Parenthood 6x09 - Lean In



E mais uma vez fomos surpreendidos.


Sei que aconteceram muitas coisas importantes, e com personagens que gostamos, porém, novamente vou tecer elogios a minha querida Kristina, que juntamente com Adam, soube nos fazer amá-los ainda mais. O plot de Max, após o coração partido da semana passada continuou, e gostei de onde foi parar. Acredito que Kristina não tinha noção da quão confusa a situação ainda podia ficar.

Os pais de Dylan lidaram de maneira bem clássica de pais ausentes que botam a culpa na escola. Achei interessante o fato de Adam, que sempre foi para o lado da diplomacia, não ter papas na língua e falar tudo o que queria. E quanto ao Max, não esperava uma atitude de pedir desculpas e assumir o erro, mas esse menino tem pais maravilhosos e tudo correu bem. Essa história está sendo bem construída, tomara que nos traga uma coisa boa ao final.

Agora no quesito shipp, confesso que fiquei tão balançada quanto Sarah ao ver Mark. Gostava dos dois juntos, que funcionavam muito bem. Um ponto a se destacar foi o fato de Hank perceber que traz muitos problemas para a vida de Sarah, e se abrir para a comunicação. No momento em que Sarah e Mark se encontraram, uma história totalmente diferente se criou na minha cabeça e acabou sendo apenas um desses encontros da vida que costumamos ter, que serviu para Laura novamente nos deliciar com a sua atuação. E se Sarah diz que está feliz, quem somos nós para dizer alguma coisa?!

Ainda no ramo dos casais, finalmente Joel conseguiu. Só que não deixei de sentir pena de Chris, que mesmo sabendo no que estava se metendo, se arriscou e perdeu. Esse plot de separa e não separa já estava se prolongando há tempos, e fico feliz de finalmente chegar a um ponto final. Agora resta ver como eles vão fazer esse fechamento, principalmente com as crianças. O que importa é que Julia soube ponderar, graças a Camille, sempre com seus conselhos que nos fazem refletir também.

Por último, nos resta falar de Zeek. O seu problema de saúde se iniciou no começo da temporada e até agora nos deixa apreensivos. Toda a sua trajetória nesse episódio foi muito singela, e foi adorável vê-lo fazer um gesto romântico, que foi atrapalhado um pouco por Drew, e até mesmo pela própria Camille. Pena que a viagem talvez não aconteça. Não nego que sua morte seria um passo ousado que Parenthood nunca fez, e acho que não irá fazer, acredito que no final tudo se resolverá. Isso só saberemos em janeiro, até lá!
Share on Google Plus

About Mariana Barbosa

Indecisa por natureza, concurseira por escolha e seriadora por amor. O vício por séries começou com Supernatural e One Tree Hill, e a partir daí, não teve mais volta. Atualmente possui mais de 30 séries na grade, e sempre que o Direito dá uma folga, procura mais uma para acompanhar. Além dos seriados, adora Harry Potter, música e livros. (@_marianabarbosa)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário