Freaks Look: Secrets and Lies (US)


Secrets & Lies é um remake americano (estreou dia 1° de março) de um seriado australiano homônimo que estreou por lá ano passado. Claro que os States viram que foi um sucesso na Austrália e pensaram em copiar, fazer melhor e ter sucesso nos USA. Pegaram um bom script, contrataram atores famosos das telonas e boom.

A série traz Ryan Phillippe (Damages) como Ben Crawford, um reformador/pintor de imóveis que divide um casamento em crise com sua esposa, Christy Crawford (Kadee Strickland - Private Practice). Logo no primeiro episódio já percebemos o motivo da crise entre os dois: se conheceram na adolescência, ela engravidou ainda muito jovem e eles resolveram se casar para criar a criança. Ao longo dos anos, o jovem casal teve que abdicar de aproveitar a vida na juventude para manter um lar com as duas filhas.

Na mesma rua da família Crawford mora Jess Murphy (Natalie Martinez - CSI: NY; Under The Dome), ex-esposa de um soldado desertor do exército, e mãe solteira de Tom Murphy, de 5 anos de idade. Numa manhã chuvosa, Ben sai para correr na vizinhança e encontra o garoto Tom morto numa pequena mata. Desde então, a detetive Andrea Cornell (Juliette Lewis - The Firm; My Name Is Earl) suspeita que Ben é o assassino e tenta fazer de tudo para prová-lo culpado.

Toda a surpresa e dinâmica da série acontece pelo fato de os episódios e os personagens serem compostos de muitas camadas. A cada cena vamos descobrindo novos segredos de cada personagem, que, no momento, parecem ser aleatórios. Mas os segredos são sempre interligados mais à frente, geralmente ligados à alguma mentira ou omissão de algum personagem.

Os atores de peso do elenco principal, que deveriam ser o ponto forte do seriado, foram justamente parte do que me decepcionou no remake. Sempre gostei da Juliette Lewis, e, apesar de achar Ryan Phillippe um ator OK, ele já fez bons papéis (como o hacker Channing McClaren em Damages). Com toda essa propaganda em torno do elenco, seria inevitável não reparar. Me senti agoniada com as atuações de Lewis e Phillippe, e não foi por que estão excepcionais no show.

Ao fim do episódio duplo de estreia, tive a sensação de que Lewis não pesquisou muito sobre como lidar no papel de uma detetive, e acabou virando uma personagem com uma obsessão estranha pelo suposto assassino Ben Crawford. Phillippe, por sua vez, fez um personagem sem vida, meio desconectado com toda a situação do pai de família acusado.

A história em si é muito intrigante. Muitas evidências apontam para Ben, mas logo vai ficando claro que foi uma armação. E mesmo eu já desconfiando da paternidade da criança, a revelação do verdadeiro pai foi uma leve surpresa. Em resumo: a atmosfera de Secrets & Lies é bem parecida com o filme Gone Girl, com Ben Affleck, com a diferença de envolver um assassinato de uma criança, e de ter atuações não muito convincentes. Ainda assim, a estreia deixou um mistério e suspense que me fizeram continuar pra ver como essa história termina.

Eu aposto que o(a) assassino(a) seja uma das filhas de Ben ou a tia da vítima. E vocês, já tem um palpite?
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário