The Voice 7x09/10 - The Battles, Part 3/Part 4


 E as batalhas acabaram...

Este dois últimos dias de batalhas foram muito melhores que os primeiros, tivemos cantores aqui que havíamos nos apegado já na primeira etapa e viraram nossos queridinhos agora. Também tivemos favoritos caindo fora e é claro, steals sendo desperdiçados. Confiram nosso ranking das batalhas!


1. DaNica Shirey vs. Toia Jones - Halo
Armando: DaNica já entrou nessa batalha sendo minha favorita, aquela versão de Mama Knows Best foi incrível, ela não erra notas, é impressionante. Toia tem uma voz impressionante também, mas não chega perto da precisão da DaNica.
Bruno: Toia carregou a battle nas costas e arrasou! Adoro o tom de voz grave dela que fica poderoso nos agudos! DaNica parecia meio desesperada pra vencer a outra competidora e eu achei meio forçado demais, então discordei totalmente do Pharell.
Wellington: Torço por DaNica desde as blinds. Ela tem voz e afinação incríveis. E Toia não fica atrás. A grande diferença é que DaNica foge do esteriótipo de negra cantando R&B estilo back vocals.Com Pharrel ela pode aprender a se portar mais como uma performer e se destacar na competição. 


2. Beth Spangler vs. Mia Pfirmann - I Turn To You 
Armando: Amo a Beth desde o início, ela realmente tem potencial para chegar até o final. A batalha também foi muito boa, mesmo com bastante erros técnicos, pois a música ficou muito grande para a voz delas. 
Bruno: Amor demais por essa escolha de música do Adam. Ambas são as powerhouses do Adam e essa parecia a batalha perfeita e aquela que seria a melhor da temporada. E realmente foi. Particularmente, eu prefiro a Mia, mas a Beth sem dúvida merecia o steal.
Wellington: Sinceramente, achei a música grande para o poder vocal de ambas. Gosto da voz da Beth, mas acho ela limitada em alguns quesitos. O vibrato, por exemplo, é uma das coisas que me incomoda, mas  extensão ela tem. Já Mia fica quase no mesmo patamar. Ela pode até ter uma boa extensão vocal, mas sua voz é mais do mesmo. Escolheria Beth, pela maturidade e pelo timbre que me agrada mais. Nesse caso não daria o steal para Mia, mas como foi o contrário, ele foi merecido. 


3. Blessing Offor vs. Katriz Trinidad - Do I Do
Armando: Poder contra juventude, quem será que ganha? Obviamente Katriz, já estava meio implícito isto desde as blinds, ela vai para os programas ao vivo, sem sombra de dúvidas. Não que eu veja algo especial nela, mas como o Pharrell baba nela, fica difícil ela não ir longe. No fim, fiquei feliz que alguém roubou ele, mas deve ficar no programa pelo pity card.
Bruno: Eu gosto muito de ambos e, pra mim, os dois têm tudo pra ir longe na competição. Acho ambos ótimos dentro do estilo que eles cantam, e eu entendo perfeitamente porque ele escolheu esse pareamento. Particularmente, acho que a Katriz tem mais chances de conquistar o público e vencer a competição, mesmo com a experiência e o soul de Blessing. Por isso, escolheria ela. Mas fiquei feliz com o steal.
Wellington: Será que só eu fiquei com medo do Blessing ir andando demais para a outra direção? Isso me incomodou e acho que Katriz deveria ajudá-lo mais durante a performance. Os dois são ótimos cantores, mas não vejo algo extraordinário em Katriz, enquanto Blessing é super competente e tem uma afinação impecável. Não vejo ele continuando no programa pelo pity card, já tivemos cantores medíocres indo muito mais adiante, o que não é o caso de Blessing.


4. Jessie Pitts vs. Ryan Sill - I Need Your Love
Armando: Lembro dizer que o Ryan jamais passaria das batalhas, mas aqui está ele, indo para os knockouts. Sinceramente não entendi essa escolha da Gwen, ele não tem nenhuma habilidade de apresentação, fica perdido no palco e só canta, não passa emoção alguma. Para mim a vitória foi clara: Jessie.
Bruno: Adorei a performance, super divertida e ambos cantaram super bem. O Ryan tem um poder vocal muito bom e uma voz bem gostosa de ouvir. Já gostava dele desde as blinds e agora gosto mais ainda. Já Jessie tem o tipo de voz que eu amo ouvir e foi impecável tanto na afinação quanto na performance como um todo. Não saberia quem passar.
Wellington: Mais uma vez os dois foram bons. Ryan, na verdade, me surpreendeu, não dava nada por ele nas blinds, mas aqui ele se superou e fez uma boa dobradinha. Porém, tal vez tenha sido esse o motivo que fez ele brilhar. Jessie tem uma voz incrível, um tom diferente, suave e que fez toda a diferença na música. Também não entendi Gwen, Jessie é única e nada fez Ryan melhor que ela. Ainda bem que teve o steal.


