American Idol 13x16 / 13x17 - Top 12 / Results


"You're what I've been waiting for all night."  (Jennifer Lopez)

12 participantes! 12 sonhos! Um só vencedor. American Idol pode estar indo mal de audiência, mas ainda assim consegue nos deixar de boca aberta. Performances boas e muitos violões marcaram a noite do Top 12.  O tema das performances desta semana no programa é “Home” (Lares), ou seja, canções que eram populares durante as infâncias dos competidores ou mesmo uma homenagem a seu estado de origem. Pra quem vai sua torcida? Com Keith Urban, Jennifer Lopez e Harry Connick Jr no painel de jurados desta edição.

Jena Irene – Suddenly I See (KT Tunstall)

Bruno: Eu adoro a Jena, mas prefiro ela rockstar do que country pop. Fora que essa escolha de música não permitiu que ela explorasse os vocais deliciosos que ela tem. Foi uma boa performance, mas muito safe.
Gabriella: Eu curti, mas achei que faltou algo nessa performance. Foi apenas ok e estou com medo de que ela vá para o Bottom 3 nessa noite.


Alex Preston – I Don’t Want to Be (Gavin DeGraw)

Bruno: A cada semana que passa eu me apaixono mais pelos vocais e pelas escolhas de música que ele faz. O estilo dele me lembra um pouco um vencedor que eu adoro, Kris Allen, e isso já diz um pouco das chances que ele tem na competição.
Gabriella: Escolha interessante. Já vi covers melhores, mas não posso negar que Alex mandou bem novamente. Eu só quero que ele largue o violão/guitarra e tente não ser tão previsível assim.



Jessica Meuse – White Flag (Dido)


Bruno: Jessica querendo me conquistar com uma música que eu amo! Mas não é fácil de cantar e pudemos ver isso nas desafinações que ela deu em alguns momentos. Não foi a melhor dela e eu não achei uma boa escolha de música, então espero que votem muito pra ela continuar.
Gabriella: Jessica mandou muito bem essa semana e vem se transformando numa artista completa. Adorei a escolha, adorei os vocais, adorei a não previsibilidade. Se continuar assim, Jessica tem tudo para chegar às finais.

Dexter Roberts – Lucky Man (Montgomery Gentry)


Bruno: Esse é sem dúvidas o estilo de música que ele brilha melhor, de longe. Um country de raiz, calminho, que ele pode colocar toda a emoção necessária e contar a história. Apesar disso, ainda acho que ele é um artista limitado. Ele não tem nada que o destaque dentre outros cantores do mesmo estilo e, pra mim, não merece ser o próximo American Idol.
Gabriella: Não adianta, eu não consigo gostar do Dexter. Ele pode mandar bem no country, mas eu não gastaria meu dinheiro para comprar um álbum dele. Nem baixaria no ITunes ou Torrent. Foi boa a performance, mas não me conquistou. 


Emily Piriz – Let’s Get Loud (Jennifer Lopez)


Bruno: Emily é uma que vem me surpreendendo semana após semana. Ela tem mostrado uma voz poderosa e muito bonita e que pode transitar entre diversos estilos sem o menor problema. Ainda assim, preferia algo que mostrasse melhor o alcance vocal dela, apesar de ter sido uma ótima performance.
Gabriella: Cantar J.Lo foi uma ótima jogada de marketing. Cantou bem? Sim. Mas ela jamais será como a J.Lo nos quesitos dança e sexy. O que mais me preocupa é que tipo de artista é Emily. Pois, até agora, ela não vem seguindo um padrão.


Caleb Johnson – Working Man (Rush)


Bruno: Caleb finalmente me ouviu e pegou um dos grandes clássicos do rock pra cantar. Toda vez que ele atinge aqueles agudos poderosos e rasgados eu me arrepio inteiro e torço cada vez mais para ele ir longe na competição e chegar pelo menos até a final. Performance impecável e perfeita.
Gabriella: Eu adorei! Esse é o Caleb que eu queria ver no AI. Ele usou e abusou de seus vocais e mandou bem. Porém ele precisa deixar de lado esse estilo Jack Black. 


MK Nobilette – Drops of Jupiter (Train)


Bruno: Performance ok, mas que ficou faltando a emoção que a música pedia e que ela mostrou nos pré-lives. Pra mim pareceu tudo muito robótico, por mais que a voz deliciosa dela ainda estivesse presente. MK tem decaído e, se não levantar, vai acabar indo embora.
Gabriella: Eu amo essa música. MK não conseguiu mostrar toda a potencialidade que a música tem e ficou meio forçada a apresentação. Esperava mais e algo novo, não algo totalmente sem sentido. Faltou emoção, voz e carisma. Parecia um karaokê.


CJ Harris – Waiting On The World To Change (John Mayer)


Bruno: Ele tentou me conquistar cantando John Mayer, mas achei ele exagerado demais. Essa música ficaria melhor para o Alex, por exemplo, porque os vocais do CJ pedem algo mais soul e não tão pop. Isso acabou estragando uma música que eu amo tanto e pra mim ele é Bottom 3. 
Gabriella: Putz, o que ele fez com essa música linda do John Mayer? Ele simplesmente conseguiu estragar a música. Foi tudo estranho demais. Vocais péssimos, desafinou bastante e parecia um bêbado cantando numa serenata. CJ está fazendo hora extra no programa.


Sam Woolf – Just One (Blind Pilot)


Bruno: Não sei porque mas acho todas as performances dele tão... fofas! Ele precisa de muito mais que fofo pra vencer o programa, mas ele parece que está se encontrando e fez uma apresentação agradável e gostosa de se ouvir. Acho o tom de voz dele super limpo e não é do tipo que cansa de ouvir, então ele tem tudo pra ir longe!
Gabriella: Eu gostei mais dessa performance que a da semana passada. Se Sam seguir essa linha Jason Mars, tem tudo para chegar longe. A escolha foi boa, mas previsível demais. Ele continua sendo um fofo e vai continuar na competição até que as meninas parem de votar nele.


Malaya Watson – Take Me To The King (Tamala Mann)



Bruno: Nos graves a performance tava uma delícia e por mim ela tinha ficado até o fim daquela forma, porque foi só ela fazer a transição pros agudos que ela começou a gritar demais e cantar de menos e ficou totalmente fora do tom da música. Malaya está voltando mas tem que se cuidar pra não sair.
Gabriella: Finalmente fizeram algo com o cabelo dela. Aleluia!!! Não aguentava mais aquele cabelo ao estilo espanador. A escolha foi interessante, mas faltou emoção. Ela começou fraca, mas quando chegou no refrão ela arrasou vocalmente. Ela está de volta na competição!


Ben Briley - Turning Home  (David Nail)


Bruno: Cantou super bem, tem um tom de voz que eu adoro, mas ele não fez nada que vá ficar na minha memória. Acabei de ouvir e não sei direito o que comentar, de tão esquecível que ele foi. Ele precisa se destacar mais, porque ele tem talento, mas falta presença.
Gabriella: Ben continua mandando bem e sabendo escolher as músicas. Foi uma apresentação certinha, com algumas desafinadas. Estou esperando o momento de Ben na competição!



Majesty Rose - Fix You (Coldplay)

Bruno: Se alguém tem presença nesse programa, é a Majesty. Independente se a música for agitada ou lenta, ela sempre demanda uma atenção e tem uma força tão grande que me conquista a cada semana. Os vocais nos agudos podiam ser mais consistentes? Sim, mas isso não atrapalhou uma performance mágica como toda semana.
Gabriella: Fiquem de olho nessa menina! Majesty divou, cantou bem e fez uma escolha muito inteligente. Amei tudo! Poderia ser melhor? Com certeza. Mas mesmo assim, Majesty está evoluindo na competição! 


Resultados


Noite de eliminação e muita enrolação. Com performances  de Phillip Phillips, vencedor da décima segunda temporada do American Idol,  e da banda irlandesa Kodaline, o Bottom 3 foi anunciado. Infelizmente, alguém teve que sair e o Top 11 foi formado. Será que seu favorito continua na competição? 

Bottom 3

Jena Irene
MK Nobilette
Emily Piriz

E quem disse adeus ao programa foi .... Emily Piriz. Sim, meus caros, nem o Latino Card foi capaz de salvá-la do bottom e sua eliminação. Os jurados não usaram o save e ela foi a segunda mulher eliminada na competição. Isso significa que as chances de mais um homem ganhar é maior que a das mulheres. E dizendo adeus à garota, esperamos vê-los novamente semana que vem. Será que seu favorito vai ganhar? Não deixem de comentar e até o Top 11!



Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment