Chicago Fire 3x06 - Madmen and Fools

Like a Boss!

"Mad men and fools are in the game for thrills," e Newhouse não poderia resumir melhor este episódio! Chicago Fire retorna com foco nos resgates - tão recorrentes nas temporadas anteriores - e, ao mesmo tempo, faz deles uma trajetória emocional, mostrando que no 51 nada é 'apenas profissional'.

"This is the Christopher Herrmann School of Firefighting," seja bem-vinda, Dawson! Ainda que Gabby relutasse em aceitar, ela estava sendo preparada para ser alguém maior quando chegasse a hora. Herrmann é um ótimo mentor e, apesar de parecer que ele estava 'forçando demais', temos de lembrar que ela está na base da pirâmide da hierarquia e, pra avançar, não poderia estar melhor acompanhada! Casey, enfim, não intrometeu-se no assunto, o que evidenciou a evolução da Gabby no fim do capítulo. "You a baseball fan, Dawson?" / "Kind of." / "The academy, that's like tball. This, this is the "bigs." Stick with me, I'll school ya." Ela poderia achar que conhece todas as respostas, mas a experiência conta muito e eu fico extremamente feliz em ver a relação 'pai/filha' que eles constroem, diariamente, enquanto ele trabalha para torná-la uma bombeira excelente!

Sylvie, desta vez, me fez torcer por sua permanência no 51! O que começou com o resgate do menino entalado  nos espaços da varanda transformou-se em guarda de custódia e pôde aproximar  a paramédica do Tenente do Squad 3. Archie sofria de abusos e negligência ao ser fruto de uma família de alcoólatras e, provar que a mãe dele estava 'limpa' a apta a não perder a guarda do filho, foi a missão pessoal de Brett e Kelly, inicialmente, relutante. "Você tem a chance de fazer a diferença," e eu quase aplaudi menina Sylvie nesta cena! Ela, realmente, precisava de algo bom desde que começou a trabalhar na ambulância, precisava resgatar esperanças (e afirmar as próprias!), sentir que fez a diferença na vida de outra pessoa e foi gratificante receber o abraço de uma mãe agradecida! Além disso, Severide pode, sim, ter em Brett uma nova amiga. Claro que não da mesma forma que era com Shay (saudades, Leslie!), mas o convite pra Vegas deixou evidente que ele a vê como 'alguém para contar', ainda mais porque ela o impulsionou a voltar a dar segundas chances a outra pessoa quando, na verdade, ele ainda está desacreditado e amargurado demais por viver num 'mar de tragédias'. 

Casey, por sua vez, fez o que pôde para ajudar a irmã no divórcio e, assim, não vê-la prejudicada pelo marido. Newhouse (parece que a maioria das histórias passou por ele) descobriu que a amante de Jim não era tão amável assim e este foi o estopim para a reviravolta na vida de Christie, mesmo que ela nem desconfie que o irmão orquestrou repentina mudança! Mills fez seu primeiro trabalho 'ganhando dinheiro fácil' com Newhouse e, depois de quase serem baleados pra recuperar um cachorro, eu fiquei pensando se o ataque a este último não foi em tom de revanchismo pelo acontecido. Fiquei deveras preocupada e espero que nada de muito grave lhe aconteça! Agora, conversem comigo, o que foi Severide em Vegas, minha gente? New girl luck aka Afrodite Serinda Swan sendo apenas uma mulher aleatória ou um problema futuro?

O próximo episódio da série fará parte de um crossover triplo! Chicago Fire, Chicago PD e Law and Order SVU protagonizarão um arco no universo Dick Wolf e eu não poderia estar mais animada! Clicando aqui dá pra conferir a promo do próximo capítulo que vai ao ar na semana que vem, 11 de novembro. Ansiosos? #FIREPDSVUAlert

PS.: Adorei a referência a Jones no armário da Gabby, o bilhete ainda está lá e funciona como fonte de inspiração para nossa bombeira!

Melhores Quotes:

"I'm an anaconda man, myself." - Severide

"You quit giving somebody a second chance they stop having one. I need your help on this." - Brett



Share on Google Plus

About Vanessa Reis

Hey 23, call me! (@neereis)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário