Glee 5x10 - Trio


Don't you forget about me.

Os acontecimentos do episódio anterior continuaram presentes nesse episódio. É incrível saber o quanto os roteiristas conseguiram trazer aquela essência da primeira temporada para atual. Sentia falta dessa Rachel mais competitiva, de uma Santana mais bitch, de Wemma sendo fofos juntos, da Tina sensível. Fazia tempo que um episódio de Glee não me deixava com aquele sorriso bobão no rosto, do começo ao fim, aquele sorriso que me deixava ansiosa para saber o que iria acontecer nas cenas seguintes. Se semana passada, Glee soube muito bem nos trazer um episódio cativante, nessa semana não foi diferente.

Adorei ver a Rachel dividindo o apartamento com Elliot e voltando a ser aquela Rachel competidora de sempre. O dueto dos dois cantando "Barracuda" foi simplesmente sensacional. Só perde para a música "Gloria", no qual Rachel e Eilliot dividem os vocais com a Santana. Falando na latina, a briga entre ela e Rachel continua dando o que falar. Eu ainda acho que as duas estão agindo como crianças e foi muito bom ver Kurt tentando reaproximá-las. Eu já senti que essa briga está ficando fraca e que logo logo as duas estarão fazendo as pazes. Agora é só esperarmos para ver isso.

Já em Ohio, a velha Tina sentimental voltou. Estava com saudades dela e esse clima de despedida do Ensino Médio foi muito bem trabalhado. Adorei a homenagem que eles fizeram ao filme "The Breakfast Club", do lendário John Hughes. A música "Don't You (Forget about me)" poderia ter sido melhor trabalhada sim, mas mesmo assim não perdeu o seu significado. E ver Becky interagindo (toda agitada) com o trio parada dura, Sam, Blaine e Tina, foi incrível. Ri bastante com as cenas dos quatro no colégio e eu só queria que Blaine não tivesse surtado tanto quando viu Tina e Sam no maior amasso. Ok, tenho que confessar que também achei estranho, mas é compreensível ver Tina e Sam tendo um momento íntimo depois de tudo que eles tiveram. E quanto ao Artie, realmente, ele sempre será colocado meio de lado. Pelo menos, no final, Artie recebeu a merecida atenção.

E o que foi o casal fofolete Will e Emma nesse episódio? Sentia falta desse Will mais leve e dessa Emma mais romântica. Eu sabia que no final os dois iriam ficar grávidos, mas a minha grande surpresa (foi choque mesmo) foi ver o quanto o TOC de Emma melhorou. Ela que era toda cheia de problemas em relação à higiene, parecia uma pessoa normal. Com certeza essa história dela ser mãe será algo muito bem aproveitado para o seriado, depois do episódio 100. Só espero que os roteiristas não deixem isso assim. Quero ver Will comemorando e conquistando cada passo da gravidez. Depois de ter sido enganado pela ex esposa, ele merece ser feliz. Não acham?

PS: É impressão minha ou eles fizeram uma pequena homenagem ao seriado "One Tree Hill"? Porque eu simplesmente surtei quando Kurt falou o nome do trio, já que a banda Pamela Lansburry está suspensa até que Rachel e Santana façam as pazes. 
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment