The Blacklist 1x10 / 1x11 - Anslo Garrick, Part 2 / The Good Samaritan

E com uma primeira parte bem melhor do que a segunda, tivemos o desfecho da saga Anslo Garrick. Sendo sincera, não curti. Foram 42 minutos construindo uma tensão, uma situação que tu via que ia explodir a qualquer segundo pra que? Na realidade, pareceu que a segunda parte foi usada para dar desfecho as coisas que eles não tinham como explicar. Obs: fiquei feliz que o Dembe não morreu!


Por exemplo, a vigia na casa da Lizzie e do Tom "até agora não sei se ele é bom ou ruim" Keen. Pelo visto era coisa da tal super organização secreta que o Red faz parte e que, até o momento, não se deu nem dica de que existia. Sem contar que a tal Mr. Kaplan parecia aquelas governantas malvadas e me deu medo só de aparecer na tela.

Outra coisa meio sinistra foi a presença do bom velhinho sequestrador. Ficou super no ar a existência da organização mais poderosa do que o governo americano e que o Red quebrou algum protocolo da suposta fraternidade ao se juntar com o FBI. Ou seja, esse é o mistério da segunda parte da temporada. A organização. SD-6. Os Illuminati. Iniciativa Dharma. Sei lá. A coisa é tão sinistra que o criminoso que é mais esperto do que todo mundo junto resolveu fugir deles o mais rápido possível.

Vamos falar do assunto principal: que marido chato, mas gato, que tu tem, Lizzie. Sim, eu sei. Ele ficou preocupadinho depois da ligação e eu até senti pena dele, mas aquela cena dele espiando pela janela me deu arrepios e eu tive certeza que tem alguma coisa de errada com ele. Acho que, na realidade, eu estou super torcendo pra ter, de fato, alguma coisa de errada com ele. Não podemos esquecer que o Red, correndo o risco de ser rastreado pelo FBI, liga pra Lizzie; acaba com a esperança de todo mundo quando confessa não ser o pai dela; e ainda dá um conselho de graça: não confia na cara de inocente do Tom sou gato mas sou um porre.

Sinceramente espero que as caixas na sala dos Keen seja do Tom e que ele dê o fora o mais rápido possível. E o mistério da equipe tática que não existe: quem é o X9 da parada? Meu voto é na agente da CIA que eu sempre esqueço que está lá, Meera Malik (sim, tive que procurar no google o nome da personagem).

Acontece com vocês também ou só eu acho graça quando o Red mata alguém e ainda penso que a pessoa mereceu? Só comigo? Ok então. Mas continuando.

Eu não sei dizer ao certo o tempo que passou da invasão pra esse episódio. Eu tinha achado que era pouco tempo mas aí aparece o Agente Ressler de bengala e trabalhando e tipo, o cara quase perdeu a perna e já estava de volta em tão - aparente - pouco tempo? Vacilo isso, mas enfim.

Outra parte que achei graça - tô começando a achar que tenho tendências meio psicopatas - foi o motivo do assassino da vez: O Bom Samaritano. O cara, apesar de ser serial killer, era seleto e tinha seus motivos na hora da seleção das vítimas. Um psicopata, que parece que saiu de um episódio de Criminal Minds - quase sugeri pra Keen pedir ajuda pra BAU quando ela disse não ter conseguido fazer o perfil dele -, que só matava pessoas que abusavam de outras pessoas indefesas, suponho eu, e que ainda reproduzia as mesmas fraturas que as vítimas apresentavam quando iam ao pronto-socorro do hospital. Não vou ser hipócrita e dizer que não é um bom motivo, porque até que é, né.

Como sempre o Raymond apareceu do nada porque ficou sabendo do reaparecimento do cara - ainda descubro como esse cara sabe de tudo... parece o Oráculo de Matrix... - e oferece uma pequena mãozinha pra Lizzie. Mãozinha nada né, já que ele praticamente solucionou o caso pra ela (como sempre).

Tiveram dois acontecimentos que eu acho que são os que vão dar o tom do resto da temporada. Primeiro é a insistência do marido perfeito da Lizzie que pode muito bem ser um assassino e/ou terrorista e tentar matá-la em sair da cidade e "ir para uma cidade em que o índice de criminalidade é baixo"; sei não, quando alguém insiste demais é porque coisa errada tem. E segundo é o desenvolvimento do tal espião da unidade. Na verdade esse segundo me confundiu pacas. Alguém já viu a cara desse homem - nem que seja de figurante - antes? Porque eu juro que eu nunca o vi. E apesar do chefe lá não fazer a mínima ideia de quem é a criatura, Red e a chefe do chefe sabem muito bem. E a mulher ficou bem tranquila quando ele morreu e ainda se recusou a dar nomes. E (o último, prometo) pra melhorar, o Red disse que ainda tem um outro na unidade? O que acontece? Temos mais uns 10 episódios pela frente pra todas essas dúvidas serem respondidas mas eu admito que estou super ansiosa já!
Share on Google Plus

About Karina Nascimento

Estudante de Jornalismo, viciada em série, filmes, música e livros. O vício começou em 2000, com Dawson's Creek na Sony e depois disso, só piorou. Completamente órfã de Gilmore Girls e Veronica Mars, no momento acompanha 21 séries e pede para que parem de recomendar séries porque ela precisa de vida própria longe da televisão. (@_kaarii)
    Blogger Comment
    Facebook Comment