The Originals 1x14 - Long Way Back from Hell


Traído por todos.

The Originals começou como um simples spin off e com um mote principal duvidoso, onde muitos achavam que não seria possível aproveitar algo realmente bom. Mas com o passar do tempo a série só foi crescendo e construindo uma trama cheia de retalhos, costurando tudo em seguida.

O que vemos hoje em TO é muito mais do que poderíamos imaginar. O simples plot sobre Klaus tentar retomar a cidade de New Orleans enquanto aguarda o nascimento de seu filho, fruto de uma noite de sexo com uma loba que tem obsessão em querer encontrar sua matilha, não é mais um assunto relevante. Obviamente esses dilemas terão suas conclusões mais para frente, porém, agora é tempo de desenvolver outros assuntos, trazer tramas intrigantes, criar uma base mitológica, além de descobrir cada vez mais e mais o que a família original viveu em New Orleans no século passado.

Basicamente quase tudo o que eles viveram na cidade teve relação com a rixa que existe com as bruxas. E o desenvolvimento disso tem sido muito promissor. As motivações de Celeste acabaram sendo compreensíveis, mesmo após sua relação amorosa com Elijah, que sabiamente não foi reavivada. Já existe o romance dele com Hayley, que não precisa de mais empecilhos para se tornar real. Como por enquanto esse plot está em passos bem lentos não precisamos nos aprofundar.

O que realmente interessa no momento é saber o que vai acontecer na relação de Klaus com a família. A grande traição de Rebekah foi o que deu movimentação ao episódio. Saber que foi ideia dela e de Marcel trazer Mikael a New Orleans em 1919 foi o suficiente pra despertar uma ira mortal no híbrido. E se por pouca coisa ele já era capaz de puni-la deixando-a por décadas dentro de um caixão, imagina então o tipo de sofrimento que viria depois dessa revelação.

Dessa vez eu estou do lado de Klaus totalmente. Gosto de Rebekah e até compreendo seus motivos, mas foi uma traição das grandes e difícil, praticamente, impossível de perdoar. Elijah que não tinha uma parcela sequer de culpa, provavelmente entrará na lista negra do irmão depois de ter cravado a faca venenosa e enfeitiçada em seu peito pela segunda vez. Uma forma covarde de deter Klaus em favor da irmã, que agora terá que fugir, mesmo sabendo que para Klaus achá-la será tarefa fácil. 

Para Rebekah enfrentar a ira de Klaus é uma atitude muito mais inteligente do que fugir. Marcel que já caiu no meu desgosto por ser tornar um personagem tão sem vida, apesar de ainda ter bastante envolvimento na grande mitologia da série, passa ser uma alvo ainda maior da ira de Klaus. Rebekah e Marcel fizeram totalmente o contrário do que Klaus queria, e seja por motivos pequenos ou grandes, ele não gosta de ser contrariado. A expectativa é de uma batalha onde as consequências serão devastadoras e irreversíveis.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment