[ESPECIAL] As Piores Series Finales


"This is the end. Hold your breath and count to ten." (Adele)

Todo seriador já sofreu com a possibilidade de cancelarem seu seriado favorito ou com o temível fim de sua tão amada série. E quem diria que Adele poderia muito bem explicar esse sentimento de perda com a maravilhosa canção Skyfall? Pois bem, a letra da música pode ter sido escrita para mais uma aventura de 007, mas se encaixa perfeitamente nesse sentimento de perda que os fãs têm com seu seriado favorito. Afinal, quem nunca ficou apreensivo com a possibilidade de ver um cancelamento precoce acontecendo por conta da baixa audiência?

Muitos seriados conquistaram o público trazendo originalidade para a TV. O problema começa quando a audiência começa a subir a cabeça dos produtores, criadores e o Presidente do canal não quer em hipótese alguma que sua galinha de ovo dourados saia da grade. O que os fãs ganham com isso? Enrolação e um final nenhum pouco digno. Diante disso, montamos um especial com as piores series finales até o momento. A tarefa não foi fácil, pois precisamos deixar de lado nosso lado fã, cortar relações com o seriado e tornar uma bitch de primeira. Preparados para saber se sua série favorita teve um final insatisfatório, ou, até mesmo, péssimo? 

Lembrando que essa coluna pode conter SPOILER!!!




Veronica Mars


"A long time ago, we used to be friends". Quem nunca cantarolou a música tema de abertura de Veronica Mars? Por deliciosas 3 temporadas, Veronica divou na TV e mitou um novo conceito de espionagem e dramas adolescentes. Infelizmente, o fechamento do UPN para a formação da CW trouxe o cancelamento precoce do seriado. O final não foi nenhum um pouco satisfatório e deixou muitos fãs ansiando por uma conclusão na vida de Veronica e de seus amigos. Graças aos fãs, o seriado conseguiu arrecadar dinheiro suficiente para uma continuação no cinema o que acabou agradando os fãs e trazendo um final um pouco mais satisfatório que o da series finale. Embora ainda não sabemos se Veronica e Logan viverão felizes para sempre, o que sabemos é que a nossa amada jovem espiã seguiu os passos do pai, ficando no lugar dele na Mars Investigações, mas só sabemos disso no filme, pois a series finale pouco se sabe qual o rumo dos personagens que amamos.


Sheldometro

Aceito sua premissa, mas rejeito sua conclusão

Revenge



Depois de 3 temporadas bastantes satisfatórias, os produtores e criadores viram o sucesso subir a cabeça e transformaram Revenge num dramalhão pior que as novelas atuais das 21h da Globo. Ressuscitaram o pai da protagonista só para matá-lo no episódio final da série. Mas isso não foi nada: os roteiristas se perderam em tantas vinganças que deixaram um final confuso com uma possibilidade de um spin off que poderá acontecer num futuro. Isso porque Paul Lee, Presidente da ABC Studios, revelou ao site Deadline que produzir um spin off da série Revenge é um dos planos do canal. Com o nome de Kingmakers, o spin off teve seu episódio piloto produzido e roteirizado por Sallie Patrick, porém o canal não aprovou, mas isso não impede de continuarem com a ideia. “Decidimos não seguir com o episódio piloto de ‘Kingmakers’, mas ‘Revenge’ é uma marca maravilhosa ao redor do mundo e isso não nos impede de fazê-la novamente”, revelou. De qualquer jeito, o final do seriado deixou muito a desejar, já que a vingança que Emily Thorne / Amanda Clark tanto queria acabou de forma meio boba, com Victoria morrendo e seu coração sendo doado para sua arqui inimiga (foi o que entendemos). Muito clichê, não?

Sheldometro

Bazinga, I don't care!

Dexter




O último episódio de Dexter é um dos exemplos mais notórios de piores finais da história das séries. Durante 8 anos, os fãs se sentiram traídos e decepcionados com o final. E olha que o seriado tinha uma história inteligente, atores maravilhosos e a crítica adorava a série. E o que os fãs ganharam com tudo isso? No último episódio da série, Debra morreu; o filho de Dexter fica com a namorada psicopata (Hello!!!); e Dexter, o final dele foi pior do que se esperava. O protagonista decidiu se isolar na floresta e viver como lenhador. WTF?! Isso mesmo, de serial killer, ele se transforma em lenhador numa floresta. Não é nenhuma Bazinga, é a pura verdade. E para piorar existem alguns rumores de que o seriado possa voltar. Isso tudo porque o Presidente do Showtime, David Nevins, respondeu à Associação dos Críticos Televisivos dos Estados Unidos, o presidente do Showtime, que se houvesse uma possibilidade de alguma série antiga retornar à programação da emissora, essa série seria Dexter. Eu só pergunto uma coisa: os produtores vão fazer o que agora? Piorar mais ainda o seriado? Mas como desgraça pouca é bobagem, vamos deixar Nevins sonhando com o retorno de Dexter e apagar o pesadelo da series finale da nossa memória. 

Sheldometro


Perdi todos esses anos da minha vida pra isso?

Prison Break




Preciso confessar uma coisa: por mais que eu ame Prison Break, não via a hora que a saga dos irmãos  Michael Scofield e Lincoln Burrows chegassem ao fim. Isso porque eu não aguentava mais vê-los fugindo do governo e tamanha enrolação que foram as duas última temporadas. Imagina a minha cara de decepção quando descobri que Michael tinha morrido! Juro que tive vontade de mandar dar uma surra nos roteiristas do seriado. Depois de tudo pelo o que os dois passaram, Michael morre no final? Sério! Sem nenhuma explicação, apenas um flash forward  de 4 anos mostrando Sara e seu filho visitando um túmulo que é o do Michael. E esse foi o final do seriado! Todos os meus ataques cardíacos foram para nada. Até tentaram fazer um telefilme pra contar o que aconteceu, mas foi tão decepcionante quanto o final anterior. E agora existe a possibilidade da série retornar depois do felizes para sempre a antes da morte do Michael, ou seja, estão tentando concertar a besteira que fizeram. Só não sei como farão isso já que os protagonistas estão comprometidos com uma nova série da CW, Legends of Tomorrow, e não sei se os fãs terão paciência para mais enrolação!

Sheldometro


Isso é pior que George Clooney como Batman


Arquivo X



"A verdade está lá fora". Essa frase de Arquivo X representa muito bem a series finale de um dos seriados mais queridos pelos geeks de plantão. O problema é que o seriado é tão bem construído que para fazer uma series finale perfeita é complicado, mas deixar respostas no ar é algo que não agradou nenhum pouco os fãs. Com um final decepcionante, vimos Mulder retornando para não dar nenhuma conclusão. Muitas pontas ficaram soltas e tentaram explicar nos dois filmes que surgiram pós seriado, mas nada que empolgassem os fãs. A grande esperança está por conta do retorno de Arquivo X como mini série em 2016, mas não devemos esperar muitas respostas, apesar da promo nos deixar ansiosos para o que está por vir. 

Sheldometro


Perdi todos esses anos da minha vida pra isso?

Gilmore Girls



Meu amor por Gilmore Girls me fez relutar muito por colocar o seriado nesse especial, mas não teve jeito: a decepção foi maior que o amor incondicional pela série. Durante 7 anos, Gilmore Girls foi um presente na minha vida. Com diálogos rápidos e lições de morais, o seriado logo entrou na lista do meu Top 10 séries viciantes. E era óbvio que a expectativa da series finale era grande demais. Mas saber que muitas coisas ficaram em aberto não me agradou nenhum pouco. Será que Lorelai ficou com Luke? Parece que sim, mas ficou muito jogado. E como assim a Rory recusou o pedido de casamento do Logan? Por mais que eu seja Team Jess, Logan e Rory eram perfeitos um para o outro e tudo indicava que estava destinados a ficarem juntos. Mas ela terminou com ele e eu nunca saberei como ficou a relação entre ela e Lorelai. :( 

Sheldometro

Aceito sua premissa, mas rejeito sua conclusão

How I Met Your Mother


Quem esperou 9 anos para conhecer a mãe e acreditou na linda história de amor de Ted e a mother, digo, Tracy, levanta a mão? Pois bem, imagina a minha reação ao descobrir que a mãe morreu? Até aí tudo bem, eu poderia entender que o fato dela ter morrido levou o Ted do futuro contar ao seus filhos sobre como ele conheceu a sua esposa e mãe deles, mostrando momentos épicos como o guarda chuva amarelo e a briga da ovelha, mesmo não entendendo porque uma pessoa em sã consciência falaria mais dos 4 amigos do que a sua alma gêmea, mas até daria para aceitar. Porém os roteiristas e criadores da série se arrependerem de não terem colocado Robin Scherbatsky como a mãe e fizeram o que? Com que toda a história ouvida durante esses 9 anos fosse uma maneira de Ted pedir o aval de seus filhos para ficar com a mulher por quem ele sempre amou, mas que nunca estiveram na mesma sintonia. Ah, depois da temporada toda ser sobre o casamento de Barney e Robin, eles se separam no final. Até poderia soar romântico, mas acabou com toda a mitologia da série e trouxe uma revolta geral dos fãs que perderam longas 9 temporadas só para ver Ted com a Robin again e saberem que a mother morreu e que nunca passou de uma segunda opção para o arquiteto. Uma vergonha! 


Sheldometro

Perdi todos esses anos da minha vida pra isso?


House 



Havia um tempo que o Dr. House fazia diferença na TV. Talvez seja depois da palhaçada de tirarem Cuddy do seriado que House  foi perdendo a força, mas uma coisa é certa: a última temporada deixou muito a desejar. Mas a series finale foi muito sofrível de se assistir. Depois de ter sido ameaçado de ser preso (já perdi as contas de quantas vezes isso já aconteceu com ele, rs), House finge sua morte para passar os últimos dias de Wilson, que está com um câncer terminal, em liberdade. Sério, não sei de onde tiraram essa ideia de matar o único personagem que atura House? Tudo bem que eu chorei quando vi a última cena de House e Wilson juntos, mas nada que pudesse marcar. Acredito que os roteiristas estavam de saco cheio do House e de sua mania de ser sempre o centro das atenções e quiseram se vingar do médico dando um final tão sem graça como vimos.

Sheldometro


Isso é pior que George Clooney como Batman


Two and a Half Men



Havia um tempo em que Charlie Sheen tinha graça e era a essência do seriado até o momento da sua briga com os criadores de Two and a Half Men acontecer e eles decidirem matar o protagonista do sitcom. O resultado acabou mudando o rumo da série e por mais que Jon Cryer tenha recebido o merecido reconhecimento e destaque no seriado, o show jamais foi o mesmo. Somando a saída de Sheen com o crescimento de Jake, as coisas só foram piorando. E eu nem culpo a tentativa frustada de colocarem Ashton Kutcher para substituir Sheen. O fato é que a series finale doeu muito para os fãs e passou longe de ser engraçada. Mataram Charlie Harper para no final Alan descobrir que tudo era mentira. Isso mesmo, Charlie estava vivo e era mantido num cativeiro por Rose. Até aí, tudo bem. O problema foi vermos uma sequência em animação totalmente sem graça mostrando a fuga do irmão mais velho. Como desgraça pouca é bobagem, os criadores decidiram mostrar que Charlie Sheen não era ninguém e mataram (agora de verdade) o personagem depois que um piano o atinge, Sério que esperamos tudo isso para ver uma sequência de cenas totalmente sem graça?

Sheldometro

Perdi todos esses anos da minha vida pra isso?

Sex and the City




A crítica sempre adorou Sex and the City e eu também. Imagine a minha cara de decepção quando eu vi a series finale? Pois bem, se tivesse um buraco no chão para eu me esconder, eu me esconderia de tanta vergonha que senti dessa series finale. Parecia que tudo o que eu tinha visto nas 6 temporadas foram tudo mentira. Tudo bem que adorei ver Charlotte conseguir um bebê. Mas Samantha com câncer? E o que dizer de toda a situação em Paris com Carrie? Não era a personagem que nos acostumamos a ver. Era outra série e por mais que os dois filmes tenham superado o final da série, a decepção foi tanta que sinto uma gastura quando lembro dessa series finale.


Sheldometro


Eu disse que podia entender, não que eu me importava


Roseanne



Já pensou assistir ao último episódio de sua série favorita e descobrir que toda a trama era, na verdade, um livro de memórias semi ficcional? Pois bem, foi isso o que Roseanne mostrou ao mundo em sua series finale. E para piorar um pouquinho mais, várias das situações vividas pela família não tinham acontecido, como ganhar na loteria e Dan Conners (John Goodman) está morto. O quê????? Sim, tudo isso é a pura verdade!!! Pior final de temporada ever e um exemplo clássico de destrato aos fãs. 

Sheldometro

Perdi todos esses anos da minha vida pra isso?

Alias




Todo mundo sabe que J. J. Abrams é o cara. O grande nome do momento, consagrou estrelas como Keri Russell (Felicity), Evangeline Lilly (Lost), Anna Torv (Fringe) e Jennifer Garner (Alias). Antes de se tornar a esposa de Ben Affleck e ter um divórcio bastante impactante nas redes sociais (parece que até a babá ganhou mais destaque do que a atriz), Garner conquistou o mundo ao interpretar Sydney Bristow, uma agente-dupla da CIA. Talvez esse tenha sido o seu melhor papel na TV, mas o fato é que J.J. Abrams e Jennifer Garner arrasaram com Alias até que a series finale detonou com a série. O motivo foi o grande enfoque sobrenatural (numa série de espionagem), que resultou na união da protagonista com Jack e Vaughn se unem para impedir Irina e Arvin Sloane de trazer o inferno para a Terra. Só que Sloane acaba sendo aprisionado em um templo após se tornar imortal. Hello?! Sim, isso aconteceu em Alias e muito tempo depois J.J. Abrams criou Fringe. Coincidência?

Sheldometro


Isso é pior que George Clooney como Batman



True Blood




A modinha dos vampiros invadiu a HBO e conseguiu enlouquecer a mulherada e os homens. Acredito que tirando a 1ª temporada, o restante foi sensacionalismo puro, mas não sou ninguém para julgar até porque acompanhei a saga da safada Sookie Stackhouse e a turma de Bon Temps. Por mais que a última temporada de True Blood tenha conseguido traçar uma história bacana, o final deixou muito a desejar. Muitos fãs torciam para que Sookie ficasse com Alcides, mas os dois não ficaram juntos porque Alcides morreu no meio da temporada. Então os fãs esperavam que o óbvio fosse acontecer: Sookie ficaria com Bill, seu primeiro amor. Mas a series finale mostrou outra coisa quando Bill pediu que Sookie o matasse. WTF? Sim, Sookie matou Bill por amor. E por mais bizarro que isso possa parecer, eu jurava que tinha algo poético nisso. Acredito que como os fãs, achei que a morte de Bill mostraria que Sookie estaria livre e poderia ficar com Eric. Engano meu, nosso, sei lá. Ela ficou com um qualquer e Eric virou uma estrela. Loucura, não? 

Sheldometro


Perdi todos esses anos da minha vida pra isso?



Will and Grace



Eu amo Will & Grace e sempre vou amar, mas não posso negar que o episódio final foi triste e confuso demais. Os amigos inseparáveis desde o momento em que se conheceram ficam anos separados, vivendo suas vidas ao lado de outras pessoas e tendo filhos. Aliás, se não fosse por esses filhos, eles nunca voltariam a se ver – o reencontro acontece quando eles estão ajudando os jovens a se mudar para a faculdade e descobrem que eles vão estudar no mesmo lugar. Mas isso só se viu nos últimos minutos do especial de uma hora. Eu me senti enganada pelos roteiristas quando percebi que Will e Grace não eram mais amigos. Sim, meu mundo acabou. #Xatiada

Sheldometro

Bazinga, I don't care!

Lost




Outro sucesso de J.J Abrams que viajou muito na maionese. Mil e uma teorias para saber o que aconteceu com os personagens de Lost para que no final o óbvio prevalecesse: estavam todos mortos. What? Como assim? Eles não foram abduzidos não? Não, todos morreram e estavam num tipo de purgatório. Lembro-me muito bem quando a série surgiu e das teorias que rolavam no orkut. Eu sempre achei que eles estavam mortos, mas comecei a desconfiar do óbvio porque a série era escrita e produzida por J.J. Abrams, mas no final eu estava certa e acabei me decepcionando pois esperava alguma outra explicação que pudesse nos deixar de boca aberta e não algo tão previsível e clichê. 

Sheldometro


Perdi todos esses anos da minha vida pra isso?

Gossip Girl



Depois de muito blá blá blá, o seriado ultra estiloso da CW chegou ao final com um episódio que prometia desvendar o grande mistério da série: quem era a garota do blog, digo, a Gossip Girl? O mistério foi revelado e deixou muita gente com cara de cão chupando manga ao descobrir que Dan Humphrey era a fofoqueira de Upper East Side. Som, o menino solitário era o grande manipulador do seriado e a explicação foi a pior que eu já vi em toda a minha vida como seriadora. Como se não bastasse a decepção em descobrir que o chato do Dan era a G.G, ainda tive que me contentar com um casamento meio pé de chulé de Chair. Ou vocês acham que Blair Waldorf é mulher que se casa às escondidas num meio da rua? Blair é mulher que se casa no Palece ou num Castelo e por mais que o amor dela por Chuck a tornou uma pessoa melhor, esse casamento pareceu um desperdício de figurantes. I know you love me. Xo xo, Gossip Girl.

Sheldometro


Perdi todos esses anos da minha vida pra isso?




Entourage


Irene Cara escreveu uma vez: "(Fame) I'm gonna live forever. I'm gonna learn how to fly (High). I feel it coming together. People will see me and cry" e Mark Wahlberg decidiu produzir uma série que retratava a sua vida de uma forma um pouco menos convencional. E assim surgiu Entourage . Durante um tempo, a HBO tinha as melhores séries na sua grade e Entourage era uma delas. Até que a 8ª temporada chegou e o seu fim era certo. Mas o que aconteceria com os garotos? Bom, muita decepção para os fãs. Isso porque Eric e Sloan voltam pela milésima vez e ele descobriu que seria papai. Mas isso não foi tudo. Vince decidiu se casar com uma who e levou toda turma para Paris. E nosso amado Ari tomou a decisão de se aposentar, levando os fãs a um momento de ataque histérico. Com um final muito simples e bobo, a série tem sua chance de se readmitir com o filme que chegará aos cinemas brasileiros ainda nesse ano.

Sheldometro

Isso é pior que George Clooney como Batman

The Following



 Kevin Williamson (ScreamDawson's Creek) até que mandou bem quando lançou The Following  na TV. E a volta de Kevin Bacon aos seriados ajudou muito o seriado conquistar muitos fãs no primeiro ano. Acontece que depois de 3 anos, a série foi perdendo força e grande parte disso se deu pela tentativa de trazerem novos seriais killers para a trama. Joe Carrol é insubstituível e isso ficou claro com a sua morte. A audiência começou a diminuir e o resultado foi o cancelamento da série. E o que os fãs ganharam com tudo isso? Uma series finale confusa, repleta de clichês e um final decepcionante. Tudo começou quando Ryan Hardy conseguiu atingir o grande vilão, mas esse não morreu com o tiro na cabeça e puxou Ryan para uma cachoeira no meio do nada. Mas a série não terminou assim. Vimos um Ryan visitando sua amada que está grávida e decidido a fingir de morto para pegar os bandidos que estão soltos. A impressão que ficou é que Ryan Hardy era viciado em seriado, além de bebidas, e Revenge era sua série favorita.  


Sheldometro

Bazinga, I don't care!


Weeds



A dramédia Weeds sempre foi elogiada pela crítica. Com uma atuação impecável de Mary-Louise Parker, os fãs esperavam mais da series finale. Alguns fãs até chegaram a dizer que a última temporada lembrava muito as primeiras, mas a verdade é que Weeds se perdeu no próprio sucesso. O final da série destruiu, desconstruiu e pisoteou em cima dos personagens. O que a série levou anos para fazer, ela conseguiu destruir nas duas últimas temporadas. Se os Botwin eram fortes porque estavam unidos, eles terminaram fracos e miseráveis porque estavam separados. Se Nancy era a mulher forte que era por ter determinação, ela terminou fraca e em lágrimas, abrindo mão do tema de sua vida, a maconha, por nada. A série, que não tinha um ritmo tão acelerado assim, surpreendeu no final e deixou as pessoas sem ação. 


Sheldometro




Isso é pior que George Clooney como Batman



Big Love




Quando fomos apresentados a Bill, Barb, Nicki e Margie em 2006, rapidamente ficamos sabendo sobre o que a série queria mostrar: o amor imenso entre quatro pessoas. E foi isso o que Big Love tentou nos mostrar durante sua existência na TV. Até que veio a series finale e o amor virou uma tristeza imensa. Com a morte de Bill, os fãs viram um final sem fim. Isso mesmo. E muitas das perguntas que os fãs queriam saber ficaram sem respostas, de forma que seria necessário que a série voltasse ao ar para que tudo fosse devidamente esclarecido, mesmo que fosse num especial de lavagem de roupa sujas.

Sheldometro

Aceito sua premissa, mas rejeito sua conclusão



Seinfeld


Criada por Larry David e Jerry Seinfeld, a série contava a vida de 4 amigos em NY. Semelhanças com Friends são puras coincidências. Falando sobre o nada, o sitcom foi um sucesso nos EUA e terminou da mesma forma que a série começou: com uma conversa medíocre, do dia a dia. Teve gente que gostou, mas não faltou quem criticasse o desfecho. Isso porque a audiência foi altíssima e dizem que os comerciais da series finale foram pra lá de milionários. Imagina a decepção dos donos da emissora quando leram as críticas? 

Sheldometro

Eu disse que podia entender, não que eu me importava

Desperate Housewives



Durante 8 anos, as mulheres de Wisteria Lane conviveram com o alcoolismo, câncer, traições e ameaças diretas a suas vidas, mas no final da série de TV,  as quatro Desperate Housewives tiveram um final de conto de fadas. Mas não foi só disso que girou a series finale: o “elemento surpresa”,  que acabou aparecendo no final, eram fantasmas! Sim, fantasmas. Com um final previsível, repleto de clichês e fantasmas aparecendo, as donas de casa se despediram da TV e dos fãs de forma tão esquecível que Mary Alice deve estar se revirando no túmulo de tanta decepção.


Sheldometro



Isso é pior que George Clooney como Batman




Heroes



Quando Heroes estreou na TV, muitos acreditavam que a série seria a solução para a mesmice. Infelizmente, eles estavam errado e os roteiristas não souberam usar o sucesso do show de forma produtiva e se perderam na trama. As histórias foram ficando ruins e era de se esperar que o último episódio da série fosse péssimo. Com um fim daqueles que não parecia fim, deixando todos se perguntando por que assistiram até ali, Heroes é o clássico exemplo de que sucesso não é tudo. Sem um desfecho digno aos fãs, por conta do cancelamento, o seriado retornará como minissérie na próxima fall season, mas nem todos os personagens do seriado irão aparecer, o que deixa claro que a series finale foi mesmo o final da série e o que vai aparecer agora é outra história. 

Sheldometro



Isso é pior que George Clooney como Batman

24 Horas



É como muita dor no coração que venho criticar a series finale de 24 horas. Por mais que eu tenha achado poético a forma como Jack Bauer lidou em seu último dia, tenho que concordar que o final não foi perfeito e teve muitas falhas. O último episódio poderia muito bem ser qualquer um de qualquer temporada, não tinha cara de series finale e muitas coisas ficaram soltas no ar. Não tinha cara de final, nem parecia que o agente nunca mais teria uma missão. Há quem diga que uma das razões tenha sido o fato de que o seriado já estava fazendo hora extra. Mas também não precisava ter deixado tudo tão no ar, ao ponto do personagem principal simplesmente desaparecer. Para nossa sorte, se é que foi sorte, decidiram colocar uma minissérie que contou o que aconteceu com Jack depois da series finale24 horas - um novo dia para morrer também não trouxe respostas, apenas deixou claro que os dias de Jack Bauer são dias repletos de ação e ameças terroristas. Portanto, teremos que nos acostumar com essa história de vê-lo desaparecer até que uma nova missão chegue.


Sheldometro


Aceito sua premissa, mas rejeito sua conclusão

Como um ciclo na vida, alguns seriados poderão nos decepcionar em suas series finales, mas devemos nos arriscar porque nunca se sabe se teremos um final digno ou decepcionante. Nem sempre o que uma pessoa gostou, a outra gostará. Diante disso, comentem qual season finale você mais detestou ou se decepcionou. Faltou alguma série? Não deixem de comentar e lembrem-se: nunca se sabe quando seu seriado favorito será cancelado. Até mais!

PS: Escolhemos o Sheldon Cooper (The Big Bang Theory) como nosso termômetro (Sheldometro). Qual personagem vocês gostariam de ver num próximo especial? Não deixem de comentar.
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário