American Idol 13x11/12/13 - Top 15 Girls Perform/Top 15 Boys Perform/ Top 30 Results


Finalmente, depois das semanas de cortes, chegamos à fase onde o público decide (muitas vezes de forma errada) quem é que continua na competição e quem é eliminado de vez. Tivemos três episódios, um para as mulheres, um para os homens e um contendo os resultados e trazendo a volta do Wild Card, algo que nunca deveria ter sido tirado do jogo. Vamos conferir como foram as apresentações e conhecer o top 13?

Girls

Majesty Rose - Happy (Pharell Williams)


Bruno: Acho essa menina uma das candidatas mais especiais desse ano, sem dúvida. Ela tem performance, é confiante no palco, tem uma presença impressionante pra uma menina tão pequena e os vocais nunca deixam a desejar. Gosto muito dela e quero vê-la nos lives
Gabriella: Eu gosto da Mejesty, mas para mim ainda falta algo nela. Ela tentou contagiar o público, mas não conseguiu se destacar. A música é bastante chiclete e pode ter sido a salvação dela. O único problema é que, por ser a primeira a se apresentar, será que alguém vai lembrar dessa performance?
Armando: Acredito que ela seja a única mulher na competição que tenha o "pacote completo" e consiga algum sucesso  comercial pós idol. Sobre a apresentação, achei chatinha. Não gostei da escolha da música, quero ouví-la cantando algo mais calmo, no estilo singer/songwriter

Kristen O`Connor - Turning Tables (Adele)


Bruno: Adele, até quando? Nos graves eu até tava gostando, mas chegou nos agudos e o tipo de voz dela não sustenta uma música dessas. Acho também que a escolha dela foi equivocada pois tínhamos performers melhores e essa música só confirmou que ela não está pronta pro programa.
Gabriella: Péssima escolha de música. Kristen não tem vocal para ser uma Adele. Ela é uma artista alternativa, não uma diva com potencial vocal. Foi uma performance chatinha, sonífera e totalmente esquecível.
Armando: Devido a escolha de música dela, esperava muito mais. Essa foi um daqueles conversar mal feitos da Adele que será esquecido até  o final  do programa. 

Briana Oakley - Warrior (Demi Lovato)


Bruno: O pior é que eu gostei da performance. Adoro o tom de voz dela e acho que todo o drama que ela colocou serviu muito bem pra música no geral. Podia ser melhor? Sem dúvida. Mas ela escolheu uma música diferente e fez o que podia com ela, e foi ótima.
Gabriella: Eu não curto muito a Briana. Acho ela meio robótica. Dessa vez ela tentou provar que estou errada e quase que conseguiu. Se ela não tivesse exagerado em tudo, desafinado e tivesse mais contato com público, eu poderia estar torcendo para que ela continuasse no programa. Mas não foi isso o que aconteceu.
Armando: Gostei que a escolha da música não foi óbvia,  mas a apresentação foi toda exagerada no sentido ruim, para mim menos é mais e ela precisa diminuir no drama na próxima apresentação

Jena Irene - Paint It Black (Rolling Stones)


Bruno: Eu sou suspeitíssimo pra falar porque eu adoro a Jena, e ela tentou me ganhar ainda mais cantando essa música que eu adoro dos Stones. Achei que ela foi bem, poderia ter sido melhor, mas no geral foi uma performance consistente e bem sexy. E nada de "Alone" Gaby, que se alguém mais cantar essa música eu juro que boto fogo em todos os CDs do Heart que eu ver pela frente.
Gabriella: A cota latina desse ano tentou ser rocker, mas acabou fazendo um karaokê brega. Esquecível e fraco. Jena quero você cantando "Alone", arrasando nos vocais, e não sendo apenas mais uma na competição.
Armando: Mais uma apresentação que não fez jus à música. Achei morna e esquecível, com vocais duvidosos e estilo carona. 

Bria Anai - Wrong Side of a Love Song (Melanie Fiona)


Bruno: Essa doeu meus ouvidos. Bem que a música fala do lado errado de uma canção de amor, e essa foi totalmente errada mesmo. A cada desafinada que ela dava eu tinha mais vontade de desligar o vídeo e só fui até o final pra ver se melhorava, e não melhorou. Péssima. Saudades Jillian =(
Gabriella: Bria Anai, Bria Anai. O que dizer dessa menina. Para mim ela não passa de uma Amber Holcomb 2.0 (American Idol 12). Faltou algo que a conectasse com o público, mas dentre as que se apresentaram até agora, ela foi disparada a melhor. Resta saber se o público americano também concorda com minha opinião. 
Armando: Bela escolha de música. Adorei como expandiram as seleções musicais nesta temporada. Porém, eu esperava mais dela... Queria algo mais agitado e que refletisse melhor a voz dela. 

Marialle Sears - Roar (Katy Perry)


Bruno: A Marialle é boa, mas a escolha de música foi péssima pro tom de voz dela e não serviu pra mostrar todo o potencial e toda a força que ela tem. Aquele refrão final foi terrível, com ela totalmente perdida nas harmonias e nos agudos e sem ar e com tudo de errado.
Gabriella: Só queria saber o que os jurados tem na cabeça! Com tantas mulheres boas na competição, eles escolhem a versão feminina de Neymar que simplesmente estragou (se não assassinou) a música chiclete da Katy Perry. Sério! Marielle, go home e, por favor, procure um salão de beleza feminino.
Armando: Ela é um cruzamento entre Miley Cyrus e Wiz Khalifa, né? Eu tinha ficado animado quando vi a versão de violão da música, mas daí ela foi para o palco e estragou tudo. Espero que a América vote nela. 

Jessica Meuse - Drink a Beer (Luke Bryan)


Bruno: De longe a melhor da noite. Ela tem um vocal meio Stevie Nicks, meio rockstar que contribuiu muito pra música e a fez disparar ainda mais entre minhas favoritas. Além do mais ela soube contar a história como ninguém e mostrou uma presença de palco impressionante. Perfeita.
Gabriella: Jessica divou, sambou na sociedade e provou porque ganha meu coração nessa temporada. Ela surpreendeu, não foi previsível, fez uma ótima lição de casa e soube mostrar o dom que tem. Ela tem tudo para evoluir na competição e espero vê-la no Top 13.
Armando: Ótima escolha de música para mostrar quem ela é e sair daquela imagem de vadia da temporada. Sei que ela pode fazer muito mais, mas acho que isso foi o suficiente para passar para a próxima rodada. 

Emily Piriz - Paris [Oh La La] (Grace Potter and the Nocturnals)


Bruno: Ela não fez nada de errado, mas escolheu uma música péssima pros vocais dela. Ela foi engolida pelo instrumental e só calhou tentar sensualizar pra conseguir uma vaga no top 13. Como AI sempre foi um programa de família, duvido que ela passe dessa fase.
Gabriella: Para mim, Emily está no programa errado. Vai tentar uma vaga em Dancing With Stars, porque você dançou melhor que cantou. Novamente, o problema foi a escolha da música. Ficar cantando "Oh La La" toda hora não mostra que tipo de cantora você é, mas sim que você escolhe coisas fácies e confortáveis.
Armando: O que mais me incomodou foi ela sensualizando o tempo todo, parece que ela não tem personalidade. 

MK Nobilette - All of Me (John Legend)


Bruno: MK me deixou totalmente arrepiado com essa versão linda de uma música que eu adoro. Ela não tem uma voz espetacular e poderosa, mas ela sabe transmitir uma emoção impressionante a cada nota que ela solta. Quero vê-la nos live shows pra ontem!
Gabriella: Preciso confessar que só soube quem era a MK Nobilette nessa noite. Não acho que ela seja digna de estar no Top 10, mas ela fez uma escolha interessante de música. Não achei sensacional, mas tenho que dizer que ela pode evoluir muito na competição. Soube muito bem escolher a música com o momento.
Armando: Adorei a escolha de música, a apresentação foi marcante e emocionante, porém o nervosismo tomou conta dela, que a fez engolir notas importantes no início da apresentação. 

Malaya Watson - Hard Times (Ray Charles)


Bruno: Cantou bem e deu umas derrapadas, mas nada que atrapalhasse a performance. Ainda assim, esperava bem mais dela. Foi uma performance OK, que mostrou os vocais dela, mas que não me tocou de uma forma especial que me fizesse torcer por ela.
Gabriella: Malaya entrou para o Top 10, mas continua com esse cabelo e visual de faxineira. Sorry, não é nenhum preconceito, mas ela precisa mudar esse visual e tentar provar que é um idol, não a pessoa que limpa os palcos e sonha em ser uma Whitney Houston da vida. A voz é tudo, mas o visual é muito importante. Cantou bem, tem carisma e acho difícil ela não continuar no show.
Armando: Eu gosto muito dela, porém achei que a apresentação ficou faltando algo, talvez pela escolha de música brega. Espero que ela possa fazer coisas diferentes  com as músicas, como ela estava falando para o Randy

Boys

Caleb Johnson - Stay With Me (Faces)


Bruno: Pra mim independente do que ele cantar eu vou gostar. Mas espero que ele siga algo mais pesado do que o que ele apresentou aí, porque a voz dele é ótima pro Heavy metal. Também achei ele desconfortável no palco, mas não tenho do que reclamar porque ele é sempre ótimo e um poço de energia.
Gabriella: Adorei a escolha, mas ele precisa fugir da tentativa de ser um Jack Black. Ele tem dom, mas precisa arrasar toda semana para não ficar genérico demais. Espero que ele continue, mas não sei se o fato dele se apresentar primeiro seja bom pra ele.
Armando: Ele ainda tem muito a evoluir. Ele precisa se controlar mais no palco e se conectar com que está em casa. Porém, gostei do vocal e espero que passe para a próxima rodada.

CJ Harris - Shelter (Ray LaMontagne)


Bruno: Não sei vocês, mas só eu achei que ele tava fora do tom da música? Alguma coisa me incomodou durante a música toda. Ele tem uma voz boa, mas não torço para que ele continue por ser extremamente sem graça e não fazer meu estilo musical.
Gabriella: Me senti num barco. Não curti a escolha da música e também tive a mesma impressão do Bruno: parecia que ele estava totalmente fora do tom da música. Foi uma performance totalmente sem sal, sem graça e que não mostra que tipo de artista que ele é.
Armando: Ele realmente estava totalmente fora do tom. Esperava mais dele pela escolha da música, que tem uma letra linda e uma história para ser contada, mas não foi um desastre a apresentação, mais para o final ficou bonitinho.

Emmanuel Zidor - Best of My Love (The Emotions)


Bruno: Desafinado e com uma escolha de música terrível. Não vou ter saúde pra ouvir ele cantar esse tipo de música até o fim do programa, por mais que eu goste da personalidade dele. Quase dormi.
Gabriella: Emmanuel, aproveite seus minutinhos de fama porque depois dessa performance, você será totalmente esquecido no programa. Foi boring, chato, desafinado e esquecível.
Armando: Ele exagerou demais nas expressões, dança e agudos, o que eu esperava dele, porém ficou estranho e desconfortável. Espero que ele não tire o lugar de outra pessoa no top 13.

Sam Woolf - Babylon (David Gray)


Bruno: Começou mal mas depois se recuperou e fez uma performance consistente pra o estilo de música que ele seguir. Ainda assim não consigo deixar de pensar que a música poderia ter sido melhor escolhida. Mas ele é um dos meus favoritos dos boys e eu quero que passe.
Gabriella: Desde a audição eu curto o Sam. Ele é fofo, comercial e sabe cantar. Tem tudo para crescer na competição e essa performance, por mais que tenha sido fraquinha, foi suficiente para eu continuar torcendo por ele. Sabendo escolher as músicas certas, Sam tem tudo para ganhar votos e conquistar as garotas.
Armando: No geral, achei uma apresentação bastante previsível e segura, mas que serviu para mostrar que tipo de artista que ele é. Quero muito vê-lo evoluindo no programa.

George Lovett - Grenade (Bruno Mars)


Bruno: Ele canta muito bem, mas esse chorado na voz e essa firulas exageradas e durante a música toda estragaram a apresentação pra mim. Se ele tivesse se preocupado só em cantar ao invés de encher de firulinha, eu teria dito que era top 5 homens sem dúvida. Ficou chato.
Gabriella: George é a diva da temporada, que está dividido entre ser um Usher da vida ou Bruno Mars. Se ele quis tentar ser o novo Bruno Mars, é melhor ele fazer melhor do que fez. Tem voz boa? Tem, mas não tem nenhuma noção de que está exagerando com a voz. 
Armando: Se ele quiser representar o R&B, precisa melhorar muito, pois está apresentação foi super esquecível e desnecessária. As mudanças que ele fez para usar mais as notas altas soaram desesperadas de uma forma que não combinaram com a música.

Dexter Roberts - This Ole Boy (Craig Morgan)


Bruno: Eu acho ele ótimo, mas não pro programa. Ele tem cara de cantor de sucesso no interior dos EUA, e não de American Idol. Se fosse American Country Idol, ele podia até vencer. Mas contra um grupo forte que nem o desse ano, não vai conseguir.
Gabriella: Ok, fiquei surpresa com ele ter ganhado uma vaga no Top 10 boys. Para mim, ele estava sussurrando como bêbado. Não curti a escolha da música, da performance, nem da voz. Ficou tudo muito enjoadinho. 
Armando: Ele lembra os Swon Brothers de The Voice: canta bem, vai chegar longe, mas sempre sendo previsível e cantando músicas chatas, em apresentações esquecíveis.

Alex Preston - Volcano (Damien Rice)


Bruno: Essa música pra mim sempre vai ser do PP. Mas tirando isso, foi uma performance ótima e ele foi de longe o melhor dos homens. Eu adoro o tom de voz dele por sair do comum, e ele sabe escolher música e usar esse vocais diferentões dele.
Gabriella: Alex tem algo diferente que faz com que eu torça para ele e o odeie ao mesmo tempo. Tenho certeza que chegará um momento em que eu estarei enjoada das mesmas performances de sempre dele, da sua carinha a la integrante do Beatles, mas até esse momento chegar, vou estar curtindo essa performance linda, simples e sensacional dele. Ótima escolha de música, ótima forma de mostrar a sua marca e excelente performance. PP pode ter arrasado com a música, mas Alex soube fazer algo digno.
Armando: Essa música sempre lembrará PP, mas a apresentação do Alex foi muito boa. Eu gosto que ele é introvertido, pois isso traz para as apresentações um tom de intimidade que outros tipos de cantores não conseguem. 

Malcolm Allen - Comin' From Where I'm From (Anthony Hamilton)

Bruno: Quem? Os vocais tavam presentes, mas ele não estava. Achei a performance toda karaoke demais e um pouco fora de tom. E só eu fiquei extremamente incomodado com o fato de ele não mudar a expressão facial durante a música toda? Ele parecia congelado e totalmente ausente.
Gabriella: Tive vontade de chorar nesse performance. Foi péssimo, fraco demais e a pior da noite. Está entre as piores performances do American Idol. Não achei karaokê, até porque seria um elogio. Estava mais para alguém cantando (ou cantarolando) no chuveiro. 
Armando: Quem? [2] Se ele quer seguir o estilo John Legend, precisa melhorar muito, muito mesmo! Achei a apresentação preguiçosa e chata. O que me fez ficar olhando para a plateia de fundo e não prestar atenção nele.

Ben Briley - Soulshine (The Allman Brothers Band)


Bruno: Amo o tom de voz dele e pra mim foi outra das melhores da noite. Ele performou, foi empolgado e empolgante e deu pra perceber que ele estava fazendo esse show como se fosse o último da vida dele. E os EUA votaram certo, o que me faz ter uma esperança de um bom vencedor esse ano.
Gabriella: Ben arrasou! Não vou nem comentar a roupinha dele de ex estudante que ainda usa as roupas do colégio. Ele escolheu bem, soube cantar e controlar a voz e agitou o público. Falando nisso, o que foi aquele solo de guitarra? Ual! Ben, espero te ver mais na competição. Melhor da noite, sem dúvida!
Armando: Ele é um ótimo representante contry para a competição, sabe usar todos os elementos que um cantor do gênero precisa: carisma, simplicidade e emoção. Adorei.

Spencer Lloyd - Love Don't Die (The Fray)

Bruno: Não gostei, parem de pimpar esse menino. Ele só é bonito, não chega nem aos pés de qualquer outro candidato dessa fase. Os vocais foram OK, mas não foram o suficiente pra música. E eu num faço a menor ideia do estilo que ele quer seguir.
Gabriella: Eu gosto do Spencer, acho que ele tem tudo para chegar longe na competição. E o fato dele se arriscar é algo muito bom. Ele não é nada previsível. Escolher The Fray foi bom, mas não curti a escolha da música. Existem outras melhores que poderia mostrar um outro lado dele, especialmente o lado que me conquistou. Mas não posso dizer que ele cantou mal ou bem, porque foi uma performance apenas ok. Dentre os garotos que se apresentaram nessa noite, Spencer merece continuar no programa.
Armando: Ele deveria ter usado o violão, pois é a primeira apresentação neste palco e tudo seria milhões de vezes melhor se ele o tivesse na sua frente, para lhe trazer conforto e confiança.

Results

Depois de duas noites cheias de boas performances (e com alguns desastres também), finalmente descobrimos aqueles que foram votados pelos EUA para integrarem o top 13 do programa, e pra mim foi uma ótima surpresa: eles votaram certo! Realmente, os escolhidos por eles acabaram, no geral, fazendo as melhores performances da noite. Espero que continue assim até o fim do programa.

Tivemos também as performances de Wild Card onde, mais uma vez, a bancada de jurados fez a escolha certa e passou dois bons candidatos que tinham sido eliminados pelo público e um terceiro só pra preencher espaço, já que não tinha ninguém melhor, e que vai ser eliminado na primeira semana. Mas, pela primeira vez em muito tempo, eu posso dizer que eu gostei muito dos resultados e que quase todos ali tem chances de vencer e de ir longe na competição, fazendo dessa temporada uma das mais concorridas dos últimos tempos. E você leitor, o que achou? Pra quem vai sua torcida? Deixe seus comentários e até semana que vem, no primeiro live show de American Idol!

Top 13:
Alex Preston
Ben Briley
Caleb Johnson
CJ Harris
Dexter Roberts
Emily Piriz
Jena Irene
Jessica Meuse
Kristen O'Connor
Majesty Rose
Malaya Watson
MK Nobilette
Sam Woolf
Share on Google Plus

About Bruno

Apaixonado por séries e por tudo que é novo e diferente, infelizmente não tem mais tempo para ser um seriemaníaco, desde que vendeu a alma para a faculdade. Faz faculdade de Biologia, e tenta ao máximo conciliar o curso com suas séries e, principalmente, seus realities. Começou com Harper's Island por recomendação de um amigo, e desde então não parou. Tenta manter pelo menos uma série/reality por temporada, mas nem sempre é possível, já que seu interesse por ficção e séries diferentes nem sempre é preenchido. Além disso, gosta de ir ao cinema pelo menos uma vez por semana, e assiste alguns animes quando consegue acompanhar. (@bkaozzz)
    Blogger Comment
    Facebook Comment