[Especial] As audições mais marcantes do The Voice US


Sete temporadas de incríveis blind auditions.

Da música clássica ao rap, do indie ao pop, do rock ao country. Realmente não faltou diversidade nestas sete temporadas de cadeiras vermelhas girando, mas poucas realmente ficaram nas nossas playlists depois de tantas apresentações, então que tal revermos as mais marcantes até a oitava estrear, e a Christina voltar? Vem com a gente.

1ª temporada

Rebecca Loebe - Come As You Are


Rebecca chegou cativando a todos com sua apresentação de Come As You Are. Suavizando a melodia e evidenciando a letra, ela ganhou um espaço certo nas playlists de todos os fãs do programa. Na época ela entrou no time do Adam e acabou saindo nas batalhas, sem poder nos mostrar mais da sua incrível voz.

Dia Frampton - Bubbly


A Dia somente ganhou grande destaque nos programas ao vivo cantando Heartless, mas foi nas audições que sua voz nos impressionou com um tom ríspido e apaixonante e ela deve agradecer isso a escolha músical, pois foi com Bubbly que ela pode mostrar que tipo de artista é, e conseguir um lugar no time do Blake.

2ª temporada

Juliet Simms - Oh! Darling


Juliet é considerada por muitos a grande vencedora da temporada, pois ela não desapontou em nenhuma apresentação, ela subia no palco e cativava a todos. Tudo começou com ela se jogando de joelhos no palco e gritando "Oh! Darling". Com uma voz cheia de personalidade e atitude, ela ainda nos arrepia quando revemos suas apresentações.

Jamar Rogers - Seven Nation Army


Outro rocker que nos encantou na incrível segunda temporada foi Jamar Rogers. Sua audição não foi das melhores, somente Cee Lo virou para ele, mas a voz rouca e sua atitude no palco fazem dele um dos poucos que conseguiram interpretar essa música sem torná-la apresentação de karaokê. 

Lindsey Pavao - Say Aah


Lindsey chegou quietinha, tornando uma música urban/R&B em algo totalmente novo, mas entrou em nosso corações e playlists pela sua originalidade. Sua audição foi incrível, teve o fator surpresa, a voz ríspida e calma, mas potente quando precisava, ela foi a melhor coisa que a equipe da Christina poderia ter naquela temporada.

Charlotte Sometimes - Apologize


Outra artista indie que o programa nos abençoou. Charlotte não teve uma jornada muito interessante durante o programa, mas sua audição nos faz esquecer todo o resto. O controle vocal no ponto e a voz ríspida e encorpada faz deste cover um must have na sua lista de reprodução.

3ª temporada

MacKenzie Bourg - Pumped Up Kids


Em uma temporada é cheia de cantores genéricos, MacKenzie se destacou pela escolha acertadíssima da música, sua voz tímida e o violão. Ele também entra na lista dos artistas que se perderam durante o caminho e não fizeram uma boa jornada musical no programa, mas isso é culpa do Cee Lo. Pelo MacKenzie e seus covers no Youtube, a gente só tem amor.

DOMO - Don't Cha


Cheia de atitude e confiança, ela chegou "domonando" a todos. Ela não teve uma boa apresentação vocal, na verdade o podere vocal dela deixa a desejar bastante, mas a escolha da música e sua atitude deram a audição um ótimo tom cômico que a temporada estava precisando e assim ela entra na nossa lista de audições marcantes. Mas vamos deixar claro, ela não está nos nossos iPods.

Melanie Martinez - Toxic


Talvez essa é a mais marcante audição do programa, Melanie fez uma versão totalmente inesperada e carismática de um dos maiores hits da Britney. E para aumentar ainda mais nosso amor pela apresentação, Melanie estava tocando dois instrumentos ao mesmo tempo, tinha cabelo bicolor e tem uma frestinha linda entre os dentes da frente. Tem como não amar?

Cassadee Pope - Torn


Esta é provavelmente a audição mais esperada da temporada, todos queriam ver a vocalista do Hey Monday se apresentando. Ela acabou virando a The Voice mais bem sucedida do programa, vendendo bem e ganhando até um CMT, e mesmo tendo sucesso no mundo country, ela começou como pop/rock, cantando Torn e o resto é história.

4ª temporada

Christian Porter - Sexy and I Know It


Christian surpreendeu a todos quando nos disse que cantaria um dos maiores hits pop da época e ficamos ainda mais surpresos quando ele começou a tocar o violão e agradar a todos com sua voz firme e super controlada. E no final, para melhorar ainda mais, usou o falsete de uma forma incrível. E pensar que ele foi eliminado por causa do Swon Brothers, hein!

Judith Hill - What a Girl Wants


Se tem uma coias que eu jamais entenderei é como Judith Hill não ganhou sua temporada. Ela tinha tudo: estilo, criatividade, experiência e uma voz fora desse mundo e o cover de What a Girl Wants é a prova disso. Ela tornou uma música pop cliché em algo totalmente hipnotizante, dando um significado para ela.

5ª temporada

Matthew Schuler - Cough Syrup


Sem desenvoltura alguma no palco, mas com uma voz incrível: ríspida e incorporada, e com um alcance enorme, essa é apresentação que recebeu as viradas de cadeira mais rápida da história do programa e não é para pouco, Matthew escolheu a música perfeita para sua voz e soube usar bem o momento inicial para destacar o seu alcance vocal, incrível!

Nic Hawk - Hit 'Em Up Style


Talvez o concorrente mais marcante, junto com o Cody Belew, no quesito criatividade e humor. Ele merece crédito pelo controle da respiração, já que ela não é nada fácil de ser cantada pelo ritmo rápido.Porém, o segredo desta audição ser marcante é a escolha da música e a personalidade contagiante do Nic, ele até mudou a letra para colocar Cee Lo e Xtina no meio. Tem como não rir com ele?

Kat Robichaud - I've Got The Music in Me


Kat trouxe de volta aquele fogo de rocker que o programa havia perdido depois da 2ª temporada. Esta apresentação dela é totalmente contagiante, ela colocou todas energias nela e aquele chute representa tudo isso. Ela é incrível, assim como essa apresentação.

Ashley DuBose - Diamonds


Uma das minhas audições favoritas, a Ashley tinha tudo o que gostamos nos artistas que estão fazendo sucesso atualmente e eu acreditava cegamente que ela chegaria a final do programa depois desta apresentação que foi perfeita do início ao fim. Mas o Adam conseguiu estragar o futuro dela, eliminando-a nas batalhas.

6ª temporada

Christina Grimmie - Wrecking Ball


Christina foi responsável por manter a sexta temporada do programa relevante, com apresentações contemporâneas, voz potente e aquele toque de dubstep. Não tem algum fã do programa que não amou essa moça depois dela abrir a temporada com essa apresentação cheia de energia e com vocais impressionantes.

Sisaundra Lewis - Ain't No Way


A voz da temporada, sem dúvidas. Sisaundra tinha experiência e voz de sobra, poderia emprestar para cada um dos competidores e ainda teria de sobra para humilhá-los. Ela prova isso contando Ain't No Way de forma impecável, duvido alguém achar um erro nesta apresentação cativante e poderosa, que ficará para sempre na história do programa.

Clarissa Serna - Zombie


Está é outra apresentação que se destaca mais pela escolha da música do que pela habilidade vocal da cantora. Não entenda errado, Clarissa é ótima e fez uma apresentação totalmente cativante, mas não tenho certeza se ela impactaria tanto se tivesse escolhido qualquer outra música. 


7ª temporada


Anita Antoniette - Turn Your Lights Down Low


Eu teria colocado a Anita lá na terceira temporada, quando ela cantou No Woman No Cry, pois aquela realmente ficou na história. Porém, assistindo novamente esta apresentação, dá para ver o quanto ela cresceu em dois ou três anos. Todas as falhas de alcance vocal e falta de expressão daquela apresentação foram supridas aqui. Ela é incrível!
Share on Google Plus

About Armando Wunsch

Formando em Comércio Internacional, se apaixonou por séries depois de assistir o piloto de Ugly Betty na Sony. Desde então seu entusiasmo por seriados só aumentou. Fã convicto de Grey’s Anatomy, Modern Family e The Good Wife, acompanha mais de 20 seriados semanalmente (na Fall Season). Já deixou muitas vezes de estudar e trabalhar para assistir seriados. Apaixonado por música, chocolate, Big Mac e coca-cola, sonha em ganhar na mega-sena para não precisar mais trabalhar. (@_wunsch)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário