Elementary 2x11 - Internal Audit




O caso da semana parece bem simples. Envolve um magnata que estava para acabar com sua própria vida após ser condenado por fraude e lavagem de dinheiro, mas acaba sendo morto por um homem misterioso. A primeira coisa que podemos pensar é que alguma das pessoas de quem ele roubou dinheiro quis se vingar. Porém, quando os suspeitos começam a aparecer mortos um atrás do outro, a investigação começa a se tornar cada vez mais complicada. Gostei muito da forma como tudo foi feito e pela primeira vez que eu me lembre, tivemos o assassino sendo morto e o mandante dos crimes (duas pessoas diferentes!) sendo desmascarado e preso. Achei interessante como o bonzinho e o filantrópico dono de banco tinha um passado mais sujo do que o assassinado, e todo o envolvimento dele nos crimes, mas como mandante e nunca como executor. O final também foi ótimo, com detetive Bell encontrando uma função na polícia de uma forma que ele possa exercitar suas habilidades da melhor forma possível, sem precisar correr pra lá e pra cá com uma arma. Gosto bastante do personagem e quero que ele seja feliz, mas eu espero que sua mudança para outro departamento não faça com que ele suma da série.

Mas para mim, a palavra do episódio foi empatia. Sherlock se torturando pelo que aconteceu no episódio anterior e tendo que aprender a lidar com pessoas, e não somente com clientes. Gostei da forma como ele caiu na real, com a ajuda de uma antiga cliente de Watson e da própria, que começaram a abrir os olhos dele para uma mudança de atitude que ele tem relutado e muito em tomar. Mas a peça chave para essa mudança foi um personagem que eu gosto muito e que deveria aparecer mais: Alfredo. Ele é sempre sensato e sabe o que dizer nos momentos certos e, apesar de não conviver muito com o detetive, conhece Holmes como poucos. A idéia de um "patrocínio" por parte de Sherlock a um outro ex-drogado vai ajudá-lo e muito a entender como criar um sentimento de proximidade e empatia com outra pessoa e ajudá-la sem esperar algo em troca e fora do local de trabalho, que é algo que ele precisa trabalhar e muito.

Foi um ótimo episódio para fechar uma metade de temporada muito boa. Eu já estava esperando a falta de cliffhanger pois é o que sempre acontece em praticamente todo episódio. Mas logo depois da mid-season é bem capaz de termos grandes inimigos surgindo, e é por isso que eu estou extremamente ansioso por janeiro. E você leitor, o que achou? Deixe seus comentários e até semana que vem, no próximo episódio de Elementary!
Share on Google Plus

About Bruno

Apaixonado por séries e por tudo que é novo e diferente, infelizmente não tem mais tempo para ser um seriemaníaco, desde que vendeu a alma para a faculdade. Faz faculdade de Biologia, e tenta ao máximo conciliar o curso com suas séries e, principalmente, seus realities. Começou com Harper's Island por recomendação de um amigo, e desde então não parou. Tenta manter pelo menos uma série/reality por temporada, mas nem sempre é possível, já que seu interesse por ficção e séries diferentes nem sempre é preenchido. Além disso, gosta de ir ao cinema pelo menos uma vez por semana, e assiste alguns animes quando consegue acompanhar. (@bkaozzz)
    Blogger Comment
    Facebook Comment