Grey's Anatomy 10x13/14 - Take It Back/ You’ve Got to Hide Your Love Away


Uma tentativa constante de tentar se reencontrar.

Depois de um longo hiatus Grey's Anatomy está de volta e como já citado acima a série parece estar tentando se reencontrar. E isso se torna perceptível quando alguns personagens tentam retomar suas vidas reparando os erros que cometeram na primeira parte da temporada.

E esse retorno já começa com a conclusão do drama de April e Jackson, que foi o gancho antes da pausa. Era de se esperar que April surtasse após abandonar o altar, mas sabiamente ela não ficou de mimimi. A história deles teve tanta enrolação que não tinha o porque de mais drama. Eles estão casados, felizes e ponto e não se deve ficar pensando no que vem a seguir. Pelo menos por enquanto eles não precisam de problemas e a revelação do casamento veio cedo, mas na hora certa.

Seguindo essa história tem Stephanie choramingando a perda do namorado e Leah com seu recalque infinito e sua falta de limites que acabou provocando essa nova confusão no hospital. Por um lado é preciso admitir que no Grey Sloan Memorial existe certo exagero quando o assunto é colegas de trabalho se pegando. Isso acontece desde sempre, seja internos com internos ou internos com atendentes. Acredito que esses relacionamentos influenciam e atrapalham sim o ambiente de trabalho em alguns casos e é por isso que um lado meu compreende os motivos que levaram Leah a fazer a denúncia.

O verdadeiro problema é que essa nova regra no hospital acabou prejudicando diretamente o casal Alex e Jo. Apesar de Alex ter aquele jeito intenso de chutar baldes e não dá a mínima pra nada, em algum momento isso pode trazer consequências para ambos como profissionais. E ainda não podemos esquecer do extresse emocional que o personagem passou com a morte de seu pai. Mesmo que o apego que Alex tenha criado com o pai tenha sido mínimo, quase nada pra falar a verdade, certamente algum tipo de sentimento ficou e a junção desses problemas talvez possa acarretar em algo maior na vida dele e de Jo.

Um casal que também está passando por um tipo de crise é Meredith e Derek. O casal mais estável da série precisa de vez em quando de alguma coisa para dar uma emoção na relação e esse plot foi criado exatamente pra isso. Mas o casal chegou num nível de estagnação tão grande que nenhum tipo de briga deles consegue fazer alguém se importar de verdade. Tanto que mesmo com a briga eles tiveram um momento de descontração e meio que deixaram esse problema de lado.

Outro casal que também deixou algumas coisas de lado foi Meredith e Cristina (Sim, elas são um casal). Elas são o perfeito exemplo de que a série está tentando se reencontrar. A briga delas foi uma das coisas mas idiota que eu já vi na série. Foi preciso apenas alguns momentos de verdades sendo ditas para a relação voltar a ser como antes. Nós agradecemos, porque assistir Grey's não tem sido uma tarefa fácil e a relação descontraída delas ajuda e diverte quando a situação não está boa.

Já Callie e Arizona estão vivendo um momento perigoso. Ambas não estão vendo que ainda existe alguma coisa não resolvida, ou não esclarecida no relacionamento. A compra da casa foi uma atitude desesperada. Arizona não compreendeu que certos problemas são internos e não externos. Não importa para onde você vá, ele vai com você. E outra, essa fase lua de mel das duas está bem chata e poderia passar despercebida facilmente.

O que não dá para entender mesmo é Cristina e Owen. Ela está tão perdida quanto ele. Durante esses dois episódios eu tive a impresão que o casal ainda pode voltar. Não me surpreenderia se ao final da temporada o ator anuciasse sua saída junto com Sandra Oh, e no final tudo seria pelo bem criativo da série. O fato de Owen terminar seu namoro com Emma após ela mostrar entusiasmo com família e filhos foi muito estranho e até mesmo incoerente com tudo o que o personagem fez. O inferno de seu relacionamento com Cristina se deu exatamente pelo oposto. Ele queria família e filhos e ela não, mas agora algo está mudando na cabeça dele.

Como toda a primeira parte da temporada, o retorno de Grey's Anatomy foi mediano. A série não empolga mais a muito tempo e quando ainda investem em tramas como por exemplo: Richard sendo mentor de Shane, que se tornou ainda mais detestável depois de seu excesso de confiança, ou Bailey vivendo sua vidinha mediocre e sem propósito com Ben, tudo fica bem pior. O segredo nesse momento é ter paciência e aguardar a próxima sacada de Shonda, porque nada fica tão tranquilo por muito tempo.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment