Glee 5x05 - The End of Twerk


A arte do Rebolation.

É engraçado o que uma dança, ou um rebolado, pode causar em Ohio. Tudo bem que isso foi uma maneira dos alunos se rebelarem, mas se fosse no Brasil, a dança deles estaria sendo aplaudida de pé. Sim, eu imagino Sue Sylvestre no Carnaval aqui no Brasil, acho que ela infartaria ou iria criar algumas leis insanas contra nossos costumes. Não que seja ruim ver adolescentes rebolando na escola, mas que foi uma atitude exagerada da diretora mais chata do momento, ah isso foi. Pelo menos o episódio não girou em torno só disso.

Apesar do tema ser rebelar, Unique apareceu com um plot interessante que é o do bullyng disfarçado. Todo mundo sabe que não deve ser nada fácil para ela ser daquele jeito, mas imagina como deve ser ir ao banheiro. Qual escolher: masculino ou feminino? Se tem uma coisa boa em Glee é que eles mostram esses lados complicados de uma maneira realista. O fato dela sofrer bullyng por ser daquele jeito é triste, mas real. E a maneira como Mr. Shue resolveu a situação, foi bonita. Desistir de uma dança em prol de um aluno é algo que só um bom professor é capaz de fazer.

Já Marley & eu finalmente descobriu sobre a traição de seu namorado. Jurava que iriam enrolar com isso, mas que bom que tudo se resolveu antes do esperado. Só fico preocupada qual rumo a garota irá ter, pois sabemos muito bem que ela é politicamente correta e acho que essa traição fará com que ela solte as asas de vez. Talvez o triângulo amoroso Jake, Marley e Ryder retorne. Se acontecer, vou ficar feliz, pois gosto muito do Ryder. Mas teremos que esperar pelas cenas dos próximos capítulos.

E em NY, Kurt e Rachel saem atrás de aventuras, resultando em tatuagem de bêbado. Sim, isso é a coisa mais comum do universo alguém bêbado decidir fazer uma tatuagem e acabar ganhando uma coisa tosca. Pelo menos Kurt pode corrigir (por algo ainda mais sem sentido) e ganhar um piercing na língua (totalmente desnecessário). Rachel até mentiu para Kurt, mas sabemos que é por conta do luto que ela ainda vive. Achei fofa a tatuagem que ela fez em homenagem ao ex namorado. E adorei vê-la de cabelo curto, mesmo sendo peruca. Resta saber se os dois vão se sossegar um pouco ou a fase de rebeldia ainda continuará na temporada.

PS: Blaine dançando o Twerk foi hilário. Melhor ainda, foi Tina filmando tudo e compartilhando com os amigos!

Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment