Empire 2x04 - Poor Yorick

Resta Um...

E há quem ache que o jantar de Natal é constrangedor! O 'dia da família' dos Lyon foi o oposto do que eles pensavam e exatamente igual ao que imaginei. Ego ferido, adaptação moderna de Caim e Abel, ameaças, mentiras, trapaças e um final de tirar de o fôlego!

Enquanto Jamal, enfim, voltava ao estúdio com uma balada forte, o FBI fazia uma limpa na Empire, na Dynasty e na casa de Lucious, tentando encontrar qualquer documento que o ligasse à morte de Bunkie. Este poderia ser o início de uma grande crise, se não fosse do papai Lyon que nós estivéssemos falando! "Se os federais invadem sua casa, isso te faz um gângster", este foi o momento certo de "rugir", de aproveitar o BOOM na mídia e avançar com os negócios, demonstrar poder e força e, mesmo odiando o Lucious, tenho de dar o braço a torcer no que diz respeito a aproveitar as oportunidades quando o assunto é fazer negócios. Para tal, o dia dos Lyon contou com a gravação de um clipe onde Mal e Keem lutavam contra as forças opressoras da ação policial - remetendo a um roteiro Super Xuxa Contra o Baixo Astral num cenário Mad Max sem deserto -, mas terminou em mais um embate entre irmãos - completamente fomentado pelo cretino pai - e outra oportunidade de pisar nos sentimentos do caçula.

"You know why I made Jamal the head of the company? Because he can do the work without his mama," e quanto eu odiei (mais!) o Lucious nessa hora! Hakeem e Cookie tem construído uma relação tão bonita e de troca que o patriarca da família jamais entenderá. Depois de mais uma alfinetada destas, Hakeem não será capaz de deixar a Dynasty pra voltar a ser manipulado pelo pai nesse jogo em que colocar filho contra filho é o entretenimento principal. Existe muita mágoa e rejeição, muito rancor nesse relacionamento pai e filho, aliás, e estar constantemente comparado a outra pessoal completamente diferente de você nunca é uma coisa boa. Pobres Lyon, cada um quer rugir mais alto e não sobra tempo pra apreciar o que o outro tem de bom.

"Dre, if you make this mess go away, you can have anything you want," deu vontade de entrar na tela, puxar Andre pelas orelhas e gritar que ele não precisa da Empire, nem do pai ou de qualquer vinculo com os negócios da família!! Dói demais vê-lo humilhando-se pra ter um pouco de atenção do pai, principalmente quando este só o vê como uma granada prestes a explodir. Ele conseguiu seu posto de volta graças à revelação do corpo de Vernon e, no discurso de despedida, me deu muita vontade de abraçar o Dre! Ele não está bem!!! Lucious dizima os sentimentos de Dre diariamente mas o parabeniza por ter matado o tio, muito mais entusiasmado como quando soube que seria avô, aliás. Antes que me esqueça, Rhonda indo com o marido em busca do corpo de Vernon foi uma cena que passou de hilária pra bastante significativa: eles estavam juntos... inclusive se fossem presos. 

Enquanto Anika foi escorraçada de novo da Dynasty (poor Boo Boo Kitty :T), Cookie passou a maior parte do tempo na sala de interrogatório, com Roxxane ameaçando seus filhos e a leoa mostrou os dentes ao jogar shade sobre a Apex Radio: GENIAL!! Outro ponto a ser considerado neste episódio é a persistência de Hakeem no que tange o grupo de latinas; ou alguém duvida que Laura Calleros será a nova vocalista? E quanto a Dre de volta à Empire e ouvindo a voz de Deus, como isso vai se desenrolar? Ford ainda vai fazer barulho ou continuará a ser pega de surpresa com as "sutilezas" de Lucious - seja atendendo ela completamente nu em sua casa ou colocando Vernon no banco do passageiro de seu carro...

PS.: Cookie e Lucious falando sobre o netinho que ainda nem chegou: AMO!!
PS¹.: Michael ultrapassou o pacote de reviradas de olhos, hein? Bitch, please!
PS².: Trofeu melhor cena do capítulo vai para: Ford e Vernon!

Share on Google Plus

About Vanessa Reis

Hey 23, call me! (@neereis)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário