Empire 2x01 - The Devils Are Here

"Game time, bitches!" (1x12); "Game over, bitches." (2x01)

E a minha queridinha está de volta com um início de temporada maravilhoso! Teve menos música que de costume? Teve. Mas os diálogos e as novas tramas preencheram as linhas, encaixaram os plots e me fizeram ansiosa por mais da série! Poder, dinheiro, música, crime e família, a ordem dos fatores não altera o resultado que culmina numa combinação perfeita para continuar contando a saga dos Lyon - tanto individualmente quanto como um todo. 

Abordando questões sociais desde sua estreia (homofobia, racismo, preconceito e bipolaridade), tivemos o início do episódio com uma campanha #FREELUCIOUS e Cookie, no maior estilo Cookie, dentro de uma jaula, vestida de gorila e repetindo para a plateia "por mais quanto tempo nos tratarão como animais?" Óbvio que ela não esqueceu do assassinato de Bunkie, mas a família sempre veio em primeiro lugar e os planos de tomar o poder e tirar a Empire da sombra de Lucious continuaram vivos até que Mimi (Marisa Tomei aka uma participação maravilhosa) deu o golpe naqueles que achavam estar à frente da situação, estabilizando a hegemonia consolidada no final da última temporada, minando a aproximação mãe e filho e neutralizando toda e qualquer ação de Andre, Hakeem, Cookie e Anika - que ainda devem estar ouvindo a gargalhada do Big Lyon. Ouch!

Enquanto Hakeem quase não apareceu - exceto para servir de alívio cômico e fazer as vezes de Quico contando tudo pra sua mamãe -, Andre e Rhonda continuaram tentando esquecer sobre o assassinato de Vernon (será mesmo que ele vai tirar esse peso das costas?) e Jamal... bem, Jamal está endurecido e a última cena do capítulo mostrou que, aquilo que ele tem do pai dentro de si, está aflorando em proporções avassaladoras e deve durar por toda a temporada! "Você é rude, ele é bruto e ambos não são aceitos pela sociedade," Becky sobre os Lyon mais novos, sempre ótima e roubando a cena; juntamente com Porsha, são o frescor para todo o drama da série. 

Cookie e Lucious, separados, rendem cenas maravilhosas, mas quando estão juntos é pra agradecer de joelhos por tamanha química! Ela relutou e adiou enquanto pôde a fazê-lo uma visita na cadeia ao longo destes 3 meses, mas a volta de Frank Gathers trouxe o medo e o terror de volta às vidas dela e de Carol. Receber a cabeça do cunhado, dentro de uma caixa repleta de rosas vermelhas, foi o estopim e ela precisava fazer alguma coisa. Adorei a ideia de escalarem Chris Rock para interpretar o grande narcotraficante e mais ainda o diálogo entre ele e Lucious, quando este achava estar executando o papai Lyon "make it fast and make it quiet," mas acabou ouvindo um “make it loud and make it long,” sendo morto por seus próprios comandados. "Você sempre quis comandar as ruas, eu sempre quis comandar o mundo," e ele tem mostrado, dia após dia, que conseguiu chegar no topo mesmo trancafiado numa cela. E dai voltamos pra Cookie, nessa conturbada relação de amor e ódio, depositando toda a esperança de que Lucious salvaria o dia e manteria a família em segurança, mesmo de dentro da prisão. Tão impressionante quanto essa certeza foram os tapas em Jamal por perceber que ele está transformando-se no pai, com requintes de cinismo e dureza extremos. Foi de cortar o coração ele falar pra ela, em tom seco e olhar cretino um “you done now, lady?” ao abrir a porta e expulsá-la da casa do pai. HOW DARE YOU, MAL?

A estreia da 2ª temporada foi a melhor possível, contou com participações especiais dos já citados Chris Rock e Marisa Tomei, Al Sharpton e André Leon do ANTM - desdenhando do Gucci da temporada passada da Cookie, apenas genial -, trouxe novas tramas e as manteve interligadas com os novos plots. Mesmo com uma promotora no encalço - principalmente usando o nome de Vernon para tentar cavar algo - parece que os dias de Lucious vestindo laranja não durarão muito, mas os problemas para todos estão apenas no início e o promo resumindo o que virá tem FBI, gravadora nova e mais confusão! Esta temporada de Empire promete! Todos prontos pra meses preenchidos por Lyons?

PS.: Chris Rock falando estar com fome antes do assassinato foi tããão Hannibal!
PS¹.: Marisa Tomei virando a cadeira e a cara de bicha destruidora do Jamal: essa foi a melhor virada de cadeira do universo, sorry, realitys musicais!

Melhores frases:

“I thought I told you to sleep with her.” / “I did.” / You can’t even dyke right!” - Cookie pra Anika sobre Mimi.

“It's crazy how I can love your ass and hate you at the same moment.” - Lucious para Cookie.

“...but I love Cookie and if you’ve got war with her, you’ve got war with me!” - Lucious pra Frank.
Share on Google Plus

About Vanessa Reis

Hey 23, call me! (@neereis)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário