Homeland 3x09 - One Last Time


Mais uma etapa.

O próximo passo no plano arquitetado por Saul já está em andamento e Brody se tornou peça essencial para que a tarefa chegue ao seu ideal objetivo. É preciso admitir que esse é sim um plano bem arquitetado e que até agora tudo está indo como os conformes. Tudo é muito surreal, pois existem diversas coisas que seriam impossíveis de acontecer com tanta facilidade, mas a essa altura do campeonato não cabe mais cobrar que a série tente chegar o mais perto possível do realismo, porque na verdade isso nunca aconteceu e depois dos eventos ocorridos isso fica impossível de ser feito.

Damian Lewis já provou ser um ótimo ator, mas nesse episódio ele simplesmente destruiu ao mostrar Brody em fase de abstinência. Já garantiu uma vaguinha na indicação como melhor ator no próximo Emmy. Apesar de achar um pouco rápida a maneira como tudo aconteceu, acredito que isso tenha sido melhor do que ficar contando esse processo de reintegração do personagem com a CIA. Enrolar é o que a gente não precisa mais nessa temporada.

Os planos agora estão arquitetados e com pretensão de sucesso, mas a gente sabe que sempre existem os imprevistos e não há dúvidas de que eles virão. Ainda mais quando a gente sabe que Brody não é muito bom em seguir regras a risca. Mesmo estando em missão a dúvida sempre surge e isso pode trazer riscos ao plano.

Achei muito boa a parte em que Carrie sabe sobre Brody e vai de encontro ao personagem. A cena em que ela somente se senta ao lado de sua cama e ele percebe sua presença é simples e muito significativa ao mesmo tempo. Fiquei aliviado que Carrie não revelou sobre a gravidez, porque se não aí ficaria muito novelão com Brody tendo o incentivo de voltar pra formar uma linda família feliz com ela e seu bebê (sqn).

Agora que Dana já não liga mais pra presença do pai e na verdade quer distancia tanto dele quando de Carrie, a série pode seguir em frente sem nem mencionar a família Brody. A aparição de Dana foi até que necessária nesse episódio, mas a partir de agora não é mais necessária por um bom tempo.

O jogo de conspirações na CIA continua e essa é uma parte bem interessante, mas que não merece muito destaque agora por causa da missão eletrizante que está pra começar. Entretando, é bom ver que Saul e sua equipe sempre estão um passo a frente e a descoberta de que o ex amante de Mira é da inteligência israelense prova isso.  E cada dia quero mais do que nunca que o tal Senador bunda mole caia do cavalo com suas tentativas de rebaixar Saul, porque ninguém mais aguenta isso.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment