Revenge 3x14 - Payback


O preço das escolhas.

Revenge vem sambando na nossa cara episódio pós episódio. Até esqueço da péssima 2ª temporada, porque essa temporada está muito boa. Revenge é melhor que novela mexicana, que novela das nove (quem liga para "Em Família" quando se tem Victoria e Emily sambando toda semana na nossa televisão/computador?), que os babados dos vizinhos. Revenge é melhor que desfile de Carnaval, pois não temos uma Rainha da Bateria, mas sim duas: Victoria e Emily. E agora com a chegada da 1ª ex esposa do Conrad, Stevie Grayson, o páreo está duro para essas duas divas.

Amei essa Stevie. Amei a personalidade dela e espero que ela venha ser uma aliada para Emily. Para mim, a melhor parte do episódio foi vê-la colocando Victoria no seu lugar, e o Conrad também, recuperando a sua antiga casa. E eu que já tinha matado a charada do episódio apenas nos 25 minutos, vibrei quando ela contou para o Jack que é a sua mãe. Agora a grande pergunta que não quer calar: será que o Jack é um Grayson ou a ela pulou a cerca com o dono do bar? Espero que ele seja um Grayson para, assim, ajudar a destruir a família mais poderosa da TV. 

E, meus caros, o que é essa história toda dos apagões da Emily? Quase morri quando descobri que ela acordou no quarto do sogro, ainda bem que nesse episódio descobrimos que não houve nada de consumação sexual. Embora tenhamos descoberto que Conrad está tramando algo e que Ems está envolvida, posso dizer que estou in love pelo seriado. Mesmo com a sonsa da Charlotte fazendo aniversário e agora espionando o pai, sei que Emily dará a volta por cima e vai se vingar de Daniel. Falando nele, eu percebi um certo ciuminho quando descobriu que a sua esposa estava com seu pai. 

Victoria divou demais nesse episódio e adorei o fato de já terem dado um jeito no pai do Patrick. Esse homem mereceu morrer, mas confesso que estou com medo do que Victoria possa fazer. E se o velho ditado for verdade, "filho de peixe, peixinho é", Patrick tem tudo para se transformar num monstro. O que ele fez com a galeria e com a tentativa de matar o Conrad já mostra o seu lado psicopata. Emily, Nolan e Aiden que se cuidem!

Falando no meu britânico favorito, fiquei com dó dele. Niko não presta e tentar matar a Emily foi uma burrada. Sabíamos que Ems salvaria o dia, mesmo andando louquinha (será mesmo que ela puxou a mãe?). O único problema é que Niko se deixou vencer muito facilmente. Sei não, mas ainda acho que ela vai estragar os planos da Emily, tudo em prol de vingança. Quero Aiden e Ems juntos, mas o que eu quero mesmo é que essa vingança acabe logo! Não aguento mais ver minha diva sofrendo, só tendo o Nolan como amigo e apoio moral. 

PS: Louca para saber o que o pai da Margaux poderá oferecer para o seriado. Seria outro rival de Conrad ou mais um aliado? Apostas?
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment