Rookie Blue 6x11 - 74 Epiphanies (Season Finale)


"Serve. Protect. And don't screw up." (Oliver Shaw)

Pois bem, meus caros rookies, chegamos ao fim de mais um capítulo. Demorou 6 anos para vermos Andy e Sam subindo ao altar e eu estou com aquela sensação de felicidade e tristeza ao mesmo tempo. Não sei vocês, mas senti que o episódio "74 Epiphanies" foi uma despedida. Assim que o episódio começou no Canadá, eu vi nas redes sociais alguns agradecimentos por partes do elenco e roteiristas do show e a minha sensação foi que estávamos nos despedindo desse brilhante seriado. Não quero acreditar que a saga de Andy, Sam, Traci, Gail, Dov e Chris chegou ao fim, mas diante da demora em anunciarem a renovação, meu palpite é de despedida.

E isso só se confirmou cada vez mais ao assistir ao maravilhoso episódio. Aquele diálogo de Oliver sobre servir, proteger e não estragar tudo, ao som de OneRepublic, remetia muito ao piloto e parecia sim uma despedida. Não ficarei triste em saber que o seriado terminou de forma tão linda e agradável, mas como fã não estou pronta para dizer adeus aos membros da 15ª Divisão. Durante essas 6 temporadas conheci pessoas incríveis, fãs como eu que acompanharam o seriado e surtaram comigo a cada semana. Sofri com a morte de Jerry; chorei quando Andy e Sam tiveram a sua primeira noite de amor juntos; tive um relacionamento bipolar com McCollins e McSwarek; morri cada vez que Andy e Sam se separavam e morria mais ainda toda vez que eles reatavam; odiei o corte de cabelo da Gail; xinguei o Chris de tudo o que foi possível; amei cada personagem; e aproveitei cada segundo que podia, servindo, protegendo e errando da minha maneira. Por isso, dedico essa review para todos os fãs, torcendo muito para que tenhamos mais uma temporada.


"I Samuel Jay Swarek, take you, McNally... Andrea Grace McNally as my lawfully wedded wife, to love and to cherish... To embrace and to set free. You took a broken man and you made him whole and each day I will be grateful... I am grateful for everything you have given to me. So now I take you my friend...my best friend, my partner, and the love of my life, for better or for worse, in sickness and in health, for now, forever, for always." (Sam Swarek)
O grande dia chegou: casamento McSwarek!!! Mas não seria um dia comum de Rookie Blue se Andy não se metesse em confusão. Foi bacana vermos toda a tensão da noiva em não querer estragar o grande dia, começando com a superstição de não deixar Sam vê-la antes do casamento. Andy estava radiante como noiva, apesar de eu achar o vestido simples, e sua felicidade estava clara. Adorei os 5 minutos que ela teve com Nick e a forma como os dois mostraram que amadureceram. Por mais que eu tenha curtido McCollins, eu sempre fui McSwarek e saber que Andy e Sam viverão felizes para sempre foi um presente para mim. E é óbvio que eu ri demais com a cara que ela fez quando rasgou o zíper do vestido. Ainda bem que Nick estava lá para costurar e salvar o dia da Andy.

Uma pena que ele não esteva presente quando aquela menina louca roubou o carro da Andy e a deixou sozinha com um rapaz machucado no meio do nada. Tudo bem que o seriado é policial, mas senti que tivemos uma falha nisso. Mesmo depois do casamento, não soubemos mais nada sobre a garota e se encontraram alguma pista sobre o caso. Parece que aquilo foi deixado lá aleatoriamente só para dar os minutos do seriado. Mas eu curti ver o Sam surtando com a hipótese da Andy ter fugido e desistido do casamento. Ainda bem que Duncan fez algo de bom pelo menos uma vez na vida e rastreou o telefone da Andy e salvou o grande dia. E assim, nossa protagonista pode se casar com seu amado, usando uma bota e um vestido remendado pelo seu ex, e viver o seu feliz para sempre. Nós te amamos Andy McNally!
"I had the greatest vows ever and I can't find them, so, here I am looking at you, and this is what I know. I have loved you since the moment I saw you. Loved you and feared you. Well, not you, but, this. I've been terrified to love this profoundly, but not anymore. For good and for bad, for great and for hard, for dreams and for the truth... behind the dreams, I am here. I am yours. Sam Swarek, I choose you. I promise to honor you and cherish you... and while I won't obey you, per se, I will always hear you and I will keep loving one moment after another, one epiphany after at a time." (Andy McNally)
Enquanto Andy se metia em mais uma confusão, Sam tentava ficar calmo e aproveitar os últimos momentos como solteiro. As cenas dele com Oliver foram lindas e por mais que eu tenha sentido falta do Jerry no altar com ele, Oliver foi um perfeito padrinho. Mas o dia também foi repleto de surpresas para nossa amado detetive: seu pai decidiu fazer uma surpresa e aparecer na cerimônia. Por mais que o relacionamento dos dois não seja perfeito, eles tem o mesmo sangue e saber que seu pai foi até lá no dia mais importante de sua vida deve significar alguma coisa, certo? Bom, no final tudo deu certo e nosso amado casal trocou as alianças, fez juras de amor e prometeu a eternidade um para o outro. Desde o piloto, era destino Sam e Andy se conhecerem e ficarem juntos. E saber que esse amor só cresceu e amadureceu com o tempo foi lindo de se ver. Espero ver o que aconteceu depois do sim, depois do feliz para sempre. Mas não sei se esse é o plano dos roteiristas e criadores do seriado. De qualquer maneira, foi tudo perfeito até agora. E eu não poderia estar mais feliz com o que eu vi durante esses 6 anos.

Sim, Sam e Andy se casaram e eu não posso estar mais feliz com isso! Mas e quanto aos outros personagens? Será que Gail Peck não conseguiu adotar a adorável Sophie? Pois bem, isso ficou em aberto. Por mais que no episódio anterior ficou sub entendido que Gail pode não ganhar a guarda da garota, nada ainda foi dito. Espero que tenhamos uma outra temporada para sabermos se Gail será mamãe ou não. Sem mencionar que foi hilário a cara que Chloe e Chris fizeram quando descobriram que Gail passou a noite com a detetive bonitona que veio substituir seu irmão na 15ª Divisão. São momentos como esses que sentirei falta. Outra notícia boa foi saber que nossos rookies favoritos continuam firmes e fortes na 15ª Divisão, bom, exceto Duncan que veio até o casamento Sandy para se despedir de sua mentora e exibir seus passinhos de danças sensacionais. Duncan nunca foi um rookie perfeito, mas ganhou muito no meu conceito ao ajudar Oliver sem mesmo saber que estava ajudando.

Agora que todos, digo, quase todos os rookies continuam na 15ª Divisão, Oliver conseguiu recuperar seu antigo posto como Chefe e vimos nossa amada Traci Nash sendo promovida a Sargento Detetive. Depois de tudo o que ela passou, ela mereceu essa promoção. E olha a nossa grande surpresa: Dov Epstein está mais perto de ser Detetive. Isso mesmo, o desajeitado policial que já aprontou muito ganhou uma chance em ser treinado pelos melhores detetives da divisão. Só eu estou louca para ver Dov sem a farda e aprontando um monte como detetive? Imagina as loucuras que ele poderá causar? A parte mais triste foi saber que Nick Collins pode ter se despedido da 15ª Divisão e da série. Ele foi atrás de seu amor, Juliette Ward, e foi para Vancouver bem no dia do casamento da Andy. Por mais que eu tenha gostado do romance dele com a Ward, vou sentir muita falta do Nick no seriado! Meu coração está profundamente devastado com a possibilidade de não poder mais ver esse homem sem camisa! Calma! Eu sou eternamente Sam Swarek, mas agora que Sam é um homem casado, tenho que partir para um solteiro e nada melhor do que Nick Collins para ser esse homem em minha vida, rs.

Minha reação com a possibilidade da saída do Nick e o fim da série!
Agora que nossos rookies não são mais tão rookies assim, e que Sam e Andy finalmente se casaram, fica a grande pergunta: será que a ABC renovará o seriado para mais uma temporada? Caso eles decidam não renovar, eu sei que esse 6x11 foi perfeito como um todo e digno de um series finale, porém, eu ainda não estou pronta psicologicamente para me despedir desse maravilhoso seriado. Para mim, ainda existem histórias a serem contadas e eu quero saber o que aconteceu com meus personagens favoritos depois dos eventos dessa maravilhosa 6ª temporada. Na verdade, ainda não estou pronta para dizer adeus à nenhum desses personagens que tanto amo, mas sou eternamente grata por ter conhecido essa série durante a mid season. Obrigada a todos por me acompanharem nas reviews e espero que essa não seja a minha última review de Rookie Blue. Até breve, rookies!!

McSwarek is end game! 

PS: O que foi o Sam errando a aliança? Hilário!!!!
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

3 comentários:

  1. Showwwww ... Gabriela... como não amar?? SANDYFOREVER... <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, como não amar esses dois? casal perfeito demais!

      Excluir
  2. E acabou mesmo.
    Amei o episódio final, chorei muito com o casamento, que coisa mais linda, mas agora estou com aquela tristezinha de luto... snif.

    ResponderExcluir