Arrow 4x09 - Dark Waters


Alguém chame o Barry Allen (The Flash) para poder voltar no tempo e mudar a linha do tempo, please!

Quem poderia imaginar que uma simples festa de Natal em Star City poderia virar numa zona de guerra e veríamos nossos personagens queridos correndo risco de vida? A cada cena, a cada tensão, eu ficava agoniada, esperando que algum milagre acontecesse e evitasse o pior. Infelizmente, nem sempre ser um herói significa conseguir salvar a vida das pessoas que você ama. E essa agonia de ver Felicity presa na câmara de gás enquanto dizia que amava Oliver foi de cortar meu coração. Há tempos não sentia algo assim em Arrow e foi bom ver que os roteiristas conseguiram recuperar o fôlego das primeiras temporadas, mas eu ainda não estou preparada para dizer adeus à Olicity.


Desde que vimos Oliver naquele túmulo lá na season premiere eu venho tentando evitar de ficar agoniada ou ansiosa querendo saber quem é pessoa que morreu. Mas depois de assistir a esse episódio e a promo do próximo, só fico martelando mil e uma hipóteses: Felicity Smoak morreu mesmo? Ou será que eles vão fingir a morte dela para evitar que Damien Darhk volte a feri-la? Será que existe uma pequena chance de ser outro personagem e os roteiristas estarem trolando com a gente? Ou será que tudo isso não passou de um sonho, aka pesadelo, de Oliver Queen? Eu sei, parece loucura, mas não sei se quero acreditar mesmo que minha nerd favorita foi dessa pra melhor. Prefiro ainda ter esperanças e torcer por um milagre vindo dos roteiristas para nós fãs da série. As perguntas são muitas, e poucas são as respostas. A única coisa que eu sei é que aquele final do episódio foi de cortar o coração.

Nem vou entrar no mérito da questão de que uma pessoa como Oliver Queen, futuro Prefeito da cidade de Star City, andar num carro não blindado e sem seguranças. Mesmo que ele seja o grande herói da cidade, é um pouco sem noção uma pessoa como ele que está tentando um cargo público andar pela cidade num carro comum, sem proteção alguma. Ainda mais depois de vermos tantos candidatos morrendo no meio de suas campanhas. Nessas horas, o seriado peca muito, pois até Bruce Wayne como civil tem seus "super protetores" e Oliver prefere arriscar a vida dele e de seus amigos por se achar imortal. Tirando esse desabafo, só posso afirmar que esse episódio foi o melhor do seriado dessa temporada e se continuar dessa maneira, ainda poderemos ver muitas reviravoltas na trama. 

Aliás, eu quase infartei com Laurel Lance nesse episódio. Quem poderia imaginar o quanto essa personagem poderia amadurecer e evoluir depois que começou a usar o uniforme da irmã? A amizade dela com Oliver é algo bastante positivo e por mais que os fãs Lauriver tenham ficado bastante excitados com as cenas dos dois, eu prefiro ver Laurel e Oliver como amigos a amantes. Laurel faz parte do passado de Oliver e os dois ainda tem comer muito arroz com feijão para poderem ficarem juntos e esquecerem tudo que vivenciaram. Até lá, o melhor mesmo é cada um seguir seu caminho e lutarem juntos como amigos. E nós sabemos muito bem que depois que Felicity Smoak chegou no seriado, Laurel acabou perdendo espaço no quesito romance com Oliver. 

Falando na minha nerd favorita, o que foi o pedido de casamento? Estou até agora sem ar! Felicity ganhou na loteria e espero de verdade que ela não morra. Não consigo ver o seriado sem o humor ácido da personagem e sua interação com o elenco. Mesmo sabendo que o protagonista é o Oliver Queen, sabemos muito que ultimamente quem vem roubando as cenas são os coadjuvantes. E o seriado não seria o mesmo sem o Team Arrow e os vilões que surgem para dominar Star City. No final, pode até não dar Olicity, mas isso não é motivo de matar uma das melhores personagens da série. Mesmo acreditando que a morte de Felicity possa transformar Oliver em outra pessoa e deixá-lo cada vez mais próximo daquele Oliver Queen das HQs, não sei se estou pronta para dizer adeus à personagem que me apaixonei a primeira vista. 
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário