The Voice 7x26/7x27 - The Final Perfomances & Live Finale


Finalmente chegamos a grande final.
No maior clima natalino, de despedida e agradecimentos, pois essa temporada tava um saco e ninguém mais aguentava assistir ao Damien cantar da mesma forma toda semana. Esta temporada só teve uma coisa de memóravel: Gwen Stefani. Ame-a ou odeie-a, você lembrará sempre da sétima temporada como a temporada da Gwen. Espero que ela volte na nova, pois o programa precisa dela para sobreviver.



Damien - "A Song For You" [16 de 30]
Armando: Ainda que foi cantada incrivelmente bem, essa foi mais uma apresentação com selo Damien Jigglypuff, eu sempre acabo fazendo outra coisa enquanto ele canta, pois simplesmente não é cativante e original o suficiente para me prender. 
Bruno: Sem sal, sem graça, sem nada de novo. Tanta gente boa pra salvar naquele wildcard e me trazem de volta um dos mais soníferos de todos os tempos do programa. Performance terrivelmente comum pra uma final, podia ser uma Blind que eu não veria diferença e nem viraria a cadeira. 
Wellington: Não dá pra curtir um cantor que só faz o mesmo toda a semana. Damien é ótimo e tem agudos incríveis, mas toda a melancolia semanal que ele passa a cada música só me faz ter preguiça de qualquer apresentação que ele faça. 

Damien - "Don't Let The Sun Go Down on Me (Feat. Adam Levine)" [10 de 30]
Armando: Gente, juro que tentei ir até o final, mas depois que ouvi o refrão pela primeira vez, decidi ir para a próxima apresentação. Damien não conseguiu segurar notas fáceis para ele e o Adam não contribuiu em nada ao dueto. 
Bruno: Escolha de música horrorosa mais uma vez. Eu AMO essa música, porém não gosto do Damien ter cantado ela justamente por ter sido mais do mesmo. As harmonias deles também foram bem tortas e erradas. 
Wellington: Nessa nem Adam salvou. Foi um bom dueto, foi tudo muito correto, mas também foi tudo mais do mesmo. Eu realmente não enxergo todo esse brilho que o Adam vê no Damien. 

Damien - "Soldier" [14 de 30]
Armando: O pior single dos quatro competidores. Fico pensando em como os americanos deixaram ele chegar até aqui, talvez por causa do Adam. Falo isso, pois do top 12, 10 eram melhores que ele. Sobre a apresentação, mais do mesmo: chato para cacete.
Bruno: Ele podia ter feito um medley das três músicas dessa noite e eu não saberia diferenciar quando começa uma e acaba a outra. É um winner single condizente com a trajetória dele no programa: nada inspirado, nada de novo, nada de interessante. Fraco. 
Wellington: E para um cantor que não sabe diversificar, seu single deveria seguir a mesma tendência e foi isso o que aconteceu. Adam acha super promissor colocar Damien na pele de sofredor e batalhador, fazendo caras de sofrimento e mostrando a luta que ele enfrenta no dia a dia. NÃO, isso não funciona, aliás, nunca funcionou. 


Craig Wayne Boyd - "In Pictures" [21 de 30]
Armando: Foi bom ver uma apresentação diferente e realmente emocional da parte dele. Se formos comparar com apresentações anteriores do mesmo estilo, esta fica entre as piores, mas no final da apresentação senti que foi uma apresentação boa e competente.
Bruno: Infelizmente ele entrou errado na música e demorou pra se recuperar. Mas quando se recuperou sem dúvida ele deu um show. Poderia ter sido melhor? Sem dúvida. Mas a emoção estava presente e os vocais foram bons a maior parte da música. 
Wellington: Não foi de longe uma das melhores performances do Craig. Na verdade, não curti muito e não digo isso por estar acostumado com as apresentações mais animadas. Acho que nessa música o Craig perdeu um pouco do ritmo, porém, ele soube trazer uma boa dose de emoção que fez toda a diferença na apresentação em geral.

Craig Wayne Boyd - "Boots On (Feat. Blake Shelton)" [23 de 30]
Armando: Apresentações country agitadas tem um espaço reservado em meu coração, ainda mais com o Blake cantando. Adorei do início ao fim, mas não foi grande coisa, faltou algo que destacasse a apresentação.
Bruno: Adoro ver as performances do Blake, são sempre ótimas e empolgantes e ele tem uma presença de palco ótima. O que me interessou mais foi que o Craig não ficou na sombra do mentor e conseguiu se impor sobre ele. Me diverti horrores com a performance e adorei!
Wellington: Essa dupla deu super certo. Posso dizer que depois dessa apresentação eu veria um show do Craig inteiro, ainda mais com a presença do Blake, que sabe cativar muito bem a audiência. Foi mais uma performance super autêntica e animada, trazendo mais uma vez a credibilidade e o profissionalismo do Craig.

Craig Wayne Boyd - "My Baby's Got a Smile On Her Face" [27 de 30]
Armando: Um ótimo single country, que deve ficar semanas na Billboard Country Singles. Ele faz muito bem o velho e bom country e essa apresentação ficou dentro das minhas expectativas. O vejo fazendo sucesso se conseguir boas músicas depois que o sucesso do The Voice acabar. 
Bruno: Bem comercial, com potencial de sucesso pra ele e muito divertida dentro do estilo dele. Ele é minha torcida pra vencedor desde a segunda semana dos lives, o melhor country do programa de longe e um candidato que me fez torcer pelo team Blake. 
Wellington: Gostei bastante do single. Craig é o melhor country que o programa já teve e nessa apresentação ele mostrou todo o carisma que ele tem para uma canção como essa. Foi a cara dele, mas diferente de Damien, no bom sentido. A música é animada, tem um bom arranjo e Craig fez uma ótima performance. 


Chris Jamison - "Cry Me a River" [30 de 30]
Armando: Incrível. Foi ótimo ele ter a melhor apresentação na final. Foi impecável, do início ao fim. O falsete dele é incrível! Mereceu chegar até aqui e trabalhar pesado semana após semana. 
Bruno: Uma das minhas favoritas do JT, e a escolha de música não poderia ter sido melhor pra ele. É o estilo que ele vai seguir, que tem pouco no mercado hoje em dia, e que tem tudo pra fazer sucesso. Eu sinto um pouco de saudade do R&B anos 90/início dos 2000 e sinto que o Chris pode trazer isso de volta sem dúvidas. Performance impecável. 
Wellington: UAU! Com uma apresentação dessas eu pararia o programa no meio e daria o prêmio pra ele no mesmo momento. Foi tudo muito acertado. Uma ótima escolha de música, ótimo arranjo vocal, mostrando o melhor de seus falsetes, ótimo arranjo de banda e backing vocals... enfim, em dúvidas se foi essa ou se foi o single do Matt a melhor performance da noite.

Chris Jamison - "Lost Without U (Feat. Adam Levine)" [29 de 30]
Armando: Ótima apresentação deles, os falsettes foram usados muito bem e na hora certa. Ambos poderiam lançar algo depois do programa, pois os vejo caindo na mesma categoria de cantores solos. A única critica fica a escolha da música, que poderia ter sido melhor. 
Bruno: As performances com o Adam costumam ser terríveis, mas essa deu super certo! A voz dos dois combinou bastante, ao ponto de eu não perceber quando mudava de cantor. Música perfeita pra ambos, performance impecável e que mostra todo o crescimento do Chris. 
Wellington: Outra dupla que deu super certo foi essa. O arranjo vocal ficou perfeito para ambas as vozes, que apesar dos timbres diferentes, conseguem se destacar muito nessa zona musical. Adam sempre trabalhou nessa área mais aguda e Chris com seus perfeitos falsetes conseguiu fazer a coisa ficar ainda melhor. 

Chris Jamison - "Velvet" [28 de 30]
Armando: Esperava um pouco mais do single dele, porém fiquei bastante feliz com o resultado final. Espero que ele siga este caminho JT/Ne-Yo depois do programa, pois é onde ele acerta em cheio. Ps: por que colocaram uma calça tão apertada nele? HAHA
Bruno: Single meio Justin Timberlake, condizente com o caminho que ele decidiu seguir e bem interessante. Só senti falta de um grande momento empolgante no meio, ficou tudo meio igual durante a música toda. Gostei bastante, mas poderia ser melhor. 
Wellington: Ótimo single. Essa foi outra canção que mostrou a cara do Chris e que lacrou o estilo que deve ser o álbum dele no futuro e espero que essa futuro seja bem próximo. Como o Adam mesmo disse, Chris cresceu muito durante toda a temporada. Vimos ele sair do nada à um artista praticamente pronto e com um estilo definido. 


Matt McAndrew - "Somewhere Over the Rainbow" [21 de 30]
Armando: Senti dó dele, essa música é demais para ele. Ele tem pouca experiência se apresentando e isso acaba transparecendo quando ele canta músicas mais íntimas. A respiração dele também não ajudou. Achei uma apresentação bem Damien. 
Bruno: Se fosse eu, daria pra ele algo no estilo da semana passada, da performance do U2. É ali que ele brilha mais e chama mais a atenção, Adam. Essa música é boa pras primeiras semanas quando você quer ser fofo, e não pra final quando você quer vencer. Performance correta, mas sem graça. 
Wellington: Não foi a melhor do Matt, mas trouxe aquela dose de emoção que sempre ajuda, quando a escolha musical não favorece tanto. 

Matt McAndrew - "Lost Stars (Feat. Adam Levine" [21 de 30]
Armando: Apresentação chatinha. Mesmice pegando pesado, não teve nada de diferente ou interessante, só dois amigos cantando uma música sonolenta. 
Bruno: Foi uma boa performance, mas nada de mais ou de especial. Foi um dueto bem correto, como deveria da parte do Adam, mas eu achei o Matt um pouco apagado. Parecia uma dupla sertaneja em que o calouro era a segunda voz. 
Wellington: Achei bem OK. Não me surpreendeu se tratando de um dueto de uma final, mas dá pra dizer que foi pelo menos tudo muito certinho e não fugiu da linha do que o Matt tá acostumado a apresentar. 

Matt McAndrew - "Wasted Love" [28 de 30]
Armando: Incrível o single dele, serviu como uma luva. Na verdade, esta foi a primeira vez que percebi que ele tem potencial para lançar algo que faça sucesso depois do programa. Ele só precisa cuidar com o uso ríspido da voz dele, as vezes soa estranho. 
Bruno: Só eu achei a música totalmente sem graça e sem sal? Eu esperava um indie rock e ele me veio com algo que eu não sei definir. Só sei que não me empolgou e não me chamou a atenção... Devo concordar que ele é muito bom, mas poderia ser melhor. 
Wellington: Essa sim foi uma apresentação incrível e super memorável.  Um single que é a cara dele e que trouxe o melhor que ele pode oferecer. Foi uma super produção e nada o ofuscou. Os vocais estavam incríveis e conseguiram mostrar todas as nuances de sua voz. Uma das melhores apresentações da noite. 

Resultados

Eu menti lá em cima no texto quando disse que a temporada só teve a Gwen como memorável, a apresentação do Cry Me a River também ficará na história do programa. Esta edição, como várias outras, foi marcada pela eliminação injusta de vários competidores bons nas fases iniciais do programa, e depois com a saída injusta da Anita e Reagan.

Bem, depois de uma noite cheia de apresentações finalmente ficamo sabendo que o vencedor foi... Craig. Não dá para ficar bravo com o sua vitória, pois ele teve um conjunto muito bacana durante a temporada, mas que o Chris merecia mais, ninguém pode negar.

Que venha a oitava temporada e a Christina de volta, pois essa eu já quero esquecer.
Share on Google Plus

About Armando Wunsch

Formando em Comércio Internacional, se apaixonou por séries depois de assistir o piloto de Ugly Betty na Sony. Desde então seu entusiasmo por seriados só aumentou. Fã convicto de Grey’s Anatomy, Modern Family e The Good Wife, acompanha mais de 20 seriados semanalmente (na Fall Season). Já deixou muitas vezes de estudar e trabalhar para assistir seriados. Apaixonado por música, chocolate, Big Mac e coca-cola, sonha em ganhar na mega-sena para não precisar mais trabalhar. (@_wunsch)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário