The Vampire Diaries 6x08 - Fade Into You


Costurando tramas.

Quem diria que essa temporada de The Vampire Diaries seria recuperadora no sentido mitologia da série? O engraçado é que eu costumo sempre queimar a língua quando falo de determinadas histórias e personagens. Na semana passada eu cheguei a falar que TVD não desenvolvia mais mitologia, o que de certa forma é um pouco verdade se formos analisar o que está acontecendo com os protagonistas. Mas nem só de Elena, Damon e Stefan TVD vive. Esse oitavo episódio deu uma importância gigante para personagens que até semana passada pareciam apenas distração genérica.

Estou realmente bem satisfeito com o que foi contado em Fade Into You. A série não só ligou as pontas soltas envolvendo Kai e Jo, dois novos personagens dessa temporada, como também trouxeram total sentido para as presenças de Liv e Luke, que estão desde do ultimo ano. Os flashbacks foram muito bem utilizados ao mostrar o dia 9 de março de 1994. O clima de filme de terror criou um contraponto interessante com o Thanksgiving, que normalmente é um período de agradecimento e essa revelação de que Liv e Luke são irmãos de Jo foi uma surpresa não só para os personagens. A série conseguiu não deixar dicas sobre isso, pelo menos eu não percebi. Obviamente quando Jo tenta proteger as duas criancinhas loiras no inicio do episódio eu já consegui ligar as coisas, principalmente pelo destaque no previosly, mas antes tudo isso estava implícito.

No geral toda essa história do clã Gemini é muito megalomaníaca. Kai é um psicopata, mas o que ele fez foi uma reação às atitudes do pai, que coloca o clá acima da família e é capaz de sacrificar os filhos em busca de um líder. Tão fato que a tentativa em matar Jo assim que ele descobriu que Kai poderia se libertar e querer se fundir com ela mostrou isso. Além de que está quase chegando o momento da fusão de Liv e Luke e ela está muito mais conturbada que o irmão. O que fica bem fácil de deduzir é que Liv sobreviverá caso a fusão aconteça, pois ela acrescenta muito mais à série do que Luke por causa de seu início de romance com Tyler. E falando nele, algo me diz que é nessa confusão do clã Gemini que ele vai matar alguém e desencadear a maldição e sendo lua cheia na situação em questão veremos ele se transformar muito em breve.

Bonnie continua bem prejudicada no meio dessa história. Kai enganou ela mais uma vez e só o que se vê é a personagem levando facadas na barriga semana após semana. O esforço de Damon em querer trazer a bruxa de volta é bem legal, porque não só mostra esse lado mais humano do personagem como também cria algo em comum entre ele e Elena, agora com memórias perdidas. Ela está conseguindo manter uma amizade saudável com Stefan, construir uma com Damon ao mesmo tempo ter algum sentimento bem superficial por Liam, mas fora do patamar mimizento de sempre. Já Caroline e Stefan continuam em seus passos de formiga quando se trata de um romance entre eles. O problema é que Stefan só consegue vê-la como amiga, o que para Damon conta pontos a favor, ou melhor, na verdade com Caroline só existem pontos a favor. Essa história entre eles é muito leve e boa de acompanhar e já que no sentido mitologia não se tem nada (ainda), melhor então explorar o romance que também agrada.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário