Freaks 4 Music - 05/03


Hora de sintonizar as melhores músicas das nossas séries favoritas.


Nada como uma semana lotada de séries para fazer nossa alegria, certo? Melhor ainda quando cada episódio vem embalado por ótimas canções – que nos apresentam novos (e antigos) artistas.

Então, sem mais papo furado, vamos logo curtir as melhores canções dos episódios da semana passada. 

Nem precisa dizer que se você ainda não assistiu aos episódios da semana passada, esse post contém SPOILERS, né?

Switched at Birth - How Did This Happen (Amber Rubarth)


Enquanto Regina deixa Daphne inteirada sobre o que acontece na casa grande, todos os outros da família estão 'quebrados' de alguma maneira: Kathryn vai dormir e, a mão que antes encontrava o peito de John do outro lado da cama, volta vazia e fria; Toby divide o sofá com o pai, dando sinais de que essa dupla será constante daqui pra frente e Bay está completamente despedaçada no seu ateliê com uma cirurgia marcada e a possibilidade de não mais recuperar-se totalmente.

Teen Wolf - Feel Real (Deptford Goth)


Malia e Stiles estão no porão da Echo House aka manicômio onde estão internados à procura de alguma evidência que esclareça pro Stiles o motivo dele já ter visitado aquele lugar nos episódios passados (quando possuído pelo Nogitsune) e o que acontece? Além da coiote dar o primeiro beijo, tudo indica que, tanto ela quando nosso querido Stiles, também perdem a virgindade naquele sofá 'super romântico', rs.

Pretty Little Liars - Happiness (The Fray)


"It’s a number.
It’s a song.
It’s a girl.

Smooth.
Pearl joy packed.

Gold falafel,
As through ice.

It’s four-thirty.
Morning with
Phone calls.

It’s deaf mute.
It’s cheap.
A foreign car.

Maybe bingo.
Lucky night?

Something says

It smells bad."

Precisa dizer mais alguma coisa? O flashback de Aria, essa música e a compilação das cenas Ezria foi uma coisa tão linda e apaixonante que não encontrei maneira melhor de explicar a cena: o poema do Ezra (B-26) fala por si e resume tudo o que vimos pelo ângulo de uma Aria nostálgica. 

The Blacklist - Rawnald Gregory Erickson the Second (Starfucker)


No final do episódio, enquanto Red encontra-se em momentos de paz com o antigo affair numa troca entre o quadro da 'menina feia' e a esfinge, os Keen esboçam os primeiros sinais de que o casamento está insustentável; culminando no total apoio do Ressler à Elizabeth - mesmo quando este tem um jantar marcado com Audrey. Alguém ai divida que esses dois ainda vão ficar juntos? 

Glee  - Every Breath You Take (The Police)



Uma das melhores partes desse retorno de Glee foram as músicas. E nada mais digno e bonito do que ver Rachel e Santana arrasando num dueto (se é que podemos chamar assim) da famosa música do The Police. Perfeição demais para duas divas, não acham? Mudando o ritmo da música, as duas conseguiram transformar um clássico em atual.

Arrow - Dust To Dust (The Civil Wars)


Uma cena emocional das irmãs Lance. Verdant foi o palco pra reconciliação entre Sara e Laurel e, além de bem sincera, serviu pra limpar um pouco da antipatia que Laurel estava provocando nos últimos capítulos. "You're like a mirror, reflecting me... You've been lonely, too long. We've been lonely, we've been lonely, too long," e, qualquer semelhança com o discurso da Lance mais velha, não é mera coincidência. 

Supernatural -  Lonely Is the Night (Billy Squier)


Esse velho rock é a música que Dean está escutando em alto volume com seu fone de ouvido, como se fosse um rebelde adolescente. É incrível o quanto que a CW tem sorte de traçar as melhores músicas em seus seriados e Supernatural sempre nos apresenta algum rock antigo que nunca saiu de moda. É como dizem: "episódio perfeito só com música de boa qualidade para acompanhar".

The Vampire Diaries - Radioactive (Imagine Dragons)


O episódio já começa com uma cena forte: Damon infectado com um vúrus canibal e Enzo, provando ser um excelente amigo, ajudando-o a transformar pessoas em vampiros a fim de não ser morto e, assim, não deixar o amigo sozinho. A sequência é muito boa e, enquanto o Salvatore alimenta-se, ID ecoa... 

Grey's Anatomy - Bones (Josh Record)



Enquanto o pai de Karev parece não mais ter forças pra lutar pela vida, Jo, que havia negado casar-se com ele Alex, junta-se a este momento familiar, mostrando que um 'não' como resposta ao pedido pode não significar um 'não' para o relacionamento atual. Jackson e April estão juntos e felizes e, num flashback, dá a entender que, agora, são oficialmente Sr. e Sra. Avery!!

Nashville -  I Ain't Leaving Without Your Love (Chaley Rose, Sam Palladio & Jonathan Jackson)


Zoey, Gunnar e Avery compuseram esta canção e, mais tarde, tocaram no palco do Bluebird, depois de uma linda apresentação do Deacon (maior shipper de Juvery da história, rs) que, por sua vez, foi "assistir de camarote" ao lado de Juliette o talento grandioso desses 3 amigos.

My Mad Fat Diary - Wannabe (Spice Girls)


"Mãe, você não pode chorar com Spice Girls. Não é muito "Girl Power", é?!" A mãe de Rae está num período oscilante quando os hormônios fazem a festa e a deixam sensível demais, fazendo-a emocionar até mesmo com a dançante "Wannabe". Numa conversa divertida ao caminho pro Sixth Form College, elas imaginam os seus nomes como Spice e surgem as pérolas como "Hipoatividade da Tireoide Spice" e "Menopausa Spice", rs.

Faltou a música da sua série preferida? Deixa aí nos comentários! Até a próxima!
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment