The Originals 2x10 - Gonna Set Your Flag on Fire


Mais um membro da família Mikaelson. 

Criatividade e competência são os nomes da equipe de roteiristas por trás de The Originals. Nesses nove episódios passados já aconteceu tanta coisa que a curiosidade para o que viesse adiante era grande. E para nossa grata surpresa a série mostrou nesse retorno que ainda tem muita lenha pra queimar. 

A maior surpresa desse primeiro episódio de 2015 foi a descoberta de Freya, a primogênita de Esther e Mikael. Até agora a informação que nos foi dada é que a menina tinha sido sacrificada por Dahlia, irmã de Esther, cobrança de um pacto que a matriarca original tinha feito para poder ter filhos. Diante disso surgem algumas dúvidas: Se o sacrifício era Dahlia obter cada primogênito da linhagem Mikaelson, porque Esther planejou a morte de Hope? Seria então uma forma de evitar o retorno da irmã? Olhando por esse lado fica claro o grande sacrifício que Esther fez, já que Klaus não aceitaria de maneira alguma entregar sua filha, resultando então em sua morte, vinda pelas mãos de Dahlia, consequentemente levando consigo toda a sua linhagem. O fato de Rebekah estar aprisionada em outro corpo veio muito a calhar. Claire Holt não é mais fixa e essa jogada consegue manter sua personagem na ativa. Fico pensando que o hospício onde ela está talvez seja comandado por Dahlia,  sendo esse motivo para Freya ter morrido lá. Ainda espero pelo retorno da tão temida irmã de Esther, o que certamente abalará as estruturas de Klaus e companhia.

Mas além dessa história, a série voltou com uma boa continuidade para o restante dos personagens. Fora o casamento de Hayley com Jackson, que obviamente não terá futuro, tudo o que aconteceu com os s demais foi bem interessante, mesmo esse não sendo o episódio mais movimentado. Digo isso porque até a aproximação de Cami com Elijah teve seu valor. Ele ainda está sofrendo com os efeitos colaterais dos feitiços de sua mãe e fico imaginando o quão perigoso foi Klaus deixar a segurança de sua filha nas mãos de uma humana e de um vampiro a beira do descontrole. Porém, a nobreza e os valores de Elijah acabaram servindo como garantia.

Não mansão de Klaus a situação se complicou muito mais. E confronto de lobisomens e vampiros chegou perto de se tornar uma carnificina, causando tensão até mesmo para um casal apaixonado, que é Josh e Aiden. Acho bem interessante essa storyline dos dois, porque fica um clima meio Romeu e Julieta, mas numa roupagem totalmente moderna.

Um dos maiores destaques do episódio fica por conta dos feitos de Finn. Ele agora assume o posto de maior vilão do momento, já que foi capaz de derrotar parcialmente seus pais e usá-los como artefatos para sua vingança. Klaus continua com seu ar de confiança e superioridade, mas as coisas começam a se estreitar cada vez mais e só pelo fato dele estar às cegas em relação aos planos de Finn já lhe trás algumas desvantagens.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário