposta. Entre Marie e Fiona, qual das duas é mais poderosa e fez o maior número de maldades? Qual delas machucou o maior número de pessoas, inocentes ou não? Esse episódio nos mostra exatamente do que as duas são capazes para derrotar suas rivais e se tornarem as mais poderosas feiticeiras do mundo. Junte a isso outras surpresas relacionadas a personagens até então secundários, e temos mais um ótimo episódio, que agora está começando a explicar direitinho certas situações, e revelando aos poucos alguns mistérios da história.

Começando com a obsessão de Fiona em ser a Supreme. Não basta matar a menina errada, ela ainda mostra que a frieza e as ações extremamente calculadas vêm desde a adolescência. Adorei toda a cena do tribunal e ver Myrtle Snow totalmente descontrolada pela inveja e pela raiva que ela tem de Fiona. Mas com um ajudante como Spalding, não tem como perder uma batalha dessas. Só me incomodou horrores a obsessão que ele tem com aquelas bonecas super assustadoras, e a cena final onde ele provavelmente vai abusar do corpo de Madison. Primeiro zoofilia, agora necrofilia também? Eu sei que é AHS, mas podia ser algo mais normal...

Falando em normal, o que foi a cena do marido de Cordelia? Ele ainda tem muitos mistérios e eu sinceramente não entendi porque ele matou a mulher. Além de trair a esposa, é assassino. Como eu sei que titio Ryan não deixa ponta solta, estou ansioso para desvendar quem ele realmente é. Outra cena muito interessante pra mim foi a presença de zumbis na série. Eu sempre soube que titia ia acabar colocando eles na história, mas eu sempre me perguntei como ele ia fazer isso. Misturar a idéia de magia negra com mortos vivos foi bem interessante, e agora as bruxinhas da mansão vão ter que se virar para acabar com esses monstros assassinos. Marie não está de brincadeira depois de seu minotauro ter sido morto por Fiona e agora vai fazer de tudo para derrotar as bruxas de salém.

Por fim, vamos às partes chatas. Odiei as cenas do Kyle e to achando a storyline dele chatíssima e super sem graça. Agora que ele fugiu, ele pode sair da história pra sempre e os produtores podem esquecer de vez essa parte da história, que era promissora mas acabou ficando melosa e entediante. Também não gostei de terem atacado Cordelia. Sara Paulson finalmente conseguiu fazer uma personagem que eu não odiasse e ela vai ser prejudicada? Espero que consigam salvar ela e peguem o inimigo misterioso que a atacou. Senti falta também de Misty Day, e me pergunto se não é ela a nova Supreme, e quando ela vai se juntar à escola de bruxas.

Foi um ótimo episódio, com algumas cenas dispensáveis, mas nada que atrapalhasse o andamento geral. Eu ainda estou esperando por aquele que me deixe empolgado, com um frio no estômago e que me faça sentir vontade de assistir ao próximo, coisa frequente na temporada anterior e que ainda não aconteceu nessa. E você leitor, o que achou? Não deixe de comentar e até semana que vem, no próximo episódio de American Horror Story!
Share on Google Plus

About Bruno

Apaixonado por séries e por tudo que é novo e diferente, infelizmente não tem mais tempo para ser um seriemaníaco, desde que vendeu a alma para a faculdade. Faz faculdade de Biologia, e tenta ao máximo conciliar o curso com suas séries e, principalmente, seus realities. Começou com Harper's Island por recomendação de um amigo, e desde então não parou. Tenta manter pelo menos uma série/reality por temporada, mas nem sempre é possível, já que seu interesse por ficção e séries diferentes nem sempre é preenchido. Além disso, gosta de ir ao cinema pelo menos uma vez por semana, e assiste alguns animes quando consegue acompanhar. (@bkaozzz)
    Blogger Comment
    Facebook Comment