5. Brittany Butler vs. Ricky Manning - On Broadway
Armando: Pharrell e suas escolhas de música perfeitas. Fiquei chateado com o resultado da batalha, pois amava a Brittany e ela merecia um steal. Ela tem um estilo super diferente e traz algo super interessante para a competição, enquanto que o Ricky é somente mais um ali. 
Bruno: Brittany é meu grande amor desde aquela performance das blinds, então minha torcida era dela o tempo todo. Ricky me surpreendeu um pouco porque eu não esperava aqueles vocais dele depois da blind sem sal, mas ainda assim a vitória é dela pra mim. Fiquei chateadíssimo com a falta de steal...
Wellington: Nessa batalha eu realmente não saberia em quem votar. Brittany é ótima e tinha muito potencial para crescer durante a disputa, mas Ricky surpreendeu e mostrou uma faceta que eu não diria que seria possível. 


6. Kensington Moore vs. Reagan James - Team
Armando: Primeiramente, não acho que essa é música de dueto, nem de competição. Digo isso, pois ela é calma e controlada, não deixando muito espaço para fazer acrobacias vocais. No geral, foi uma batalha desengonçada para mim, mas bem cantada. 
Bruno: Eu particularmente prefiro o estilo de voz da Reagan do que o da Kensingtom, mas foi uma batalha bem fofinha e gostosinha de ouvir, e a música foi perfeita pra elas. Eu não mudaria nada. 
Wellington: Foi uma batalha bem justa. Ambas tem boas vozes e conseguiram mostrar do que são capazes. Mas Reagan tem algo a mais. Seu timbre é bem mais incomum que o de Kensington e acho foi por isso que ela levou. 


7. Ethan Butler vs. Matt McAndrew - Yellow
Armando: Amei a mudança de melodia da música, me faz amar ainda mais essa música linda, pois podemos focar ainda mais na letra. Porém, essa mudança deu uma vantagem enorme para o Matt, pois é bem o estilo dele. Por fim, os dois poderiam ter sido eliminados, não tenho empatia por nenhum, mas fiquei feliz com o Matt vencendo.
Bruno: Eu sou fã do Matt desde as blinds, então minha torcida já começou desde o anúncio da batalha. Ambos foram ótimos, mas a música tinha muito mais a ver com o Matt e ele acabou se destacando. Ethan é muito bom mas não traz nada de diferente pra competição também, então a vitória foi bem óbvia.
Wellington: Não foi uma batalha que me chamou atenção. Foi tudo na média, apesar de ambos serem bons cantores. A música combinou mais com o estilo do Matt, talvez por isso que ele tenha vencido. 


8. Damien vs. Kelli Douglas - Knock on Wood 
Armando: Que batalha bacana, não foi grande coisa, mas eu curti. Foi descompromissada e cheia de soul. Acredito que o Damien foi superior vocalmente, mas eu levaria a Kelli para a próxima fase pela versatilidade e diferencial, ainda hoje lembro daquela versão de Danny's Song que ela fez. 
Bruno: Damien tem aquela cara de quem vai chorar e fazer drama a temporada toda e cantar música que a gente num aguenta mais ouvir, o que já me irrita, apesar de ter uma voz MUITO boa. Kelli por sua vez é algo novo que a gente não viu muito no programa e tem uma voz espetacular e que me chama a atenção, por isso eu passaria ela. 
Wellington: Foi uma boa batalha e conseguiu mostrar bem o bom timbre que os dois cantores têm. Mas Damien se destacou. Ele mostrou mais vida e garra na hora de cantar, enquanto Kelli ainda se mostrava um pouco presa.


9. Bree Fondacaro vs. Taylor Brashears - You're No Good
Armando: A Bree realmente tem um tom muito agradável, mas o Blake tem muitos artistas como ela. Já a Taylor tem um tom country muito bom, mas ela precisa saber quando usá-lo, pois pode ficar enjoativo. Se eu fosse o Blake, também passaria a Taylor, só por ela ser country. 
Bruno: Eu adoro essa música e achei que foi a melhor escolha pra esse pareamento. Bree é mais especial e diferente do que a Taylor por causa do tom de voz, mas Taylor tem um poder vocal maior e um estilo mais parecido com o que é esperado do team Blake. Ainda assim, eu sou mais Bree, sem dúvida. 
Wellington: Acho que iria com Bree nessa. O timbre diferenciado traria mais surpresas do que o estilo tradicional de Taylor. Não foi a melhor batalha, não é um estilo que me agrada muito, mas a música conseguiu mostrar bem o que as duas cantoras conseguem fazer com suas vozes. Infelizmente Bree saiu e teremos mais uma genérica do country na competição. 
Share on Google Plus

About Armando Wunsch

Formando em Comércio Internacional, se apaixonou por séries depois de assistir o piloto de Ugly Betty na Sony. Desde então seu entusiasmo por seriados só aumentou. Fã convicto de Grey’s Anatomy, Modern Family e The Good Wife, acompanha mais de 20 seriados semanalmente (na Fall Season). Já deixou muitas vezes de estudar e trabalhar para assistir seriados. Apaixonado por música, chocolate, Big Mac e coca-cola, sonha em ganhar na mega-sena para não precisar mais trabalhar. (@_wunsch)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário