Glee 6x05 - The Hurt Locker Part 2


"Now, I expect to make fun of all of you at some point. Fat kid, gay boy, creepy incest twins, other girl. But I never want to hear any of you disparaging the things that we do as a team. Got it?" (Kitty Wilde)

Um brinde a genialidade de Kitty e a essa união dela ao New Directions e à Rachel! Eu estava crente que essa segunda parte do episódio seria chata e desnecessária, acabei me surpreendendo com o rumo das histórias e posso dizer que adorei o episódio. Sue Sylvester é um gênio e continua roubando a cena, mas nesse episódio ela tem que dividir as glórias com Kitty que soube muito bem usar sua inteligência para roubar as músicas que deixariam Sue bastante emocionada e ainda ajudar o ND a ganhar o troféu da competição criada pela ex treinadora e atual diretora do colégio.

Se fosse com Will no comando, isso jamais teria acontecido, mas era Rachel quem estava e está treinando esse novo New Direction, então, já era de se esperar que ela aceitaria jogar "sujo" dessa maneira. Na verdade, Rachel e seu jeito competitivo podem trazer coisas positivas para o clube de coral e eu espero que ela apronte mais ainda porque me irritava esse jeito politicamente correto de Will. Já espero uma grande surpresa para as Nacionais, ou vocês acham que ND não chegará até lá? Mesmo com 13 episódios, eu sei que isso vai acontecer, mesmo que de forma maluca. Agora é só esperarmos e vermos como Rachel e Kurt vão cuidar desse novo ND.

Eu já sabia que Spencer iria se juntar ao clube - malditos spoilers" - mas foi bacana saber que Sam foi o responsável por isso. Pode parecer besteira minha, mas estou sentindo que Samchel vai surgir com tudo, porque nesse episódio houve muitas trocas de olhares e Rachel se interessou pelo amigo. Esses olhares dizem tudo e só estou esperando para ver como Ryan Murph vai fazer com que os fãs aceitem esse novo casal. Substituir Finn é difícil e complicado, mas prefiro que Rachel fique com alguém que conhecemos e que gostamos do que qualquer personagem que apareça do nada na série.

Quanto a enrolação de Klaine só posso dizer que fiquei fã de Sue. O fato dela ter feito esse plano insano e ter trancado-os num elevador com banheiro foi bacana, mas a genialidade ficou por conta do boneco do Jogos Mortais a la Sue Sylverter. Sim, a versão feminina de Jigsaw foi adorável e eu amei!

"Klaine, let's play a game". Esse "jogo" que Sue fez foi divertido, e eu sabia que rolaria um beijo Klaine nesse episódio. Se a porta do elevador não abrisse, os dois teriam se agarrado ali. Foi um beijo de cinema e rolou faíscas entre os dois. Claro que Sue já sabia que seria impossível juntá-los só com um joguinho, por isso ela plantou a semente e está esperando colher o fruto de sua mente brilhante. Pelo que vimos nesse episódio, teremos uma volta de Klaine em breve e até que, graças à Sue, os dois voltaram a ser shippáveis.

As músicas do ND foram amáveis e eu adorei ver o que cada música representou para Sue. E confesso que ri bastante quando a vi chorando com "All out of love". Jamais passou pela minha cabeça que Sue seria capaz de dar o prêmio para seus inimigos, ainda mais imaginar que 3 músicas foram capaz de derreter essa mulher, mas foi bacana e divertido tudo isso. O episódio foi bem leve, engraçado, divertido e soube muito bem entreter os fãs. E era isso o que eu sentia falta em Glee: assistir para me divertir e curtir as músicas. Semana que vem teremos mais clima pintando em Samchel e o noivado de Brittana. See you next week!
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário