Game of Thrones 5x04 - The Sons Of The Harpy

You know nothing, Jon Snow!
Exatamente de onde parou, com Jorah em poder de Tyrion e rumando ao mar, o 4º capítulo da série foi prólogo de diferentes guerras em nome de diferentes deuses. Seja de extremistas religiosos que não escondem seus propósitos, seja de uma irmandade sanguinária que esconde o rosto; de leão pisando em ninho de cobras a lobo pisando em território de lâminas afiadas, "The Sons Of The Harpy" iniciou vários plots que, beirando a metade da temporada, prometem fortes emoções daqui pra frente.
Tive uma vida emocionante, quero uma morte monótona. (Bronn)
Jaime e Bronn zarparam com mercadores a caminho de Dorne, numa missão suicida de resgate por Myrcella e os diálogos entre eles foram excelentes! Como convencer o mercenário de que dois é melhor que um exército? R: Fuck and fight! Chegando numa das praias do destino, eu comecei a estranhar porque estava tudo fácil demais, "não sei se você tem noção de como sua família é odiada neste lugar" e será mesmo que um saco pesado de ouro é capaz de comprar um silêncio desta magnitude? Minhas suspeitas foram confirmadas com a chegada de 4 cavaleiros a fim de dar um fim à aventura mas, enquanto lutavam, Jaime descobriu que sua fraqueza pode ser uma grande aliada no que diz respeito à defesa. O esforço para encobrir os rastros não surtiu o efeito desejado uma vez que Ellaria e as filhas já sabiam sobre o leão no ninho das víboras e Myrcella, definitivamente, tornou-se alvo de uma guerra de interesses: ponto para quem chegar primeiro! "Seja mulher ou homem, lutamos nossas batalhas, mas os Deuses nos deixam escolher nossas armas," que grande lição do Príncipe Oberyn, hein? As Serpentes de Areia fizeram sua primeira aparição na série e eu fiquei muito animada pra saber mais e conhecê-las melhor! Who run the world? Girls!

Quando Cersei disse a Lorde Tyrell que a família dele já cedeu demais à Corte, eu já comecei a sorrir esperando qual jogada ela estava prestes a fazer. "O pequeno conselho fica cada vez menor. / Ainda não está pequeno o bastante," mandá-lo até o banco de ferro (Braavos) a fim de pegar fundos para a Coroa foi genial para o que estava por vir, uma vez que os irmãos Highgarden precisavam estar vulneráveis. Ela tem aproximado-se bastante do Alto Pardal e, ao trazer de volta a Fé Militante (justiça dos Setes na época dos Targaryen) conseguiu implantar seu plano de forma sorrateira e, ainda, eximir-se da culpa. Uma vez que todo pecador é igual aos olhos de Deus, a Rainha usou de seu sarcasmo peculiar e hipocrisia para falar de si mesma ao acusar Loras "e se eu te disser que há um pecador em meio a nós, acobertado por ouro e privilégio? / Que o Pai o julgue de forma justa." Foi instaurada uma inquisição, uma caça aos 'pecadores', uma guerra santa em nome de deus para propagar a violência em busca de envergonhar e extirpar da sociedade tudo aquilo que não segue os preceitos da 'justiça' defendida pelos Sete. Com sinais em suas testas, eles limparam bordeis, quebraram barris de bebidas, mataram e prenderam gays. Margaery ainda tentou colocar Filho vs Mãe ao apelar pro ar de moça desprotegida a fim de libertar o irmão, mas o Rei recuou quando, ao tentar falar com o Alto Pardal, os gritos de nascido no pecado, bastardo asqueroso e abominação ecoaram do povo.

"You only need faith, my King." Stannis passa a maior parte do tempo observando o novo Comandante da Patrulha da Noite e, em meio a questionamentos sobre a legitimidade de Snow como bastardo de Ned - uma vez que este era honrado demais para trair a esposa (e eu corroboro porque minha teoria passa longe dele ser um Stark puramente) -, Melisandre tenta seduzi-lo ao abrir o vestido e passear com a mão dele por seu corpo enquanto fala-lhe sobre projetar sombras e recriar vidas e... PERAI, ela quer um filho dele? Vê algo especial? "Só há uma guerra, vida contra morte," mas Jon acabou com a brincadeira da moça ao dizer que ainda ama Ygritte. "You know nothing, Jon Snow" e minha cabeça quase explodiu nesta cena! Incrédulos, tanto ele quanto eu, encaramos a sacerdotisa vermelha sair da sala do Comandante ao usar-se da frase da selvagem que marcou a vida do bastardo. Ainda na Muralha, Stannis e Shireen protagonizaram uma cena linda e pudemos ver quanto amor ele sente pela filha mesmo debaixo daquela capa de dureza e da cara carrancuda. Quem diria que dali sairia a quota de fofura do capítulo, hein?

Passeando pela cripta de Winterfell, Sansa encara a estátua da tia enquanto Mindinho conta-lhe a história de Rhaegar e Lyanna no torneio de Harrenhall - em que o Príncipe a presenteia com a coroa de rosas de inverno. Petyr está partindo para King's Landing - Cersei o requisitou e não pode farejar problemas caso ele demore ou não responda seu chamado -, mas antes divide com a Stark as possibilidades que ela tem pela frente: existe o plano de Stannis em conquistar o Norte para aumentar seu exército pela causa e, ao chegar ao sul, reivindicar o Trono de Ferro e ele, como bom apostador, acredita que o Baratheon irá conquistar o território em questão, libertar Sansa dos Bolton e nomeá-la 'Protetora do Norte', uma vez que ela é a 'ultima Stark viva' (eu me divirto quando os vejo acreditar na morte de todos e 'we are never ever getting back together' sempre toca mentalmente) e precisa de seu apoio. Caso toda esta teoria dê errado, Sansa casa-se com Ramsay, afinal, "mesmo os mais perigosos podem ser manipulados e você tem aprendido a manipular com o melhor."  Eu espero que haja casamento! Qual a aposta/preferência de vocês?

Rhaegar continuou a ser citado  no 5x04, agora em histórias narradas por Selmy, sobre como gostava de cantar com sua harpa e de estar com o povo; mostrando à irmã dele as várias facetas do mesmo dragão. Enquanto isso, em Meereen, a situação continua complicada e o terror apenas aumentou. Dany perdeu o controle soberano que demonstrava ter anteriormente e suas convicções estão sendo postas em xeque por integrantes do seu Conselho, uma vez que eles diferem desde a forma de pensar à de agir, "tradições são a única coisa que manterá esta cidade, a sua cidade, unida. Sem elas ex-escravos e ex-mestre não têm nada em comum. Nada além de séculos e desconfiança e ressentimento." Os Filhos da Harpia orquestraram um grande ataque pela cidade em plena luz do dia e a armadilha para os Imaculados, deixou Sor Barristan e Verme Cinzento gravemente feridos! Será que Dany terá uma baixa dupla e tão importante em seu exército antes mesmo das guerras mais duras terem início?
Que desperdício para o sequestrador, eu já estava indo pra lá. (...) Você acha que ela me mataria e te perdoaria? Eu digo que o inverso é tão provável quanto. (Tyrion)
PS.: e os olhinhos do Jaime brilhando ao passar por Tarth?
PS¹.: alguém mais reparou a cara de Bronn ao repetir 'sobrinha' (referindo-se a Myrcella)?
PS².: onde está Varys neste tempo inteiro em que Tyrion foi sequestrado?
Share on Google Plus

About Vanessa Reis

Hey 23, call me! (@neereis)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. adoro suas analises S2
    Mesmo o G.R.R. avisando que teriam mortes na série que não aconteceram no livro eu não estava preparada pra morte de Sor Barristan , ele era um cara honrado e justo que era ótimo da Dany ter por perto, alem de que se a Dany sumir no fim da temporada com o drogon alguem vai ter que aguentar as pontas em Meereen ate ela voltar e parece que vai ser o Tyrion a fazer isso. Essa situação toda da Dany ta muito complicada ainda bem que não tem o cerco de yunkai e nem a egua branca dos livros.

    Eu entendo a ida de Mindinho pra porto real mas achei muita confiança deixar a Sansa sozinha com os Boltons , acredito que haverá casamento e que a Sansa possa sofrer com isso , aquele Ramsay não é humano não e nem é tão inteligente quanto pai. Sansa não é nem de longe minha Stark favorita mas não gostaria de ve-la sofrer nas mãos do Ramsay não. Alguns atores disseram que essa temporada seria pior do que o casamento vermelho e ai deixam a Sansa em Winterfeel sozinha não é nada reconfortante.

    Eu adoro o Tommem acho ele um doce mas um rei como tommem é uma presa fácil em porto real, totalmente manipulável sem pulso firme , a única coisa que eu fiquei imaginando era o que o joffrey faria no lugar de Tommen , e achei muito legal saber que a Olenna vai dar as caras novamente adoro ela.

    Cara eu tendo a esquecer que Mindinho é da mesma época de Brandon, Lyanna, Rhaegar, Robert e da rebelião assim como Varys e que o cara deve saber de muita coisa (não sobre a paternidade de jon)

    Gostei da Obara S2

    ResponderExcluir
  2. Oh, Ophelia, muito obrigada!

    Concordo contigo, Sor Barristan era uma voz importante pra empreitada de Dany mesmo, uma perda muito sentida, mas também acredito que a chegada de Tyrion seja para 'substituí-lo'.

    A partida de Petyr me soa como o maior voto de confiança que ele já fez na série, né? Ele deixou Sansa com uma missão enorme nas costas e eu morro de medo por ela, Ramsay, realmente, é LOUCO! Eu também vi esse comentário sobre ser pior que o casamento vermelho e a própria Sophie afirmou que gravou uma cena cuja traumatizou-a! Não duvido que Ramsay vai aprontar das suas! Seria a chance que os produtores da série encontraram para desvencilhar Theon de Reek?

    Olenna <3 me faz falta também, sempre com cenas maravilhosas!! O jovem Rei é tão inocente e tão doce que morro de dó dele, principalmente por saber que ele, dessa maneira, tem dias contados, né? Às vezes eu fico pensando no que estaria acontecendo se Joffrey aidna estivesse vivo, naquele paralelo 'amo odiar', haha

    Siiiiiiim, Varys e Mindinho devem saber de tanta coisa que até assusta! Acredito que eles são as grandes 'chaves' de muitos baús ocultos por ai!

    Quero mais cenas das serpentes também!!

    PS.: acredito que você tenha percebido que limito-me a falar do que aconteceu em cena, sem relacionar com os livros, uma vez que é uma produção adaptada, né? Mas os estou lendo e ADORANDO! *--*

    ResponderExcluir