Grey's Anatomy 11x14 - The Distance


Superheroes!

Mais uma magnífica semana para a Grey's Anatomy, onde o roteiro afiado e atuações pontuais conseguiram fazer toda a diferença. Ao mesmo tempo em que fico feliz, tenho uma pontinha de medo, porque aonde há calmaria sempre há a desconfiança de que algo pior está por vi. E esse é um sentimento muito natural quando falamos do comando de Shonda Rhimes. Mas a esperança de que esse ano as coisas vão ser conduzidas com o pé no chão ainda existe, por isso vamos aproveitar e pontuar o que está vindo de bom para todos nós. 

O destaque em Amelia é tão bom e tão merecido, que dá gosto de ver tudo o que ela anda fazendo no hospital. A grande cirurgia de Herman está sendo o grande condutor da história nesses últimos episódios e por mais que uma situação dessas não seja totalmente nova, a perspectiva tem suas diferenças das demais.

Era um grande desafio para Amelia tentar driblar esse monstro na cabeça de Nicole. Um marco para a medicina, porém, o maior desafio mesmo não era apenas deixar a cirurgiã completa e sem sequelas, mas sim vencer a morte. Muitas vezes a gente esquece disso e acha que o que vir de consequência possa ser uma grande falha. Amelia, com a ajuda de Edwards encarou uma das cirurgias mais difíceis de todos os tempos. Mais de quinze horas de pé não é pra qualquer um, mas o que precisava ser feito foi feito. Quando Amelia pede para Richard chamar Derek eu pensei: Não, não vá pela solução mais óbvia, faça você mesma, e foi esse o discurso de Richard com complementos muito mais pertinentes. Amelia estudou aquele câncer e Derek iria apenas matar a paciente porque ele não conhecia nada do caso. Herman ficar cega não é uma tragédia, levando em conta a salvação de sua vida, tanto que a personagem também está "vendo" por esse lado. Sua mente está intacta, nela mesma e também na memória de Arizona, que agora é uma nova cirurgiã intrauterina.

E falando em Arizona, podemos dizer mais uma vez que a personagem fez bonito e emocionou como ninguém. Primeiro se manteve firme em suas decisões na sala de cirurgia, enquanto Bailey fazia o papel de pé no saco. Depois nos fez chorar com suas lembranças com Herman e na sua reação ao ver que sua mentora estava cega. Além disso, foi bonito ver o apoio de Callie num momento tão difícil para a ex.

O restante do elenco fez apenas o bom papel coadjuvante que estavam destinados a fazer nessa storyline. Para uma temporada onde garantiam Meredith novamente no centro das atenções, estamos tendo um forte destaque para outros personagens, embora eu sinta que após a "conclusão" desse drama com Herman ela venha a tomar as rédeas nos episódios finais, principalmente porque Derek não ficará para sempre de D.C.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários: