The Walking Dead 4x03/04 - Isolation/Indifference


Depois desse começo de temporada, eu fiquei realmente desanimado com o andamento da série. Tudo parecia forçado demais pra mim, e completamente sem rumo e sem idéias. Mas como a série foi a minha primeira aqui no blog, não poderia abandoná-la, não é mesmo? Então, decidi fazer uma review dupla, comentando os acontecimentos dos dois últimos episódios, e torcendo para que melhore logo, antes que eu desista de vez.

E parece que minhas preces foram atendidas. Finalmente uma storyline interessante, com emoção suficiente sem apelar pro sentimentalismo barato, e com diversas cenas tensas e interessantes que me fizeram ficar ansioso quanto ao destino de pelo menos metade dos personagens. Começando com os doentes da prisão, fiquei realmente preocupado quanto ao destino do Glenn. Ele é um dos meus personagens favoritos e junto com Maggie, forma o "casal esperança de um futuro melhor", então ele não pode morrer. O que mais me atraiu foi ver que cada um agora tem seu trabalho. Carol ajuda a cuidar dos que ainda não estão doentes e, claro, bota fogo em pessoas de vez em quando. Apesar disso, ela mostrou uma grande coragem e força ao ir sozinha arrumar a canalização entupida de lama. Carl cuida das crianças. Hershel se sacrifica para ajudar os doentes e Rick e Maggie cuidam da segurança da prisão, enquanto Beth toma conta de Judith. Enquanto antigamente tinhamos alguns personagens "inúteis" e sem função específica, agora cada um faz o que pode para que todos sobrevivam, como deve ser. Foi uma grande evolução na dinâmica de grupo e bem vinda.

Mas o que mais me chamou a atenção foi a saída do grupo para buscar remédios. Finalmente Tyreese mostrou sua cara e se transformou naquele personagem que todos estavam esperando. Fugir de uma horda de zumbis daquela não é nada fácil, e ele mostrou uma grande força de vontade e habilidade no manejo do machado. Realmente fiquei tenso naquela cena com todos presos no carro, principalmente por Michonne e Daryl, que são os dois melhores combatentes, estarem lá dentro com uma horda gigante de zumbis vindo na direção deles. Isso só mostra que eles ainda tem muito o que enfrentar e que a derrota dos mortos-vivos não está nem perto de acontecer.

Foi um ótimo episódio para delegar funções, com cenas de ação e tensão muito boas e mistérios sendo aos poucos resolvidos. Depois de um começo meio sem sal e sem rumo, parece que as coisas estão voltando aos eixos e a série está voltando a ter a boa qualidade de antes. Vamos ver se o próximo episódio manteve a qualidade?


O quarto episódio também foi muito bom, por mais que eu não concorde com diversas coisas que aconteceram. Começando pelo grupo de Daryl, que agora tem que achar outro caminho e outro carro para conseguir pegar os remédios. Parece que essa doença se alastrou bastante pelos zumbis, não é mesmo? Agora além dos normais, temos os "zumbis-bomba", que te matam só de você explodir a cabeça deles. Eu acho essa uma idéia interessantíssima, porque eles já tavam sabendo lidar muito fácil com os mortos vivos. Esse upgrade veio a calhar como um desafio a mais para eles resolverem, para que a série não fique chata e nem acabe caindo na mesmice. Gostei também de ver um lado mais vulnerável tanto de Michonne quanto de Daryl. Ambos deixaram de ser durões frios e agora começaram a expressar melhor seus sentimentos, sem deixarem o lado combatente de lado, o que os torna ainda mais gostáveis, na minha opinião.

Rick e Carol, por sua vez, saem em busca de comida e toda ação gira em torno das decisões dela. Depois da morte de Andrea na temporada anterior, eu comecei a me apegar bastante a ela. Ela é uma mulher forte que enfrentou tudo junto dos outros e sobreviveu, e estava se tornando muito útil para o grupo. Eu particularmente entendi as atitudes dela e até concordei em certo ponto. Ela só queria fazer o que era certo, tentar acabar com a doença para que ela não se alastrasse e acabasse matando todo mundo. Foi uma grande burrada do Rick mandar ela embora, e eu espero que ela volte a aparecer no futuro ainda mais forte para que ele veja o que ele perdeu. Foi bom também saber um pouco mais sobre ela, que até agora tinha sido um tanto coadjuvante e não tinha podido se expressar decentemente.

Foi um ótimo episódio, com decisões burras por parte dos personagens, mas com uma carga de ação e desenvolvimento de personagens muito boa. Parece que sim, a série voltou para os eixos que deveria e eu acredito que ela continue assim daqui pra frente, de acordo com o preview do próximo episódio. E você leitor, o que achou? Não deixe de comentar e até semana que vem, no próximo episódio de The Walking Dead!
Share on Google Plus

About Bruno

Apaixonado por séries e por tudo que é novo e diferente, infelizmente não tem mais tempo para ser um seriemaníaco, desde que vendeu a alma para a faculdade. Faz faculdade de Biologia, e tenta ao máximo conciliar o curso com suas séries e, principalmente, seus realities. Começou com Harper's Island por recomendação de um amigo, e desde então não parou. Tenta manter pelo menos uma série/reality por temporada, mas nem sempre é possível, já que seu interesse por ficção e séries diferentes nem sempre é preenchido. Além disso, gosta de ir ao cinema pelo menos uma vez por semana, e assiste alguns animes quando consegue acompanhar. (@bkaozzz)
    Blogger Comment
    Facebook Comment