Chicago PD 2x10 - Shouldn't Have Been Alone

E eu só sei sentir...!

Que sequência maravilhosa deu início ao episódio!! Uma arma programada pra atirar, uma casa que mais parecia cenário de filme de suspense, armadilhas pra todos os lados, um corpo em decomposição e a pergunta que ficou: quem é o responsável por toda aquela maluquice? Jingsaw, é você? Chicago PD é uma das melhores séries que acompanho e o 2x10 foi impecável! Ação do início ao fim, cenas de tirar o fôlego sem esquecer do humor característico de que tanto gosto!

Quando Kim escapou sem risco de morte, eu pensei que seria a maior alegria da noite. Estava errada. Burzek protagonizou momentos tão maravilhosos que nem sei explicar! Meu coração está tão agradecido por todo tormento na sala de espera ou pelo sofrimento estampado no rosto dele enquanto eram prestados os primeiros socorros; mas quando ela acordou... eu estava colapsada. "Sleeping beauty still awaits true love's kiss," e que PLATT MARAVILHOSA era aquela representando o fandom!? As mãos, o carinho, o cuidado, a cumplicidade até que eles dizem que amam um ao outro e CODE RED CODE RED, fiz jus ao meme e me vi d e s m a i a d a! Não bastasse tudo isso (e a cobertura de Platt e Alvin), Voight faz uma visita e um convite irrecusável: assumir a vaga deixada por Erin. É o sonho da Burgess sendo realizado e o fato do Sargento deixar o relacionamento Burzek na mão deles mesmos (uma vez que ele é avesso a interação amorosa no ambiente de trabalho) me deixa esperançosa por dias bons para os shippers! Aquela cena final foi forte e os olhos da Kim diziam muito sem precisar fazer uso de palavras.

Ainda no momento shipper, vamos falar de Linstead! Lindsay ganhou mais um dia com a equipe de detetives antes de partir para força tarefa federal e não sei se vocês perceberam, mas trabalhou com Jay o tempo inteiro! Eles têm uma química incrível, são excelentes na interação tanto de falas quanto de olhares e eu não poderia estar mais feliz pela transferência acontecer já no próximo capítulo (uma vez que o 2x11 promete fortes emoções no quesito coração e você confere clicando aqui). Em campo, veio deles a captura do maníaco Spencer, o causador de todo o pânico instaurado por Chicago nas últimas 24h e que homem sádico! Eu confesso que tomei vários sustos durante as abordagens e isto nunca havia acontecido enquanto via a série. Só posso aplaudir a produção porque é nítida a busca por plots melhor construídos e executados! 

Adorei o desenrolar do caso apresentado. As sucessivas mortes, no início, desconexas, foram sendo resolvidas tão qual jogo de tabuleiro e como Voight é incrível, né? Decidir colocar a equipe dele em risco pra salvar a última vítima enquanto o esquadrão anti-bombas não chegava foi angustiante! A segurança que ele conseguiu passar enquanto Jay e Roman (que dessa vez não foi avulso, mas eu ainda tô com raiva por ele descontar a frustração em Jenn) liam o perímetro pra desarmar a bomba... nossa! Que cena!  Spencer York era, realmente, insano! A explicação da transferência de traumas pra justificar o fato dele ter assassinado todos que tinham o mínimo de conexão razoável nesta esfera que ele próprio construiu foi muito bem pensado também! Mas não posso deixar de citar a cara do Jay ao descobrir que ele foi o responsável por ativar o timer da bomba presa ao corpo da mulher. Nestas horas a série traz uma lupa nos dilemas da vida daqueles que escolheram servir, colocando as vidas dos outros ante as próprias. Sei que apenas respirei aliviada quando a série acabou, de fato, porque eu estava traumatizada com tantas armadilhas!

O episódio foi muito corrido e obscuro mas encontrou na Sargento Platt não só o título mas o alívio cômico. A revelação dela sobre ter levado um tiro na bunda culminou na cara de total desconforto do Ruzek, trazendo inúmeras gargalhadas aos espectadores. Dali surgiu o conselho acerca da importância de estar presente no momento em que alguém acorda de uma cirurgia, afinal "two surgeries in one day? Third one gets ya free toppings." Mas o que mais me fez rir foi a explicação de como ela sabia, o tempo todo, do relacionamento Burzek, uma vez que ela "passou no exame de detetive duas vezes", selo 'muito esperta' da semana! PD volta semana que vem com novidades: como será que a equipe trabalhará sem Erin, agora num novo cargo? Estou ansiosa!

Melhores Quotes:

"Yeah, I know, I'm all fancy now" - e o olhar da Erin pro Jay, HAHA 

"What? I was shot? What year is this? Who is the president? What is the internet?" - Burgess

"Burgess, next time, little tip from a superior." - Platt
Share on Google Plus

About Vanessa Reis

Hey 23, call me! (@neereis)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário