The Voice Brasil 03X06 - Batalhas - Parte 1



Já começo a postagem com uma boa notícia. Boninho ouviu nossas preces e já anunciou que ao menos dois dos técnicos irão mudar na próxima temporada. Vamos continuar insistindo porque o ideal é mudar todo mundo e o que não faltam são sugestões! Parece que a exigência é dos próprios criadores do formato, para desse modo, o programa se renove e não desgaste. 

A segunda boa notícia é que aprendi a fazer gif! Então, tentarei fazer a postagem dessa temporada recheada deles ai ficará muito mais fácil referenciar alguma situação. Entretanto não sei se dará certo, se demora para carregar, se vão ficar travando. Testaremos.

Uma das fases favoritas do The Voice é a fase das batalhas. Os técnicos precisam reduzir seus times pela metade, colocando-os para duelar. Entretanto, podem "roubar" eliminados de outros times com os "pegueis". Nessa temporada, serão apenas 2 "pegueis" por técnico, fazendo com que cada um chegue com um total de 8 cantores na terceira fase, o temido tira-teima.

Num total de 24 batalhas, dividido por 3 dias, nesse primeiro dia tivemos 8. Vamos conferir quais foram?

Vitor & Vanuti vs Danilo & Rafael


Música: Domingo de Manhã - Marcos & Belutti
Técnico: Daniel
Vencedores: Vitor & Vanuti
Destino dos perdedores: Lulu Santos

Pela primeira vez um quarteto se apresentou. Duas duplas sertanejas, como era de se esperar, já que Daniel ficou com 4 das 5 duplas dessa temporada. A escolha era uma música que eu não conhecia, algo meio testemunha de Jeová, numa fixação por visitas domingo de manhã. Daniel foi bem coerente na hora da justificativa de escolha: quando uma dupla consegue ser uma só voz. Apesar de achar a voz do Rafael fantástica, a dupla sofre pela falta de harmonia e discrepância nas vozes, fazendo com que o Danilo fique mais esquecido que Macaulay Culkin em fim de ano. Já Vitor e Vanuti realmente vendem melhor uma imagem de dupla. Entretanto, mesmo não conhecendo a música, nem sendo fã das duplas em questão, foi uma das melhores batalhas do dia.

Se Danilo e Rafael viraram muitas cadeiras nas audições cegas, aqui não foi diferente. Lulu Santos e Claudinha usaram o "Peguei" enquanto os dois se despediam num choro meio forçado. Fernanda Sousa que cochichava baixinho com o Vitor e Vanuti ainda na saída do palco, também comemoraram.  Talvez por medo do forte time que Claudinha montou, eles optaram por Lulu, fazendo com que o técnico confessasse: sempre quis pegar esses dois.

Eita Geovana!


Ponto positivo da batalha: Rafael foi salvo.

Ponto negativo da batalha:  Danilo também. 

Como me senti no fim da apresentação:

Selo Luiza Possi sentido falta do/da ex


Maria Alice & Mariana Mira


Música: Bang Bang - Jessie J, Ariana Grande e Nicki Minaj
Técnico: Lulu Santos
Vencedora: Maria Alice
Destino da perdedora: Eliminada

Quanto tempo demora entre uma fase e outra? Porque entre a audição de Maria Alice na última quinta para sua batalha na semana seguinte parece que a coitada envelheceu uns 10 anos. Enquanto ela estava super sexy na primeira fase, tomei um susto quando ela chegou meio Ana Carolina. Já Mariana parecia uma menina vestindo as roupas da irmã mais velha para conseguir entrar na boite proibida para menores com identidade falsa. Apesar da falha nos figurinos, eu adorei a escolha da música e da apresentação em si. Normalmente dupla de mulheres com música mais ousadas ganham meu coração, vide Ludimilah Anjos e Karol Cândido na primeira temporada. Achei que ia rolar uns barraquinhos nos ensaios entre as duas, mas tudo pareceu bem tranquilo.

Mariana realmente parecia mais insegura, se embolava nas letras e faltava o ar. Algumas encenações ficaram pouco naturais, como o quase beijo no final, mas apesar de todas criticas que tenho, gostei do resultado final.

Hoje é dia de Maria!

Diante da gritante diferença entre as duas na batalha, a escolha de Lulu (acredito eu, a única coerente da noite) não poderia ser diferente: Maria Alice permanece na disputa e ninguém salva Mariana.

Ponto positivo da batalha: A reboladinha de Maria Alice
Ponto negativo da batalha: A Anacarolização de Maria Alice. O que foi isso? Biotônico? 

Como me senti no fim da apresentação:

Selo Lulu Santos Tô Sentindo Calor.
Porque chorar é pouco, o que ele sente ainda não tem nome (Clarice Lispector)

Nise Palhares vs Thiago Costa vs Davi Lins


Música: Adivinha o quê - Lulu Santos
Técnico: Claudia Leite
Vencedora: Nise Palhares
Destino do perdedor Davi Lins: Eliminado
Destino do perdedor Thiago Costa: Daniel

Que desastre foi esse? Eu sinceramente achei uma das piores batalhas de todas as temporadas. Pessoas de estilos diferentes, de tons diferentes cantando uma música pouco empolgante. Porra Claudinha! Você tem a oportunidade de ouro de colocar um trio para cantar e faz uma apresentação que mais parecia quando eu e meus colegas voltamos bêbados da balada e resolvemos cantar. Nise, que é mais macho que eu, tentava sensualizar entre dois caras de pouca desenvoltura, e o que era para ser sensual ficou cômico. A dicção de Davi e Nise estavam péssimas que eu não tinha certeza se eles cantavam em inglês ou português. Já Thiago tava meio cantor gospel que quase converteu umas 3 pessoas ateias que estavam na plateia com aqueles falsetes "uuuuuuiiiuuii". Os técnicos até que tentaram forçar uma empolgação dançando enquanto eles cantavam, mas ficou num nível de animação Dançarinas do Faustão. Não colou.

O resultado foi que Claudinha salvou Nise, mas acredito que a escolha dela foi feita antes mesmo da batalha, já que Claudinha tem uns favoritos sempre que só elimina quando não tem mais jeito, como Ana Rafaela na primeira edição e Gaby Moura na segunda. 

Após salvar Nise, Davi Lins foi do céu ao inferno em questão de segundos: duas pessoas apertaram o "peguei", nenhuma foi pra ele. Que constrangimento.

Ponto positivo da batalha: Não durou para sempre.
Ponto negativo da batalha: Prejudicou muito a Nise na disputa 

Como  me senti no fim da apresentação:



Edu Camargo vs Rose Oliver


Música: Eu sei que vou te amar - Vinicius de Moraes e Tom Jobim
Técnico: Lulu Santos
Vencedor: Edu Camargo
Destino da perdedora: Carlinhos Brown

Também não gostei dessa apresentação. Galera ficou falando que o arranjo foi algo divino, mas eu achei bem banda de formatura que transforma todos os clássicos do mpb num estilo bem parecido. Achei uns gritos agudos do Edu Camargo fora de hora e achei que Rose exagerou nos falsetes. Quando eu já não aguentava mais, quando já era natal e não encerravam a batalha, quando era carnaval e eles ainda estavam cantando, quando já era pascoa e os dois não paravam, a música encerrou. E mais rápido que eu pudesse dizer "ainda bem", Lulu disse "queria ouvir de novo". SOCORR. 

Apesar dos pesares, indiscutivelmente não tem comparação Rose e Edu, até mesmo nessa música. Porém, como em TODA temporada, Lulu fez uma escolha que ninguém entendeu: ele salvou Edu.

Eu criei quatro hipóteses para isso e acredito que uma delas seja verdadeira. Vamos lá?

1) Ele gostaria de ver os dois na disputa, por isso era mais fácil conseguir alguém que salvasse Rose que Edu.
2) Ele está sensibilizado com a história de superação do Edu.
3) Ele nunca perdoou Rose por não ter dado espaço para Jack deitar com ela em cima da porta.
4) LULU ESTAVA DORMINDO ENQUANTO OS DOIS CANTAVAM! E podemos provar:

Acorda, Lulu!

Essa quarta foi a justificativa mais real que encontrei para essa escolha, pois não consigo ver um motivo cabível para essa isso. Obviamente, em menos de 1 segundo os outros três técnicos salvaram Rose, que optou por Carlinhos. Uma certíssima decisão, pois se tem alguém que valoriza musica nacional nessa competição, é o Brown. 

Ponto positivo da batalha: Não havia acabado os "pegueis". 
Ponto negativo da batalha: Lulu voltou a ser Lulu.

Como me senti no fim da apresentação:

Selo Rose Inconformada

Romero Ribeiro vs Dilauri


Música: Maluca Pirada - Alexandre Pires
Técnico: Carlinhos Brown
Vencedor: Romero Ribeiro
Destino da perdedora: Eliminado

Vi muitas pessoas criticando essa batalha, mais por não gostarem do estilo do que realmente eles não terem ido bem. Apesar de terem sido muito mais Alexandre Pires que Romero e Dilauri, os dois foram bem sim e tiveram sintonia e presença de palco. Mas tanto pelo sorriso, porte físico e dança, Romero chama mais atenção, deixando que Dilauri sempre ficasse em segundo plano. Brown não poderia fazer uma melhor decisão em escolher Romero e os demais igualmente corretos em permitir que Dilauri fosse eliminado, ainda que ele não tenha tido um desempenho ruim. Mas com 2 "pegueis" apenas para cada, não havia mais espaço para ele na competição.

Ponto positivo da batalha: Dois cantores bem próximos de estilo e aparência. Ótima forma de seguir com o melhor numa disputa justa.

Ponto negativo da batalha: A pata de camelo de Dilauri devido a calça justa.

Como me senti no fim da apresentação:

Selo Luiza Possi Molhada

Para quem estava sofrendo de amor no começo do programa, ela se recupera rápido.

Isadora vs Dudu Fileti


Música: How can I go on - Freddie Mercury
Técnico: Lulu Santos
Vencedor: Dudu Fileti
Destino da perdedora: Carlinhos Brown

Foi uma batalha linda, não a minha favorita da noite, mas eleita pela maioria dos internautas em um grupo que faço parte. Achei que tanto a escolha dos dois como dupla como da música foram escolhas bem feitas, porém se não tenho critica aos dois, tenho de sobra a Lulu. Nada contra ele ter um candidato favorito e acho mesmo que eu como técnico teria escolhido Dudu no lugar de Isadora por inúmeros motivos, inclusive pela primeira apresentação. Porém, usar a justificativa de não entender de canto lirico para eliminá-la foi ridículo. Melhor dizer "estou seguindo meu coração". Primeiro que a escolha da música foi de Lulu. Segundo que ele não somente a escolheu na primeira fase como a viu cantando outro estilo. Terceiro que se for por discrepância de estilo, porque ele salvou a dupla sertaneja no começo do programa? Sério, depois dessa Lulu atingiu o ápice da incoerência e cada vez tenho mais certeza que ele não conseguirá construir um vencedor por fazer péssimas escolhas somado a discursos incoerentes. O time de Lulu nas duas temporadas chegou com duas zebras na final. Não que eram cantores ruins, mas eram cantores com pouco público que comoviam mais por história e estilo que talento. 

Isadora soube aproveitar a oportunidade e listou os estilos que canta enquanto com toda educação do mundo, olhava para os demais técnicos vendendo o peixe: "Jazz, blues, mpb, dança do ventre, cozinho bem, toco harpa e ainda não tive tempo de mostrar quem eu de verdade sou, Bial". Quando achou que ninguém a salvaria, Brown usou o "peguei"fazendo com que o público fosse a delírio e tivéssemos a candidata de maior crescimento nessa fase.

Ponto positivo da batalha: As escolhas pré-batalha de Lulu (música, duplas, etc)

Ponto negativo da batalha: As escolhas pós-batalha de Lulu 

Como eu me senti depois da apresentação:

Selo Chorando Mais que em "A Culpa é das Estrelas"

Joey Mattos vs Leticia Pedroza


Música: "Gostava Tanto De Você"/"Réu Confesso"/"Você" - Tim Maia
Técnico: Carlinhos Brown
Vencedor: Joey Mattos
Destino da perdedora: Eliminada

De todos que se apresentaram nessa noite, Joey é o que alimento maior torcida. Ele só perde para Leandro Buenno e Rafaela Melo dentro do meu coração. Apesar de ter outros favoritos, o dia de hoje foi repleto de pessoas que não torço tanto, então minha expectativa do dia ficou nessa batalha. Letícia entrou pro Guinness book por participar de apenas duas fases do The Voice e ainda assim cantar QUATRO músicas de um mesmo cantor.  Não gosto muito do jeito dela cantar. Ela prolonga muito o fim das palavras, enquanto Joey canta com uma maior naturalidade e irreverência, numa afinação impecável. Brown salvou Joey, enquanto Letícia chorou do fim da música até o momento que ninguém a salvou. Quando se confirmou sua eliminação, ela sorriu e saiu sem nem olhar para trás. 

Ponto positivo da batalha: Colocar uma música para responder outra. 

Ponto negativo da batalha: Três vezes Tim Maia? 

Como eu me senti depois da apresentação:

Selo Torcida Oficial do Joey


Ricardo Diniz vs Kadu Vianna


Música: Haven't met you yet - Michael Bublé
Técnico: Daniel
Vencedor: Ricardo Diniz
Destino do perdedor: Eliminado

Mais uma dupla bem escolhida, apesar de que eu teria escolhido uma música diferente, visto o inglês sofrível do Kadu. Os dois seguem estilo e visual parecidos, caindo então o mesmo dilema que Romero e Dilauri: se é para ter dois cantores parecidos no mesmo time, que prosseguimos com o melhor. Senti que os dois estavam mesmo em clima de disputa. Quando um dava um agudo, o outro fazia um mais prolongado e assim tentavam a todo momento sobressair. Mas era outra disputa injusta e a escolha era tão obvia quanto perguntar a uma criança se prefere chuchu ou bolo de cenoura. Ricardo prossegue e Kadu não foi salvo por ninguém.

Aos que não entenderam a analogia:

Chuchu

Bolo de Cenoura

Tudo bem que não é concurso de beleza, porém cantar bem os dois cantam, só que com o Kadu só consigo imaginá-lo na abertura dos ursinhos carinhosos e não como a nova voz do Brasil. Faltou uma ousadia, um tempero, algo mais que talvez também tenham faltado em Mariana e Dilauri, eliminados no mesmo dia.

Ponto positivo da batalha: O fator surpresa! Confesso que quando anunciou que os dois cantariam em inglês estremeci. Achava que ficariam melhor com algo nacional. Porém apesar dos deslizes na língua, foi surpreendentemente bom.

Ponto negativo da batalha: O inglês. 

Como eu me senti após a batalha:


Selo Lulu Surpreso

No fim da noite teve a apresentação dos quatro técnicos que também me agradou muito, mas nada a ponto de se comentado.

O fato que mais me assustou foi que só temos mais 4 "pegueis" para 16 batalhas. 12 candidatos irão rodar ainda nessa fase. 13, se contarmos que no time de Daniel tem um a mais. Espero que os melhores não fiquem para o fim, e que Rafaela Melo e Leandro Buenno não rodem.

Até a próxima.
Share on Google Plus

About Vinícius D'Ávila

Viciado em reality show, vive em um mundo paralelo onde acredita veemente que vive em uma especie de "O Show de Truman". Ficou anos em depressão após a morte de Juliet em Lost, mas já superou. Coleciona feijão enlatado na expectativa de um apocalipse zumbi. Seu maior sonho é virar técnico do The Voice, mas não sabe cantar - e nem quer aprender. Não usa óculos, mas achou que ficaria legal estar com esses nessa apresentação.
    Blogger Comment
    Facebook Comment