Grey's Anatomy 11x20 - One Flight Down

"We're Ok. It's not us."
Estou neste relacionamento abusivo há 11 temporadas. Ela faz de mim o que quer há 10 anos. Pisa em meus sentimentos, esfrega memórias doídas na minha cara, arranca pessoas importantes da minha vida sem aviso prévio. Mas ela me faz tão bem... Com ela, descobri que sou passiva nesse amor doentio. Mas, Shonda, respeita meu OTP! Como assim eu mal recupero as forças ao relembrar o final da 8ª temporada para chegar no final do capítulo e reviver o primeiro episódio da 5ª - onde o sonho de Meredith pode, mas rogo que não, acontecer na semana que vem? O 11x20 trouxe emoções fortes, uma viagem às memórias que, drasticamente, mudaram a vida dos médicos; o próprio hospital. Um acidente altamente relacionado às urgências que nos levam a antecipações sobre semana que vem.

Você só percebe o quanto tem quando está prestes a perder, "porque, quando você vê tudo o que tem, você também vê tudo que pode perder." Richard ficou impressionado ao presenciar os momentos finais de um avião de pequeno porte no céu antes de colidir com o solo e atingir uma aula de yoga pré-natal. Meredith paralisou quando as vítimas começaram a chegar e os flashbacks foram doloridos de assistir. Cada reação, cada palavra era um instante do que aconteceu na fatídica queda de avião. "I need Robbins," e as duas, sentadas no chão do armário, revivendo as próprias dores a partir do rapaz sem a perna e da garota que não encontrava o namorado, mostraram-se resilientes "não foi conosco, então estamos bem." Estão mesmo? Os velhos companheiros de hospital sentiram. Owen e Karev também sofreram os impactos daquele dia mesmo sem terem estado lá. O primeiro não consegue perdoar-se por ter colocado-os no voo, o segundo por - além de Arizona ter ido em seu lugar - ter sido quem fez a amputação da perna dela. Quando algo desta magnitude acontece, ao presenciar algo similar, todas as memórias voltam. Os eventos traumáticos de Grey's são como efeito dominó e todos (vivenciando o momento ou não) são mudados de alguma forma; são moldados.

O piloto infartou durante o voo e a "namorada", no primeiro encontro deles, assumiu o controle do avião, salvando a vida deles: "sabia que estava olhando pro amor da minha vida." Ao darem entrada no hospital, Karen procurava por Sam e Grey lembrou da busca iniciada na floresta para encontrar o marido, o desespero começou a perturbá-la. Derek ainda não havia dado notícias desde que saiu de casa e a Casa Branca ligou procurando-o. A sensação de perda, o medo que deturpa nossos pensamentos e inibe a razão começaram a ser repassados pelos 'últimos momentos MerDer antes da viagem': a cumplicidade, o amor, o jeitinho todo especial de falar e olhar e admirar e querer estar perto um do outro, as últimas conversas, os planos; o futuro. "Você é como respirar ar fresco, como se eu estivesse me afogando e você me salvasse. Continuo vendo você desta maneira." 17h foi o prazo estipulado por Bailey para que Mer, enfim, pudesse surtar pela falta de notícias do marido, "you and Derek went down in a plane, you drowned, he got shot, you gave birth in a power outage... / Is this supposed to make me feel better? / I'm just saying, you have every reason to be distracted. Every reason to think the sky is falling," e ela estava certa, eles são especialistas em crise, eles já passaram por muita coisa juntos e o silêncio não durará por muito tempo, uma vez que as notícias - sejam boas ou ruins - não iriam demorar a chegar.

"Todo mundo é louco, à sua maneira, e o segredo é encontrar alguém que complete essa loucura" e a avó da Edwards parece que estava falando para Amelia e Owen - uma vez que apaixonaram-se tão depressa mas não souberam ser e estão numa chatice sem fim parecendo duas crianças mimadas. Toda a saga da Stephanie em conseguir a sua grande história com o casal do acidente, de acreditar que haja amor de verdade escondido por ai, foi contextualizada com o que tem acontecido a Omelia/Amen/Owmelia (decida-se fandom!). Após a cirurgia, Karen esqueceu temporariamente do acontecido e, mais uma vez, Owen e Amelia tiveram de trabalhar juntos. "É temporário / não deixei passar nada / é minha culpa / a culpa não é de ninguém, acontece o tempo todo," poderia ser o prognóstico da paciente, poderia ser sobre o relacionamento deles. "Não vou sobreviver a outro acidente de avião, Amelia, e isso é tudo o que somos" e, se Hunt falou decididamente, acredito que o que 'nem começou' já ganhou seu fim. Por outro lado, a história da Edwards teve um final feliz e, enquanto ela e Richard "aproveitavam a vista das suas vidas," eu entendi que, este, foi um anúncio de uma nova tragédia - não necessariamente com Derek, como todos estão pensando/os caminhos apontam.

“I didn’t want you to hate Alex to. I wanted you to have somebody.” Chorei. Calzona tem encontrado um lugar de troca/convivência muito bonito ultimamente e estava na hora de Arizona saber a verdade sobre a amputação. Callie demonstrou a forma de amor mais puro possível, assumindo toda a culpa e guardando em segredo por todo este tempo, recebendo um agradecimento que chega quase 3 anos depois, mas que dá abertura para um relacionamento futuro entre as duas, aliás, caso a série queira investir novamente. A cena em que Maggie soube da queda de avião foi de partir o coração e eu acho que isso impulsionará uma ligação maior entre as Grey.  Mas, nos minutos finais do episódio, quando Meredith pegou o telefone para ligar à polícia e as luzes da viatura começaram a refletir em frente à casa, meu coração apertou. A promo do 11x21 diz que "a América nunca irá esquecer" e evidencia que Derek será o foco de uma trama automobilística e, aproveitando as referências utilizadas no capítulo dessa semana, Mer sonhou que Shepherd morria num acidente de carro na estreia da 5ª temporada, justamente quando estava disposta a comprometer-se com ele; além disso, "How to Save a Life" (a música em questão na promo) tocou pela 1ª vez na série no 2x21 - episódio em que houve muitas mortes no hospital e teve a superstição como foco principal - e no 7x18 foi cantada pelo elenco no mesmo capítulo em que Callie e Arizona deram entrada no hospital após sofrerem um acidente de carro. Teorias, superstições, conhecimento de causa acerca da mente de Shonda, chamem do que quiser, mas eu estarei muito preocupada até o final da temporada!



PS.: amei a cena da cola! "Optmism for the win!"
PS.: Edwards ganha mais destaque a cada semana enquanto Jo segue esquecida junto com Alex que, agora, é só 'the new person'.
Share on Google Plus

About Vanessa Reis

Hey 23, call me! (@neereis)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário