Arrow 3x21 - Al Sah-Him


"My name was Oliver Queen, For 3 years I wanted to save my city, but to save my sister, I had to become someone else, I had to become something else." (Oliver Queen)

Alguém chame o SAMU, porque tá difícil de aguentar toda essa tensão e esse lado dark de Oliver. Outro episódio sensacional e de tirar o fôlego de Arrow. Quem poderia imaginar que Oliver se tornaria num aprendiz tão rápido? Ele como Al Sah-Him tá tenso, ainda mais porque estamos vendo ele perder a sua humanidade muito rápido. O que ele fez com Diggle não tem perdão. Tudo bem que fizeram uma lavagem cerebral nele, mas sequestrar a esposa só para provar para seu novo chefão que é seu herdeiro foi covardia. Merecia uma surra bem dada da sua equipe. Aliás, foi ótimo ver Thea assumindo o seu lado Speedy e mostrando para o mundo do que ela é capaz. Quero mais cenas dela lutando com a gangue. Quero mais Speedy dando uma surra nos bandidos.

Thea: the new badass!
E para quem estava torcendo por Laurel e Nyssa, esse episódio foi um presente. A amizade das duas está sendo construída de forma bacana e eu até confesso que estou começando a shippar as duas como namoradas. Laurel conseguiu mostrar tudo o que esperávamos da personagem quando soubemos que ela estaria no seriado: ela divou nesse episódio. Eu sei que ela dá sono, que é uma personagem chata e tudo mais, mas não podemos negar que ela brilhou e mostrou seu amadurecimento como personagem. Tudo o que ela fez para salvar Nyssa e mostrar o porquê deles continuarem lutando contra o crime foi bacana. E eu só tenho que agradecer por Cisco (The Flash) pela brilhante reconstrução do The Canary Cry. Cuidado bandidos, como Black Canary e Speedy, vocês terão que correr muito para não serem presos!  

No final, Nyssa foi capturada por tentar salvar a vida de Lyla, provando que mudou e mostrou que alguém pode mudar por razões próprias. O que não imaginávamos era que Ra's Al Ghul queria casar a filha com Oliver, digo, com Al Sah-Him como forma de vingança pelo o que a filha aprontou por aí. Esse casamento ainda vai dar o que falar, mas espero que Oliver tome um remédio e volte a ser aquele Oliver Queen por quem me apaixonei. Está difícil ter que aturar esse Oliver sem alma e ver Felicity chorando pelos cantos não ajuda em nada. Falando na minha nerd favorita, o que foi ela arrasando com o "Don't you dare touch me." só porque estava com as armas de Lyla? Arrasou! Uma pena ela perceber que o Oliver por quem ela se apaixonou está desaparecendo. E nada de colocar Oliver Queen como o vilão dessa season finale. Essa coisa de colocá-lo contra Starling City é irritante, assim como vê-lo de Al Sah-Him.

Aliás, é ótimo ver Felicity dando apoio para Thea e mostrando ser uma pessoa incrível. O fato dela dar o endereço de Roy para a futura (?) cunhada só faz com que eu a ame cada vez mais. Se Oliver não acordar para a realidade em breve, vai perder uma grande garota. Isso se eu não der uma surra nele antes. Alguém chama Barry Allen (The Flash) para voltar no tempo e salvar Thea antes de Ra's tentar matá-la? Quem sabe assim eu consiga apagar da minha memória esse Oliver como Al Sah-Him. Quanto aos flashbacks um só comentário: melhor pular essa parte para vermos Oliver sendo Oliver de novo! 
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário