The Voice 5x16/17 - Top 12 Perform Live/Results


Cuidado com o Team Xtina!

Uma noite memorável de apresentações, com os mentores começando a mostrar as garras e realmente criticar os cantores, o que é muito melhor do que mentores paz e amor que não ajudam o cantor a crescer e desenvolver seu talento. Muito obrigado Christina por existir neste painel e mostrar sua verdadeira opinião, mesmo sendo xingada por todos.


Caroline Pennell - Wake Me Up (Avicii)

Armando: Achei linda e meiga a apresentação, como sempre, mas os vocais deslizaram um pouco e não senti uma conexão total com a música.
Bruno: A cada semana que passa eu continuo caindo de amores pela Caroline e querendo que ela continue na competição. Ótima escolha de música, inusitada, mas que caiu super bem nos vocais dela. Ótima performance como sempre!
Klaus: Gostei muito porque absolutamente amo a voz da Caroline. Mas sinto que ela poderia ter feito melhor, até com a mesma música. Acrescentando um arranjo diferente no refrão. Porém ainda uma das melhores candidatas. 
Wellington: Gostei. Caroline tem um ótimo controle das coisas que faz no palco e mostrou que consegue fazer uma performance animada. O estilo da música não é um dos meus preferidos, mas ainda assim ela foi bem.


Josh Logan - Man in the Mirror (Michael Jackson)

Armando: Sonífera a apresentação, não agregou nada de diferente, merece sair.
Bruno: Achei uma escolha preguiçosa. Pela segunda semana seguida, ele canta uma música que você pode achar facilmente no youtube outra versão igual com a banda dele. Foi uma performance ok, bem sem graça e sem sal, o que pode comprometer a permanência dele no programa.
Klaus: Achei a apresentação mais fraca dele até aqui. Gosto bastante do Josh e acho uma pena ele ter tido esse desempenho ruim porque acho que ele ainda não mostrou o quão bom ele realmente é.
Wellington: Continuo afirmando que Josh é um dos melhores cantores da temporada e essa versão de “Man InThe Mirror” ficou muito boa. A pegada soul, os vocais tão consistentes e carisma (sim, ele tem carisma) podem fazer ele garantir sua vaga no Top 10. PS: Sou do contra.


James Wolpert - Mr. Brightside (The Killers)

Armando: Apresentação competente com vocais incríveis, mas faltou energia, ficou muito parado.
Bruno: Não foi a melhor escolha de música pra ele e nem a melhor performance dele no programa. Ele deu algumas derrapadas na afinação e faltou toda a energia e força que ele sempre tem. Ainda assim, gosto muito dele e torço para que continue
Klaus: Concordo que não foi a melhor performance mesmo. Porém ele é maravilhoso. Ainda me incomoda MUITO a armação dele e como ele se veste com tudo milimetricamente correto. Parece muito psicopata e eu sei que não estamos em programa fashion, porém isso me distrai bastante. 
Wellington: James está se mostrando bastante como artista. Não se trata apenas sobre saber cantar bem, mas também de fazer uma boa apresentação, uma performance que entretenha o público. James conseguiu fazer isso muito bem. Teve pequenas derrapadas, mas nada que atrapalhasse a apresentação.


Austin Jenckes - It's a Great Day to Be Alive (Travis Tritt)

Armando: Foi bonitinha a apresentação, adoro essa música e ele fez o que podia fazer com ela. 
Bruno: Foi uma performance realmente muito boa, mas que não me empolgou. Tudo muito bom, muito bem feito, mas não é o tipo de apresentação que me chama a atenção.
Klaus: Eu gosto bastante do Austin. Porém me parece que ele (assim como o resto do Team Blake) está bem em desvantagem em reação aos outros. Grande voz, pouco brilho de estrela em comparação a outros na competição
Wellington: Vocês não imaginam o quanto eu não dou a mínima pro Team Blake. Pelo menos nessa temporada parece que os artistas dele estão longe de conseguir inovar e surpreender nas apresentações. Se ele canta bem? Obviamente. Austin é um ótimo cantor, sólido como Blake pontuou, mas não acho o suficiente pra roubar a vaga de outro participante que certamente pode trazer algo novo para o programa.



Jacquie Lee - Love Is Blindness (Jack White)


Armando: Não tenho nem o que comentar, perfeição da primeira nota até a última. Excelente escolha de música e adorei que ela mostrou esses lado mais dark no início da música. Incrível.
Bruno: Gente, que monstro essa menina! Outra performance arrepiante, cheia de energia e emoção que me deixou chocado! Adoro os vocais dela, ela não desafina e tem um poder impressionante! Team Xtina tá vindo pra vencer!
Klaus: Jacquie é uma mini diva. Perfeita é pouco. Vocais impecáveis, escolha de música maravilhosa. Olha, o trabalho de Xtina com essa menina nessa temporada é de dar orgulho. Parece uma mini Christina! Espero que só nos vocais e não no flop.
Wellington: A performance que eu estava aguardando. Minha expectativa em cima de Jacquie chega a me preocupar pelo medo da decepção. Mas essa menina veio com tudo outra vez. Que voz, que interpretação, e esse é um dos grandes fortes de Jacquie. Na hora que ela canta “I’m so sick of it”... UAU! Ela é claramente a favorita de Christina e definitivamente a minha.


Ray Boudreaux - All of Me (John Legend)

Armando: Eu nunca havia percebido o quanto o tom dele é bom, então fico feliz que ele cantou algo mais calmo para mostrar algo diferente, mas no geral a apresentação foi esquecível.
Bruno: Eu adoro o tom de voz dele e achei uma escolha de música boa, mas esquecível. Pra alguém que teve que ser salvo, não foi uma apresentação que deixasse a marca dele na competição. Prefiro ele com música mais agitadas.
Klaus: Eu amo o timbre dele, acho realmente muito bom. Foi uma apresentação bacana, mas como disse, é um problema do time do blake, apagadinhos quando comparados ao resto dos participantes. 
Wellington: Ray deu uma evoluída da semana passada pra cá. Sua forma de cantar, começando pela escolha da música que acredito ter sido boa pra voz dele, e sua postura no palco funcionaram. Mas como já disse antes, Team Blake não tem minha simpatia, então posso definir como whatever se ele foi bem ou mal.


Kat Robichaud - Sail (AWOLNATION)

Armando: ELA PULOU NA PLATEIA e não perdeu a afinação. Impressionante a melhora que ela mostrou de uma semana para outra, toda a apresentação foi muito controlada, do vocal até os movimentos. Foi excelente.
Bruno: Kat arrasou na performance, o que foram aqueles agudos maravilhosos? Cheia de atitude e força, uma rockstar como ela deve ser! CeeLo acertou na escolha de música e a Kat que eu amo tá de volta, finalmente!
Klaus: Rainha demais! Incrível! Por um minuto esqueci que tava vendo uma participante e achei que fosse alguma rockstar convidada pelo programa. Maravilhosa, com uma presença de palco contagiante. Pronta pra arrasar pelo mundo. 
Wellington: A RockStar. Kat tem a voz, o jeito de se vestir e o forma de se apresentar tão impactantes que não tem como não gostar. Eu particularmente gosto do estilo e acho que ela consegue entregar muito bem o que ela quer sendo uma artista desse gênero.



Jonny Gray - Another Day in Paradise (Phil Collins)

Armando: Merece sair depois dessa apresentação chata e sonífera. Nem o excelente tom de voz dele salvou essa apresentação.
Bruno: Não consigo gostar dele, não adianta. Foi uma apresentação ok, mas ele deu umas desafinadas feias ali no meio e os vocais dele me irritam profundamente. Não sei o que ele ainda tá fazendo na competição.
Klaus: Tédio define. Não achei nada empolgante, ele nunca me conquistou e essa semana foi menos ainda. Então tá na hora de dar tchau pra ele. 
Wellington: Posso pular essa? Jonny não é bom o suficiente pra tirar a vaga de qualquer um participante de qualquer time, até do Blake. Apresentação chata e sem energia. Apesar de gostar do timbre de Jonny, tenho a impressão de que ele sempre faz a mesma coisa. Pode dar adeus a competição, por favor!


Tessanne Chin - My Kind of Love (Emeli Sandé)

Armando: Que apresentação linda e cheia de paixão. Comecei de prestar mais atenção nela depois dessa apresentação, pois foi incrível. Espero que ela vá longe, pois merece.
Bruno: Eu adoro Emeli e todo mundo aqui sabe disso, e eu posso dizer que a Tessanne sempre faz justiça às músicas dela! Pra mim ela tem garantia de pelo menos top 6 como toda cantora boa do team Adam, foi ótima!
Klaus: Gente eu também sou bem tiete da Emeli e sou bem exigente quando cantam música dela. Porém Tess fez justiça. Devo dizer porém que na hora que mostrou os ensaios achei que ela fosse fazer algo bem mais sentimental e tocante, não que não tenha sido, mas sabe quando você acha uma pessoa tão incrível que só aceita o perfeito do perfeito? Meio que isso. Ainda assim, tá na lista dos melhores da temporada. 
Wellington: De onde saiu essa mulher? Ela foi incrível e me impressionou. Acho uma ofensa Christina dizer que foi apenas beautiful ou lovely. Tessanne é a cantora mais preparada dessa temporada e está pronta pra gravar e sair fazendo turnê pelo mundo.


Matthew Schuler - Hallelujah (Leonard Cohen)

Armando: Tô sem palavras, nossa! Fiquei tão feliz que a Christina escolheu essa música para ele, pois ele criou mágica nessa apresentação. Todas as influências da igreja transparecem na apresentação, foi incrível.
Bruno: Eu prefiro ele cantando indie rock e fazendo versões mais agitadas, mas foi bom mostrar que ele pode ser ótimo com músicas lentas! Uma ótima apresentação, que mostrou todo o alcance vocal dele e foi muito boa!
Klaus: Ouvi que ele ia cantar Hallelujah já fiquei: aff, já vão dar essa música pro menino? E sabe de uma coisa? Ele foi lá e calou minha boca. Verdadeiramente divino. A voz de Matthew fez justiça a uma das minhas músicas favoritas. Existe uma qualidade na voz dele que parece quase um veludo, ela flutua no ar e encanta. Maravilhoso demais.
Wellington: Hallelujah! Sempre fico apreensivo com essa música em realities. Penso: Será que o cantor conseguirá alcançar o poder que é essa canção? Será que será uma performance diferente ou o mesmo que a maioria faz? Matthew conseguiu trazer algo novo. Voz e interpretação impecáveis, além de muita emoção por trazer de volta suas raízes do gospel. Well Done!


Cole Vosbury - Adorn (Miguel)

Armando: Inesperadamente incrível. Ele poderia seguir esse estilo, pois surpreendentemente o serviu melhor que na semana passada.
Bruno: O melhor do team Blake da noite. Ótima performance e eu particularmente prefiro ele sem o violão. Dá pra ele se expressar melhor e fazer performances como essa! Se ele seguisse esse estilo sempre e saísse do country, capaz de eu ouvir o CD dele.
Klaus: Estou chocado no quão incrível essa performance foi. No quanto essa música encaixou perfeito nele, no como a voz dele destacou e me encantou. Estou verdadeiramente surpreso com ele e ganhou respeito.
Wellington: Eis aqui o melhor do Team Blake, que eu tanto desprezo. Gosto de Cole e não se trata apenas de um bom timbre, mas de uma voz que eu escutaria por horas. E ele conseguiu fazer do simples algo bom e com potencial pra agradar o público.


Will Champlin - Demons (Imagine Dragons)

Armando: Esperava bem mais para o pimp spot e esperava muito mais dele. A melhor apresentação dele foi quando estava no Team Xtina e acho que ele precisa pedir ajuda dela de novo.
Bruno: Performance terrível dele. Derrapou horrores nos vocais, desafinou a música inteira, faltou energia e força que ele não tem ou não mostrou. Odiei.
Klaus: Eu amo essa música de uma forma indescritível, e sabe o mais engraçado? Seria uma música que eu daria pro Will cantar. Infelizmente a minha visualização e a execução ficaram diferentes. Ele teve alguns problemas de afinação além de não parecer estar conectado com uma música que tem uma força maior do mundo. Uma pena porque gosto dele.
Wellington: Will pensa demais. Gosto da voz dele e vejo um grande potencial. Claro que gostei da apresentação e a escolha da música foi feliz, mas desde a pequena falta de jeito na apresentação passada fico achando que ele se esforça um pouco demais pra fazer algo no palco além de cantar bem. Acho que uma boa performance é totalmente válida, mas o artista precisa relaxar e deixar a alma falar mais do que a razão. Sentir verdadeiramente a música ajuda o corpo a se expressar de forma correta. Talvez ele precise um pouco disso. Ainda assim, foi bom.


RESULTADO

Uma noite tensa, com a estreia do #VoiceSave que foi utilizado de forma coerente, salvando a pessoa que teve a melhor apresentação entre os três menos votados pelo público essa semana: Kat, que fez aquela linda apresentação de Sail.

Não posso dizer que fico triste em ver nenhum desses dois saírem, pois eles foram arrastados até os lives e não tiveram nenhuma apresentação boa, nem semana passada, nem nesta. Josh pecou no quesito cativar, ele não se conectou com a audiência e portanto não recebeu os votos necessários, mesmo sendo um bom vocalista.

Já Jonny somente teve sua audição como uma boa apresentação, nas outras ele foi mal, desafinou muito e dependeu muito somente do seu tom de voz incrível, mas que sozinho não faz milagres.
Share on Google Plus

About Armando Wunsch

Formando em Comércio Internacional, se apaixonou por séries depois de assistir o piloto de Ugly Betty na Sony. Desde então seu entusiasmo por seriados só aumentou. Fã convicto de Grey’s Anatomy, Modern Family e The Good Wife, acompanha mais de 20 seriados semanalmente (na Fall Season). Já deixou muitas vezes de estudar e trabalhar para assistir seriados. Apaixonado por música, chocolate, Big Mac e coca-cola, sonha em ganhar na mega-sena para não precisar mais trabalhar. (@_wunsch)
    Blogger Comment
    Facebook Comment