Grey's Anatomy 11x01 - I Must Have Lost It on the Wind (Season Premiere)


“You definitely don’t have to worry about me liking you”.

E com essa frase Meredith dá as vindas a Maggie e deixa claro qual vai ser o caminho percorrido por ambas durante essa temporada.


Preciso dizer que essa foi uma boa premiere e que conseguiu trazer o básico do que a série sempre soube fazer. Como de  costume em inícios de temporada os casos médicos tomaram grande parte do episódio, ainda porque o plot de cada personagem não tinha uma carga tão dramática e não houve um cliffhanger no final da ultima temporada que precisasse de uma grande atenção. 

Nada do que está sendo feito é novidade para quem já acompanha a série, acredito que os produtores e roteiristas estão cientes disso. Porém, é notória a tentativa de trazer um frescor, fazer algo diferente, seja na questão mais técnica ou até mesmo na introdução de novos personagens. O problema surge quando uma grande nova personagem não trás o carisma necessário para preencher uma vaga que na verdade nunca poderá ser preenchida. 

A partida de Cristina deixou um grande espaço  vazio dentro da série, principalmente na vida de Meredith. E com isso a chegada de Maggie, que convenientemente também é médica e cardiocirurgiã, nos vêm como uma grande afronta, pois Cristina foi, é e sempre será única. O que pode acabar sendo interessante é a necessidade em que Meredith tem em achar uma nova "pessoa" projetando-a em um primeiro momento em Alex. Os dois tem um grande laço de amizade devido a tudo o que já passaram. Alex tem esse jeito na defensiva quase todo tempo, mas nada disso diminui o afeto que existe entre os dois. Fora que dos cinco internos que iniciaram a série só sobraram eles, então é bem natural que haja essa aproximação.


Meredith também se encontra no dilema sobre Derek ir para Washington e ela ficar em Seattle. Um problema que distanciou o casal e que pelo menos para ela trouxe danos que no momento são irreparáveis.  Derek resolveu ficar em Seattle, mas não foi o suficiente para a resolução dos problemas. Sinceramente, não consigo entender muito bem o que Meredith pode estar querendo. Nesse caso o que parece mesmo é apenas um pretexto pra estender o drama. Shonda já adiantou que o ano vai focar na Grey então o que acontecer com ela não pode desaparecer tão rápido. 

Gostei bastante dos flashbacks do inicio do episódio onde voltamos na cena em que Richard e Ellis Grey brigam em frente ao carrossel. Porém, o serviço de tentar revelar o momento em que Ellis esteve grávida não foi feito com êxito. Certamente mais explicações precisam vir, pois não dá para acreditar que uma médica tenha conseguido esconder uma barriga de gestação por tanto tempo


Richard, que já está totalmente dentro dessa história por ser o pai de Maggie, trás um drama pessoal com Amelia que não tem muita força.  O lance de tudo o que é dito no grupo de apoio ser confidencial e ela ter escutado, trazendo certa ligação entre os dois não combina muito. Ainda mais porque isso claramente está ali para trazer alguma função para a irmã de Derek, que eu sempre gostei em PrP, mas que agora não tem nenhuma função, embora seja cedo pra julgar.


O restante dos personagens também não trazem grandes impactos ou grandes histórias. Talvez a melhor seja a de Karev e Bailey na disputa pelo lugar no conselho e que infelizmente teve pouca atenção nessa premiere. Bailey está confiante pelo fato de Karev ser Karev, mas acho que ela pode acabar caindo do cavalo com esse excesso de confiança.  Já Kepner e Avery passaram despercebidos e sem nenhuma novidade na gravidez. Assim como Owen, que perdeu sua função depois da saída e Cristina.Arizona e Callie continuam na mesma ainda que o lance de uma nova especialização para Arizona possa atrapalhar os planos para gravidez de aluguel.  O bom mesmo é que ainda não houve mimimi com esse assunto.

Acredito que o resultado que Grey’s Anatomy traz ainda é positivo. São onze temporadas e com todos os seus altos e baixos ela ainda consegue despertar a atenção para determinados pontos da história, tendo em vista que acompanhar a vida desses personagens se tornou um vicio mesmo em seus piores momentos.

E que venha mais uma temporada de muito drama!
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

3 comentários:

  1. Super adorei o Karev sendo a my person da Mer agora <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostei. E vai ser interessante com Jo morrendo de ciumes.

      Excluir
  2. Realmente o ponto alto do episodio foi a cena de Mer e Karev q estampa essa review. Foi maravilhosa. Tb ressalto a narração: se perder é mto importante.

    ResponderExcluir