The X Factor US 3x23/24 - Semi-final Live Shows/Results


Finalmente chegamos ao top 4 da competição. Demi já perdeu todos os seus competidores, Kelly e Paulina têm um e Simon está na liderança com dois acts entre os quatro finalistas. Cada um performará duas músicas, uma escolhida pelo público e outra pelo mentor, para tentarem chegar à grande final da competição. Quem será o eliminado da semana? Quem vai hitar no iTunes? Acompanhem conosco esse penúltimo live show, com comentários meus, do Well e novamente do Armando, substituindo a Gaby.

Carlito Olivero - Boyfriend (Justin Bieber)

Bruno: Odeio o Carlito e odeio Justin Bieber, mas pasmem... Eu adorei essa performance! Achei ele o mais confortável até hoje e eu concordo com a Kelly: foi o que eu esperei ele fazer a temporada inteira para merecer o lugar em que ele tá. Confiante, moderno e foi de longe a melhor performance dele no programa.
Wellington: Apesar de não gostar muito de Carlito, preciso admitir que ele conseguiu evoluir bastante no decorrer da temporada. Dá pra ver o quanto ele se sente mais a vontade no palco e consequentemente com isso seus vocais melhoraram, pois o nervosismo sempre atrapalha. A performance em si foi apenas ok, não consegui achar algo que me deixasse realmente animado.
Armando: Começou fazendo dança da chuva, passou para strip dance e acabou sem ar para sustentar as notas. Fora isso, achei a melhor apresentação dele até aqui, ele sabe entreter e usou isso bem.

Restless Road - That's My Kind of Night (Luke Bryan)

Bruno: Fora do refrão, eles pareceram a música toda fora de tom. Além disso, faltou a performance que a música pedia. Parecia um grupo de amigos que canta bem num karaokê, e não top 4 do X Factor. Bem sem graça perto do que eles já entregaram no programa.
Wellington: Ultimamente as escolhas pra Restless Roas tem sido bem acertadas. Gostei da performance no geral, com toda a energia que estava no palco, principalmente por causa da música animada. Os vocais ainda continuam inconsistentes, mas eles parecem estar se esforçando, então acho que eles ainda merecem um pouco de crédito.
Armando: Eu me senti desconfortável por eles. Essa é uma música divertida e eles não estavam se divertindo nada no palco, são três tábuas que não se mexem, ela também permite um vocal mais rouco e eles quase nem usaram o guri alto que tem uma voz grossa. Lamentável.

Alex & Sierra - Little Talks (Of Monsters and Men)

Bruno: Achei a performance mais fofa do mundo e foi a escolha de música perfeita pra eles! Adorei a performance no geral e acho que o que eles tem mais de especial é essa conexão que você sente de longe! E aquele finalzinho foi impecável e muito bonito. Pra mim eles já são vencedores.
Wellington: O início foi um pouco inconsistente, mas eles foram crescendo com o decorrer da música. Do meio pro final ficou tudo muito bom e original.
Armando: Adoro como eles conversam enquanto se apresentam, fica tão genuíno e bonito. Porém, não senti eles totalmente conectados com a música, quando chegou no final eu pensei: faltou algo.

Jeff Gutt - Hallelujah (Leonard Cohen)

Bruno: Adorei o fato de ele conseguir inovar com uma música tão conhecida e tão performada em todo reality musical. Foi diferente e muito interessante, adorei! Não o acho datado como muita gente, mas acho que ele sem dúvida ficaria milhões de vezes melhor com uma banda completa em volta dele e com composições próprias. Tem tudo pra fazer sucesso e eu compraria o CD dele.
Wellington: Gostei desse novo arranjo de Hallelujah. Jeff fez jus a canção e detonou. Costumo não gostar das performances dele, pois sempre acho ele muito mecânico, parece um robô. Mas dessa vez, talvez pelo fato de ser uma música muito conhecida e que eu gosto, consegui apreciar tudo de maneira diferente.
Armando: Eu aprecio o fato que ele usou um arranjo diferente, não havia visto uma apresentação dessa forma até hoje, porém eu não consigo gostar das apresentações dele. Eu as acho muito forçadas e datadas.

Carlito Olivero - I Need To Know (Marc Anthony)

Bruno: Fez a melhor apresentação dele na rodada anterior e aí me volta pra breguice habitual. Achei sem graça, ele parecia totalmente desconfortável e se ele não tem uma performance decente, os vocais fracos aparecem mais do que o normal. Vai embora Carlito.
Wellington: Essa apresentação foi muito inferior à primeira. Cansei dos vocais fracos de Carlito, assim como suas danças que são feitas apenas para abafar a falta de talento e capacidade pra explorar suas habilidades vocais, que não pouquíssimas. Por mim ele deve ser o eliminado dessa semana.
Armando: Para de cantar em espanhol, por favor. Isso dava certo lá nos anos 90 quando o Marc Anthony era relevante. Essa apresentação foi bem padrão e não trouxe nada de novo ou interessante, foi chata como ele.

Restless Road - Wanted (Hunter Hayes)

Bruno: Mil vezes melhor que a primeira, com as harmonias mais bem colocadas e a performance condizente com a música que eles estavam cantando. Deu pra mostrar os vocais e porque eles mereceram chegar até aqui. Mas ainda assim bem aquém do top 2 da temporada.
Wellington: Também não entendo o porque do standing ovation. Eles não fizeram nada excepcional. Acho que conseguiu ser um pouco melhor porque conseguiram explorar mais cada um como cantor e não focar todos os solos no principal. Fora isso, foi apenas ok.
Armando: Que desastre vocal foi esse? Não entendi como a Kelly fez aqueles comentários, nem como todos os mentores se levantaram. As harmonias todas foram feitas pelos backing vocals, também. A única que eu pensava enquanto assistia era: vai demorar muito para acabar?

Alex & Sierra - Gravity (Sara Bareilles)

Bruno: Devo dizer que essa é minha performance favorita deles. A verdade com que eles cantam é impressionante e me deixou inteiro arrepiado. Essa música da Sara é linda e eles cantaram super bem. Não tenho nem palavras pra descrever o que aconteceu, foi impecável e uma das melhores performances da história do programa, pra mim.
Wellington: Achei essa música meio boring. Os vocais foram bons sim, mas a performance no geral não me chamou atenção. Mas ainda acredito que eles são os melhores da competição e merecem chegar na final, e até mesmo vencer o X factor.
Armando: É linda a forma como as vozes deles se misturam em uma só e nos encanta. Achei esta apresentação melhor que Say Something e ficaria muito bravo se o título não fosse para eles.

Jeff Gutt - Demons (Imagine Dragons)

Bruno: Essa vai pra quem acha que ele é datado. Jeff mostrando que pode ser moderno e que tem voz pra segurar uma música dessas. Pra mim o timbre dele nunca brilhou tanto que nem nessa performance. Achei a música perfeita para levá-lo pra final.
Wellington: Foi uma boa performance. Jeff sempre faz tudo certinho e a única crítica é o que eu já falei da primeira peformance. Jeff é mecênico e não essa emoção absurda que os mentores veem.
Armando: Adoro essa música e surpreendentemente ele foi um bom trabalho na sua apresentação, porém achei que toda a produção o engoliu um pouco e o vocal dele na segunda parte da apresentação estava preguiçoso, não atingindo com tanto sucesso as notas.

Results

Nessa semana não tivemos um bottom 2 e o act com menos votos seria o eliminado da semana. Estão preparados pra surpresa? Quem volta para casa logo antes da final é.... Restless Road! Um grupo que, pra mim, já estava garantido nas finais ao lado de Alex & Sierra e Jeff, e pra mim foi uma grande surpresa eles serem eliminados. Mas eles começaram bem a competição e quando o fator novidade passou, eles foram decaindo até se tornarem um grupo sem graça e sem sal. O fato de Simon não investir tanto em harmonias deles e usar muito backing vocal pode ter contribuído pra derrota também. E o pior act do top 13, Carlito Olivero, consegue chegar às finais. Só não me perguntem como, porque nem no iTunes ele aparece. E você leitor, o que achou do nosso top 3? Torce para quem? Deixe seus comentários e até semana que vem, na finale de X Factor USA!
Share on Google Plus

About Bruno

Apaixonado por séries e por tudo que é novo e diferente, infelizmente não tem mais tempo para ser um seriemaníaco, desde que vendeu a alma para a faculdade. Faz faculdade de Biologia, e tenta ao máximo conciliar o curso com suas séries e, principalmente, seus realities. Começou com Harper's Island por recomendação de um amigo, e desde então não parou. Tenta manter pelo menos uma série/reality por temporada, mas nem sempre é possível, já que seu interesse por ficção e séries diferentes nem sempre é preenchido. Além disso, gosta de ir ao cinema pelo menos uma vez por semana, e assiste alguns animes quando consegue acompanhar. (@bkaozzz)
    Blogger Comment
    Facebook Comment