The Voice 7x04 - The Blind Auditions, Part 4

Finalmente uma noite cheia de talento mediano!


Acredito que todos os talentos que deveriam ser descobertos já foram. Até agora não vi nenhum candidato especial que entregasse uma audição incrível e que fizesse eu ir atrás dos links para baixar o áudio de sua apresentação. Pelo menos neste episódio tivemos vários cantores medianos bons, todos precisam de uma ajudinha ou outra para serem bons, aí que entram os mentores, mas nem isso eles estão escolhendo direto. O que posso dizer é que essa será uma temporada sem previsões de vencedores, todos estão em pé de igualdade, quem realmente fará a diferença serão os mentores.

Vamos ao nosso ranking mediano?


1. Ethan Butler - Beneath Your Beautiful

Pessoas que fazem versões diferentes em programas de talento sempre tem um lugar especial em meu coração. Adorei a versão blues dessa música, ele realmente a transformou para servir seu tom de voz, que é muito gostoso de se ouvir. O problema dele realmente é alcance vocal, ele precisa trabalhar isso, pois essa é a competição dos gritos quando chegamos aos live shows.


2. Katriz Trinidad - At Last

Com uma mãe dessas ela não precisa de inimigos, hein? E olha que depois dessa audição ela fez vários inimigos entre os concorrentes. Adorei que ela se manteve a versão original da música, sem grandes exageros como certas cantoras em velórios por ai, pois para mim essa música é sobre a letra e não alcance vocal. Fico feliz que ela foi com o Pharrell, acredito que os dois podem ir longe depois da competição.


Toia Jones - One and Only

Todos temos receios quando alguém canta Adele, pois são músicas que geralmente temos muito próximas de nosso coração, que representa algo e não queremos ver ninguém as estragando. A Toia com certeza não estragou a música, adorei a voz dela e a potencia que ela demonstrou. A personalidade dela também é muito carismática. Fiquei feliz que ela foi com o Pharrell, pois vejo que os dois gostam do mesmo estilo musical e assim podem trabalhar melhor juntos.


4. Jonathan Wyndham - Say Something

Gente, que voz bonita que ele tem! Combinou perfeitamente com a música, mas não gostei que ele começou a se perder quando os mentores viraram. Ainda bem que aquela última frase compensou por tudo. Na próxima, eu só gostaria de vê-lo tentando as notas mais altas, pois nesta audição ficou aquele gosto de quero mais.


5. Craig Wayne Boyd - The Whiskey Ain't Working

É muito estranho o estilo dele, meio rock e meio country. No final das contas, parece dar certo, pois gostei da audição dele. Teve aquele elemento surpresa, o tom de voz agradável e ríspido, e um controle vocal muito bom. Só esperava poder ouvir um pouco mais, pois ele não evolui muito na música, começou bem e terminou bem.


6. Chris Jamison - Gravity

Eu não estava esperando essa voz, ele tem um falsete muito bom e forte. O controle vocal dele também é ótimo e preciso. Eu só estou curioso para ver o que acontecerá com ele daqui para frente, pois ele e Adam foi o casamento perfeito. Mas ao mesmo tempo, espero que ele não se perca na competição fazendo o que o Adam quer. 


7. Jean Kelley - Already Gone

Jean é o tipo de cantora mediana que acaba indo para os lives, não vi nada de especial na audição dela, mesmo gostando muito das mudanças que ela fez na batida e melodia. Ela também mudou um pouco o fraseado no início para poder respirar melhor, o que foi inteligente. Espero que ela mostre um pouco mais de precisão na próxima fase do programa, pois no geral eu gostei dela.


8. Amanda Lee Peers - Put the Gun Down

Gostei da energia dela, ela é uma ótima cantora country. Porém, eu não vi nada de especial nela, ela não fez nada que me fizesse prestar atenção na audição ou na voz. Não sei por que a Gwen a escolheu, pois não vejo as duas trabalhando juntas por muito tempo. Acredito que ela está cometendo o mesmo erro da Christina na primeira temporada, escolhendo vozes muito parecidas e não criando um time diverso.


9. Tanner Linford - When You Say Nothing At All

Gente, essa é a temporada da volta dos que não foram, quanta gente voltando, mas ao contrário da Anita, ele não precisava ter voltado. Acredito nisso pelo simples motivo dele não trazer nada de novo ou empolgante para a competição, está aí só para ocupar lugares de pessoas com mais talento. Dito isso, a audição dele faltou muito para estar no nível das outras, não teve controle e não soube expressar emoções, não merecia a virada de ninguém.
Share on Google Plus

About Armando Wunsch

Formando em Comércio Internacional, se apaixonou por séries depois de assistir o piloto de Ugly Betty na Sony. Desde então seu entusiasmo por seriados só aumentou. Fã convicto de Grey’s Anatomy, Modern Family e The Good Wife, acompanha mais de 20 seriados semanalmente (na Fall Season). Já deixou muitas vezes de estudar e trabalhar para assistir seriados. Apaixonado por música, chocolate, Big Mac e coca-cola, sonha em ganhar na mega-sena para não precisar mais trabalhar. (@_wunsch)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário