The Voice Brasil 2x07 - Batalhas, Parte 2


O programa de hoje foi tão controverso e repercutiu de maneira tão negativa algumas escolhas dos técnicos entre o público, que o espaço vai ser pouco para nossa lista de reclamações. Entretanto, depois de analisar uns fatos, conversar com algumas pessoas, pude enfim, compreender quase todas as decisões tomadas, ainda que eu não concorde com elas. Enfim, foi um programa bem diferente do primeiro, mas o que mais poderíamos esperar de um programa em que Gaby Amarantos está mais bem vestida do que Claudia Leitte? Eu não faço parte do extenso grupo de odiadores gratuitos de Claudinha que procuram mínimos defeitos para criticá-la a todo momento. Mas porra Claudinha! Fazer um safári na África e vir direto gravar o programa não foi uma boa escolha! Até Gabby com 3/4 do peito pra fora, enrolada no papel laminado para ovos de páscoa estava mais elegante. Da próxima vez, acenda a luz do closet para escolher melhor as roupas. Vejam essa foto e me digam se ela não ficou a cara daquelas tias que ficam bêbadas em festas da família? Claudinha, você é uma das técnicas que mais gosto, mas senta lá Claudia.

Meu review hoje tem tantas fofocas e especulações que daqui a pouco ao invés de ocupar o lugar de Mia Mello, tomo a vaga de Gominho nos programas vespertinos da rede tv.


Vamos então começar os trabalhos?

Batalha Um: 

Bruna Barreto vs Luana Camarah


Técnico: Lulu Santos

Música: "Blues da Piedade" - Cazuza

Para mim foi sem dúvidas a melhor batalha da noite. Não sei se fui contagiado por ser uma batalha entre as minhas duas favoritas do time de Lulu, mas achei que foi um número muito bonito. Luana provando que além de rockeira e sapa, também pode ser piriguete, usando um short tão curto, que se fosse funkeira, choveria comentários do tipo: "Cadê o conteúdo?" ou "É essa a imagem da mulher brasileira?", mas como é rockeira, pode, porque é estilo. Nada contra shorts curtos, pelo contrário, acho que o conjunto Luana Camarah é algo dos mais completos que temos no programa, tanto pelo estilo, quanto pela voz embriagada ou performance de artista pronta. A voz dela é diferente, mas ela consegue cantar com uma naturalidade, como se cantar fosse tão automático quanto respirar. Bruna também é uma excelente cantora, e as duas combinaram tanto, que todos os técnicos no fim da apresentação aplaudiram de pé! (Vocês lembram que na semana passada, duas rockeiras - Anne e Gabi -, também cantaram juntas e eu comentei quão triste era só o seu técnico em pé te aplaudindo?) Tava ai a diferença.

E o resultado foi:


Escolhida pelo argumento de ser uma artista mais completa, Luana permaneceu no time de Lulu e Bruna foi salva por Carlinhos Brown, para nossa alegria. Um resultado justo e eu de verdade torço para que Luana seja finalista do time de Lulu, apesar de que acho que é mais provável que seja Dom Paulinho. Já Bruna, não acho que chegará muito longe.

Ponto positivo: Fomos proporcionados com um das melhores apresentações da noite.

Ponte negativo: A jaqueta jeans de Bruna, digna de personagem que sobrevive em filme de terror trash dos anos 80.

O que lembrei: Lollapalooza.

Como eu me senti quando assisti:

Selo Christiane Torloni em dia de rock, bebê

Batalha dois: 

Vivian Lemos vs Cecília Militão




Técnico: Daniel

Música: "Try" - Pink

Ainda que tenha fugido das aulas de inglês do fisk, Cecília é sem comparação uma das melhores do time de Daniel. Tem uma afinação incrível, e Daniel foi muito feliz na escolha da dupla. Apesar de Cecília ser a favorita dessa batalha, por diversos fatores (tanto voz quanto popularidade) Vivian - que foi brincar de ser Adele e esqueceu de parar - contribuiu tão significativamente para o número que conseguiu equiparar a disputa e juntas levantaram o público, arrancando também elogios de Lulu, que da bancada de técnicos é o mais sincero e rigido no momento das críticas.  Sem dúvidas foi a apresentação da noite que mais recebeu elogios por parte dos jurados.

E o resultado foi:


Daniel seguiu com o óbvio e chegamos no momento inicialmente mais incoerente da noite. Todos elogiaram ambas, todos tinham muitos "Pegueis" disponíveis, por que ninguém salvou Vivian? Em todos os grupos de discussão e twitter não havia outro assunto: a injustiça em Vivian sair nessa fase da competição. Ela tinha potencial para vencer? Não. Porém merecia muito mais que a metade dos participantes seguir a diante. Foi a primeira e talvez a única que tenha ficado de fora que eu achei totalmente incoerente.

Mas a partir da eliminação dela analisei alguns fatos que contribuíram para isso:


  • Por que Lulu Santos não a pegou?

Diferentemente das audições cegas, as batalhas foram gravadas em 3 dias, e cada dia corresponde ao mesmo dia no programa da TV. E apesar de hoje termos só batalhas do segundo dia de gravação, há sim uma inversão quando o programa é editado. A batalha de Vivian e Cecília foi uma das últimas, provavelmente, quando Lulu Santos, já não tinha mais vagas. Reparem, que ele nem conversa com Gabi no momento da escolha do "peguei", e fica olhando para os outros técnicos esperando atitude deles.


  • Por que Brown não pegou?

Brown deixou claro desde o primeiro dia que está valorizando os participantes que cantam músicas nacionais e trazem uma certa brasilidade nas apresentações. Vivian foge dos parâmetros que Brown busca e ele ia se contradizer e muito de todo o discurso feito no último programa.


  • Por que Claudia Leitte não pegou?

Claudia só tinha mais uma vaga, e visivelmente ficou tentada em salvar Vivian. No fim da gravação ela inclusive se justificou com Daniel, que não fez dessa maneira, porque queria guardar o último peguei para o último programa, talvez, já de olho em algum participante de outro time (que eu até sei de quem se trata).

O fato é que foi a eliminação mais revoltante vista até agora e a expressão facial de decepção feita por Vivian foi de comover corações. Vivian sua linda, você não perdeu naquele dia, quem perdeu, fomos nós.

A boa notícia é que há boatos que os eliminados na fase da batalhas irão participar de um concurso paralelo no Caldeirão do Huck, tanto que pelo instagram de Bruna Borges e Aila Menezes podemos ver que elas já voltaram ao Rio de Janeiro com frases de conforto do estilo: "ainda não acabou". Agora é acompanhar e fazer vingança com os votos. #TeamVivian.

obs.: As fotos que uso na minha postagem são retiradas todas do site da globo.com. Revejam a foto acima de Cecília e Vivian e me expliquem como é possível Cecília ter 27 e 28 anos?

Ponto positivo: Fomos proporcionados com um das melhores apresentações da noite.

Ponte negativo: O inglês de Cecília.

O que lembrei: Cosplay de Adelle e Oprah.

Como eu me senti quando assisti:
Selo Norma Injustiçada

Batalha três: 

Gustavo Trebien vs André e Kadu



Técnico: Daniel

Música: "Apenas Mais uma de Amor" - Lulu Santos

Gustavo é um dos meus favoritos no time de Daniel, confesso que grande culpa disso é o carisma dele, somado a isso, amo essa música de Lulu Santos. Entretanto, achei extremamente exagerada a reação das pessoas em relação a essa apresentação. Foi boa? Foi. Talvez Lulu tenha vivido um contexto em torno dessa música que o emocionou, além da apresentação, mas deu muita vergonha alheia toda aquele pré-resultado. Achei que Claudia forçou o choro, achei Thiago cansativo no discurso, achei que os outros técnicos ficaram constrangidos em ter que abraçar Lulu no fim da apresentação, tudo muito desnecessário. Em relação a apresentação, gostei de Gustavo mais na fase passada do que nessa e em relação a dupla continuo não gostando nem odiando. Porém senti falta da sintonia entre os 3 e senti que principalmente Gustavo ficava perdido no palco algumas vezes. Uma amiga acha que ele ficou intimidado por cantar em português, outra já acha que ele ficou dessa forma por cantar para Lulu Santos uma música do próprio, enfim, classificaria entre média a boa a apresentação. 

E o resultado foi:


Daniel salvou Gustavo, que apesar de na apresentação não ter sido tão superior a dupla, é superior musicalmente. E adivinhem? André e Kadu foram salvos por Lulu. Gostaria de dar agora uma dica a todos que um dia pretendem apresentar no The Voice Brasil. Não sabe o que cantar? Tem medo de não ser escolhido? O segredo é cantar música do Lulu Santos. Na primeira temporada Greicy Schwendner cantou "Tempos Modernos" e sem ninguém entender foi escolhida por Lulu e agora a dupla André e Kadu. Eles não tem mais espaço na competição, Lulu poderia ter guardado esse "Peguei" para ter salvo a Vivian, e arrisco a dizer que ele fez isso no impeto da emoção. Se eles tivessem cantado qualquer outra música, não teriam sido salvos.

Ponto positivo: A vibração do pai de André e Kadu assistindo da plateia.

Ponte negativo: Um peguei extremamente desperdiçado. 

O que lembrei: Boy Bands. "Sim Sim Sim, esse amor é tão profundo". 

Como eu me senti quando assisti:
Selo Maria do Bairro Chorona



Batalha Quatro: 

Amanda Amado vs Gabby Moura




Técnico: Claudia Leitte

Música: "Resposta ao Tempo" - Nana Caymmi

O programa era The Voice Brasil, mas também poderia ser The Voice Lesbica. Eu continuo sugerindo aos nossos geneticistas, pesquisarem o porquê lésbicas sempre cantam e tocam algum instrumento bem. Vestida de violão, mas corpinho de quem abusou da farinha láctea na adolescência, Gabby Moura estava fantástica na apresentação. Para mim, foi a terceira melhor da noite, e olha que eu não sou fã desses sambas melancólicos lentos. As duas estavam em perfeita sintonia, completando a frase uma da outra, afinadas, não demonstraram nenhum nervosismo e pelo contrário, estavam super intimas com o palco. As duas tem vozes graves e souberam usar bem essas vozes. Entretanto, a choradeira exagerada continuou e dessa vez foi Maria Gadu que ficou fazendo cara de criança segurando o choro. Até você Gadu?

E o resultado foi:


Claudia Leite ficou com Gabby, em uma escolha acertada, mas Daniel e Lulu salvaram Amanda! Provando que não está acompanhando a disputa, Amanda foi para o time de Lulu reduzindo a quase zero a sua chance de sobreviver a próxima fase. Entretanto esse foi o "peguei" mais bem utilizado de Lulu, principalmente para diversificar o estilo dentro do seu time.

Muito é questionado sobre "time forte" e "time fraco". Eu falo isso com base no potencial vocal das pessoas? Sim! Mas principalmente, na popularidade dos cantores, que é o que vai definir o vencedor. E querendo ou não está entre o time de Lulu ou de Claudia Leitte (Leia-se Sam Alves). 

Ponto positivo: Uma belíssima apresentação para a competição, estilo diferente, que nessa temporada, quase não é apresentado.

Ponte negativo: Se Amanda tivesse escolhido Daniel, Lulu talvez poderia ter salvo Vivian.

O que lembrei: Fat Family - ai gente, sempre torço para Gabby mexer o pescocinho.

Como eu me senti quando assisti:

Selo Ana Carolina de cantoras lésbicas

Batalha Cinco:

Guto Santanna vs Pedro Lima



Técnico: Lulu Santos

Música: "Baby Can I Hold You" - Tracy Chapman

Quem lê meu review sempre vai achar que tenho uma perseguição com esse Guto, mas tem alguém nesse mundo que acha justo ele ter se classificado? Ele não canta tão bem assim e é extremamente forçado. As caras e bocas que ele faz depois da apresentação dizendo estar emocionado e justificando tudo me da tanta preguiça que eu não me conformo com ele nessa disputa. Eu gosto do Pedro Lima, mas achei a apresentação em si fraca, principalmente porque ficamos comparando com a apresentação original e ainda que os dois não tenham ido bem, o resultado era meio óbvio, já que Pedro, apesar de desafinar em alguns momentos, salvou a apresentação.

E o resultado foi:



Pedro salvo, e com muita alegria Lulu se livrou de Guto. Acho que nas audições cegas ele se arrependeu de ter virado a cadeira para ele, pelo discurso que o mesmo fez. Lembro que ano passado o Paulo Loureiro foi um candidato que 3 técnicos viraram a cadeira, mas que claramente, todos arrependeram quando ele começou a desafinar no fim da apresentação. Entretanto, para a nossa surpresa, Claudia Leitte parecendo que nunca viu uma piroca na vida, salvou o cara. Alguém me explica porque essa mulher cismou com esse cara? Tá dando ibope? Era para ser engraçado? Foi por causa da mala dele nas audições cegas? Senhora Claudia Leite, já pela sua roupa podíamos imaginar que você não estava em um de seus melhores dias, mas nem no ápice da nossa criatividade poderíamos imaginar que iria sacanear com a gente tanto assim.

Ponto positivo: Ninguém chorou. E melhor ainda foi Gadu discordando de Claudia Leitte que insistiu em dizer que o problema de Guto era na maneira de segurar o microfone.

Ponte negativo: O "Peguei" pior utilizado de toda história do The Voice Mundial. Sério, eu estou com tanta antipatia desse candidato que nem se ele fosse um beagle eu o salvaria.

O que lembrei: De ir ao banheiro durante a apresentação.

Como eu me senti quando assisti:

Selo Xuxa irritada e desabafando no facebook


Batalha Seis: 
Raíza Rae vs Simona Talma




Técnico: Carlinhos Brown

Música: "Quase Sem Querer" - Legião Urbana

Simona que provou para todos nós que um corte de cabelo pode te envelhecer anos, parecia ter 30 anos nas audições cegas, mas ficou com cara de 45 nesse novo visual. Além disso, que coisa feia em produção?! Trolou a coitada dizendo a ela que ia rolar uma festa dos anos 60 depois das gravações, e fez a coitada ir de vestido de bolinha! E aquele sapato amarelo não combinando nada com nenhum acessório, fazendo com que Glorinha Kalil tivesse ataque de nervos assistindo o programa em cima de seu sofá cor nude combinando com o tapete persa presente do marido de aniversário de casamento. Mas tirando isso, a apresentação foi linda. Eu fiquei apaixonado pelas duas nas audições cegas e achei que as duas conseguiram fazer uma versão da música de Renato ainda mais bonita. Tudo bem que Simona ficava tão parada no palco que eu me questionava se era ela mesmo lá ou um boneco de cera, mas a Raíza por vezes forçava uma interação dando uns abracinhos na estatua, enquanto cantava, mas mesmo assim, sem muito sucesso.

O resultado foi:



Raíza foi salva e com muito louvor, principalmente porque estou muito apaixonado por ela. Ela e Lucy são minhas favoritas do time de Brown e torço para que uma delas seja finalista. Eu gosto de Simona, só acho que não tem mais espaço para ela nessa competição, então achei que foi mais do que justo ninguém ter utilizado um "peguei". O próprio técnico dela a classificou como a voz mais frágil da competição.


Ponto positivo: Não sei se é graças a edição, mas Brown tem melhorado nesse aspecto ao dar o resultado de maneira mais sucinta. Espero que nas fases ao vivo, ele não volte a ser insuportável.

Ponte negativo: A cola que passaram no sapato de Simona.

O que lembrei: Festa dos anos 60.

Como eu me senti quando assisti:
Selo Thyrso Apaixonado

Batalha sete: 

Jullie vs Carina Mennitto




Técnico: Claudia Leitte

Música: "Super Dooper Love" - Joss Stone

Essa dupla que eu já havia premeditado ainda nas audições cegas, combinou muito na batalha. Discordo de Lulu que disse que faltou interação entre elas, pois eu achei as duas bem introrsadas e quase não achei defeitos no número, a não ser no fim, que as duas tentaram encerrar gritando juntas, como se quisessem vencer no grito. Discordei também de Luiza que disse que Julie parecia com mais experiência no palco que Carina. Eu sinceramente pela primeira vez não fazia ideia de quem o técnico iria escolher e também não consegui definir por quem torcia.

E o resultado foi:



Como fiquei na dúvida, achei justo. Lulu Santos salvou Carina, lembrando que nas audições cegas, Lulu não virou para ela, provavelmente porque não tinha vaga (e não podemos perceber isso pela edição do programa que dava a entender que ele ainda tinha). Mesmo assim, caso eu fosse técnico, eu não teria usado meu "peguei" com ela, apesar de que não achei desperdiçado. Enfim, a apresentação das duas foi uma grande surpresa para quem não acreditava no potencial delas.

Ponto positivo: Pelo menos nos ensaios, Carina desmistificou a imagem de arrogante que eu tinha dela.

Ponte negativo: Achei elas tão parecidas que não consegui me definir.

O que lembrei: As patricinhas de Beverly Hills

Como eu me senti quando assisti:

Selo Luana Piovani Surpresa


Batalha oito:
Heverton Castro vs Samya Nalany


Técnico: Carlinhos Brown

Música: "Boa Noite" - Djavan

Heverton, provando que lê nosso blog, melhorou e muito no visual. Já Samya, provando que da uma passadinha por aqui também, optou pelo batom nude, disfarçando o bocão que quase nos engoliu no último programa. Já em relação a apresentação, sei que muitos vão ir contra o que eu vou dizer agora, mas eu ADOREI os dois. Sério! Não é possível que essa dupla tenha tido tanta rejeição do público. Ambos foram sensuais, confiantes, e apesar de vocalmente estarem longe de serem os favoritos do programa, conseguiram fazer uma apresentação que contagiava e dava gosto de rever várias vezes. As pessoas confundem segurança no palco com arrogância, e muitos julgam Heverton assim. Outros dizem que ele é forçado. Entendam!! Ele é um artista performático, que canta e dança ao mesmo tempo. Ser forçado para mim é ficar simulando choro no fim de cada apresentação, mas o Heverton está longe disso. Ludimilah não lançou o bordão dela na temporada passada? A Aila não usava leque? O charme de Heverton é a passagem de microfone! Já Samya mostrou uma evolução absurda em comparação aos vídeos que vi dela da época do Ídolos e para mim, nenhum dos dois merecem tantas críticas quanto receberam.

E o resultado foi:



Heverton foi salvo por Brown, mas Daniel "pegou" Samya. Antes que alguém discorde do "peguei" usado, olha o que eu descobri.




Samya participou do ídolos em 2011, mas não chegou a disputar votos do público. Foi eliminada na última fase antes do ao vivo. Para quem não assistiu ao vídeo, eu conto o que tem nele: Adivinhem quem era jurado lá na época e que deu a notícia de eliminação de Samya? Luiza Possi! A mesma que hoje é conselheira de Daniel, o técnico que salvou Samya. Luiza conhece o potencial de Samya e com certeza se lembra dela, então algum dedo Luiza teve nesse 'peguei' do Daniel, que eu achei merecido.


Ponto positivo: Os dois melhoraram muito da primeira apresentação para agora.

Ponte negativo: Realmente tenho que concordar com Lulu que o defeito dos dois era pronunciar as palavras com sotaque americano. Até pensei que eles estava cantando em inglês no começo.
O que lembrei:  Lembrei muito da batalha entre Karol Cândido e Ludmilah Anjos na temporada passada.

Como eu me senti quando assisti:

Selo Anitta Babando


E o review de hoje eu encerro com a frase de Samya, após ser salva por Daniel:

"Eu senti como se tivesse morrido por um segundo, tivesse tido uma parada caridiaca e depois tivessem me reanimado" (Samya Coxa Grossa Nalany)


Até a próxima!

@viniciusdavila
Share on Google Plus

About Vinícius D'Ávila

Viciado em reality show, vive em um mundo paralelo onde acredita veemente que vive em uma especie de "O Show de Truman". Ficou anos em depressão após a morte de Juliet em Lost, mas já superou. Coleciona feijão enlatado na expectativa de um apocalipse zumbi. Seu maior sonho é virar técnico do The Voice, mas não sabe cantar - e nem quer aprender. Não usa óculos, mas achou que ficaria legal estar com esses nessa apresentação.
    Blogger Comment
    Facebook Comment