The Vampire Diaries 5x14 - No Exit


Quando nem Damon estripador torna a coisa intrigante.

Durante as ultimas semanas, reclamações sobre The Vampire Diaries não tem sido frequentes aqui. De fato, a série voltou a ter certa agilidade nas tramas, coisa que passou longe de acontecer na temporada passada. Aparentemente já estamos caminhando para o ultimo arco da temporada e isso soa como algo muito bom diante de tudo o que a série se tornou nos dois últimos anos.

Os episódios centrados em Katherine, que agora está em posse do corpo de Elena, têm sido de bom grado. Como Vampiranha é, sempre foi e sempre será a melhor personagem de TVD, tanto que dedicaram a ela o episódio comemorativo de número 100, a diversão tem sido certa desde que a personagem se tornou fixa nessa temporada (rs).

Com isso podemos esquecer um pouco de mitologia e apenas nos contentar com um clima meio “Malhação” americana, onde o roteiro se concentra em dar ênfase apenas em problemas amorosos e vagos. NÃO, não é isso que queremos ver, mas foi praticamente isso que vimos durante todo esse episódio. Não me julguem, pois eu me diverti sim, mas na realidade tudo foi um tanto quanto arrastado e nada intrigante.

TVD usou de uma medida usada por muitas outras séries e que incomoda muita gente: Fazer um episódio fraco com um momento BOOM ao final. No Exit conseguiu ser o episódio menos empolgante dessa safra Katherine Petrova como protagonista. E nem Damon se alimentando apenas de vampiros conseguiu tornar a trama mais interessante.

Sinto que eles não tiveram um cuidado a desenvolver esse plot e foi tudo muito jogado. O personagem Enzo que não é nada interessante e totalmente descartável foi embora e com certeza não fará falta. Na verdade não se sabe nem se ele volta na próxima semana, mas quem liga? Assim como ninguém se importa com o mimimi de Tyler, que continua ressentido com Caroline por ela ter ficado com Klaus. São reclamações desnecessárias e se os roteiristas fossem realmente espertos investiriam na personagem junto com o Stefan, mas com a permanência de Katherine no corpo de Elena. Imagina só a confusão que seria proporcionada a partir disso?

Acontece é que a farsa de Katherine já está prestes a ser descoberta. Stefan e Caroline já conseguiram ligar os pontos, ainda mais depois de inúmeras dicas e do jeito estranho de “Elena”. A cena sensual do chuveiro foi algo surreal, dificilmente Elena ia ser tão provocativa quanto Katherine e nisso já se consegue perceber pelo menos alguma coisa.

Para se ter noção do quanto alguns personagens são indispensáveis vamos lembrar de Wess, que entra na lista de piores personagens de TVD e que ganha esse prêmio facilmente. O personagem não é interessante, esse assunto de experiências com vampiros é uma das tramas mais chatas que a série já fez e Wess só serve pra ser aquele cientista paspalhão, esperando a cobaia com uma agulha mão. Mas Nadia também não fica muito atrás.  Claramente ela tem um pouco mais de carisma que ele, mas isso não muda o fato de que essa relação que ela quer manter com Katherine torna-a insuportável, e se isso já não bastasse podemos nos lembrar do quase romance com Matt. Mas agora que ela foi mordida por Tyler e sua morte se aproxima, pode ser que Kathrine tenha um pouco mais de sensibilidade.

Como se passou mais da metade da temporada, podemos dizer que a série se aproxima de seu ultimo arco da temporada. Só nos resta esperar pra ver se teremos Vampiranha envolvida ou não, pois com ela, as baboseiras jogadas em nossas faces ficam bem mais fáceis de serem digeridas.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment