Chicago PD 2x05 - An Honest Woman


#Tensão dominando o episódio!

O que falar do melhor episódio da temporada? Se duvidar, da série! Estou, ainda, tentando me recuperar dessa tensão toda que ocorreu no episódio. Jamais imaginava que Voight seria sequestrado e que tudo aquilo pudesse acontecer. Meu coração quase enfartou quando vi o chefe durão todo vulnerável. E eu sabia que essa garota iria trazer problemas para ele. Tudo bem que ela também tinha sido vítima, mas eu já previa que algo estranho estava para acontecer. Ainda bem que no final deu tudo certo e Justin mostrou que amadureceu e que já está pronto para ser papai. Voight vai ser um ótimo avô, não acham?

Como o grande destaque do episódio foi tentar solucionar esse sequestro e vingar de todos os envolvidos, os personagens ganharam pouco destaque. Exceto Antonio que, como já imaginava, iria se meter em problemas por causa da esposa de seu novo chefe. Eu ainda acho que as coisas não acabaram para ele e que veremos mais dramas para o personagem. Mesmo assim, valeu a pena para ver Antonio de terno. Eu só estou esperando para que ele acorde para realidade e que tenha algo com Nadia. Não sei porque mas sinto um clima entre os dois.

Não tivemos muitas cenas de Erin e Jay. Uma pena! Mesmo assim só essa possibilidade de ver Erin fora da delegacia já me deixou em pânico. Quero muito que role Linstead e essa demora está me matando. Assim como não termos cenas calientes e fofas entre Ruzek e Burgess. Apesar de estar adorando ver Burgess trabalhando com Roman, quero (e preciso) de cenas lindas e românticas dela com Ruzek. É pedir demais? 

Olinsky é outro também que anda me decepcionando.Adorava os conselhos dele para o Ruzek na temporada passada e ria bastante da dupla. Agora ele anda agindo como coadjuvante e guarda costas de Voight. Ele precisa ter uma história, mesmo que seja sobre a possibilidade de reatar com a sua ex esposa. Já Burgess continua se destacando por entrar em confusão. Eu adora a personagem, mas não aguento mais vê-la agindo como lado cômico. Quero ela mostrando para Voight que merece estar na equipe.

PS: Vamos ser sinceros: quem nunca quis se passar por policial para defender alguém? Aquela menina que roubou os policiais para se passar por uma e defender a irmãzinha foi fofa e eu ri muito com essa história! 
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário