Grey's Anatomy 12x05 - Guess Who’s Coming to Dinner



CLIMÃO!

Em um episódio excepcional, Grey's Anatomy vem mexer no emocional de todos: personagens e fãs. A morte de Derek, sem sombra de dúvidas é um assunto que não deve ser deixado de escanteio, mas o melhor é que ele veio a ser abordado no momento certo. Não dava para começar a temporada em clima de luto, ainda mais porque o luto já foi ilustrado antes mesmo da temporada passada terminar. No entanto, sabemos que uma morte, apesar de superada, nunca será esquecida, quem já perdeu algum ente querido sabe. E por muitas vezes, quando a ferida é remexida, a dor sentida pode ser agoniante, trazendo à memória exatamente o que foi sentido naquele momento. 

Seguindo esse pensamento, identificamos Penny como o elemento que desencadeou esse turbilhão de sentimentos. Meredith, a maior afetada, seguida de Amelia, ainda tentou manter as aparências. Foi difícil, e além de Alex, quase ninguém percebeu a estranheza em seu comportamento. Mas como para tudo existe limites (exceto para a zoeira, rs) ouvir Penny dizer que está se transferindo para o Grey-Sloan foi demais. A partir daí todo mundo soube de tudo, o climão se estabeleceu e não teve mais volta. As atitudes de Meredith foram muito honestas, sem exageros nem para mais e nem para menos. Amelia também se manteve na medida, mas jurava que sua reação seria muito pior, embora ainda não seja possível saber como ela reagirá quando bater de frente com Penny nos corredores do hospital.

No meio de toda essa confusão, Callie fica sem ação e reação. E com ela sim é uma mistura de sentimentos, porque afinal, de que lado ela deve ficar? E digo isso no sentido de apoio, pois de um lado estão seus amigos e de outro sua mais nova, linda e inteligente namorada. Deu dó na hora em que Meredith bateu a porta em sua cara, e espero, sinceramente, que isso não venha abalar essa amizade.

Ao restante dos personagens é preciso dizer que cada um cumpriu muito bem seu papel de coadjuvante, aparecendo e se manifestando, mais uma vez, na medida. Porém, as minhas palmas vão para April, que conseguiu se colocar no lugar de Penny, exatamente por se lembrar que viveu uma situação parecida, conscientizando todos os outros. Já Arizona ficou responsável por tentar arrancar algumas risadas do público com sua indelicadeza delicada depois de bêbada. Entre um ou outro comentário inconveniente ela conseguiu divertir. E outra que também garantiu momentos mais leves foi Maggie. Seu lance com DeLuca está dando certo e trazendo divertimento, principalmente em momentos como os da vontade louca de fazer xixi.

A situação entre Stephanie e Jo está longe de se resolver. Eu juro que não entendo como essa Izzie genérica insiste em dizer as coisas erradas. A cada dia a personagem retrocede, assim como seu relacionamento com Alex esfria, e tenho quase certeza de que toda essa atenção que ele vem dando à Meredith pode provocar muito mais problemas entre o casal em um futuro bem próximo. 

É engraçado ver que o roteiro caminha para onde tudo indica que Meredith e Alex podem acabar se envolvendo. Já sentia isso desde a saída de Cristina, mas há quem ache que a relação ali ficará apenas na amizade ou até mesmo quem reprove. Eu, particularmente, não acho ruim, nem impossível. É ver pra crer.



Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário