Chicago PD 3x15 / 3x16 - A Night Owl / The Cases That Need to Be Solved


" Who run the world? Girls!" (Beyoncé).

Estes dois últimos episódios de Chicago PD destacaram a importância do papel feminino na polícia de Chicago. Erin e Kim arrasaram e mandaram ver como policias e mulheres. As duas vem crescendo bastante no seriado e eu amei o destaque que Kim teve no episódio "A Night Owl" (3x15). E vamos começar falando desse episódio, que foi o mais fraco da temporada, mas que mesmo assim nos deixou eletrizados.

Depois de encontrar drogas numa batida policial num carro de um professor universitário, nossa diva Kim Burgess ajudou a Inteligência para desvendar o que estava acontecendo e não é que ela arrasou como detetive? Também, trabalhando ao lado da Erin, era impossível ela não mandar bem. Uma pena que Dick Wolf não veja o potencial da moça e adore colocá-la chorando pelos cantos por Adam. Ainda não consigo entender porque meu casal fofolete está separado, mesmo sabendo que eles se amam?! Sem contar que é um saco não ter cenas fofas Linstead para me animar! O que importa é que as feridas da Kim estão se curando e eu estou na torcida para que Adam faça uma baita declaração de amor para sua ex noiva e a reconquiste antes da season finale, até porque não dá para viver sem Burzek!

A parte mais hilária do episódio ficou por conta de Platt e Roman, que trabalharam juntos. Bom, na verdade Roman decidiu treinar a sua chefona e nós agradecemos por isso. Os dois juntos foi hilário e não poderia ser melhor até porque Platt é outra diva que merece mais destaque no seriado. Adoro o jeito que ela trata seus policiais e a amizade, por mais que estranha, entre ela e Kim é linda demais. Não vejo a hora de ver o casamento dela até porque será tão épico quanto a personagem. Uma pena que Wolf não veja o talento que tem em sua frente e insiste em dar cenas de graças para Antonio. Precisamos de mais Platt, mais Kim, mais Erin, mais Linstead e mais Burzek toda semana! Alguém discorda?

O caso foi bastante tenso, mas Voight soube muito bem conduzir seus pupilos. Por mais que o episódio tenha me dado um sono, o que salvou foi mesmo as mulheres que detonaram. Em contra partida, o episódio "The Cases That Need to Be Solved" (3x16) me fez chorar como uma louca. Também não era para menos, quando matam uma criança, acredito que qualquer um fica vulnerável e as emoções ficam à flor da pele. Erin divou novamente e mostrou que bastou colocar um aplique no cabelo para que ela não desistisse de encontrar o assassino na criança.



E vamos falar a verdade: o que foi o Antonio nesse episódio? Baixou o espirito de justiceiro nele e ele fez de tudo para prender os responsáveis pela morte da criança. Parece que Wolf acordou e lembrou que Antonio não é um figurante no seriado e nem será o próximo Rocky Balboa no cinema. Uma pena que tive que ver as caretas de Antonio enquanto ele choramingava pelos quatro cantos da delegacia em busca da verdade. Se não fosse o meu amor pelos outros personagens, eu teria pulado todas as cenas de Antonio nesse episódio.

Foi um episódio bastante emocionante sim, e ver a turma toda se reunindo para dar adeus ao menino que fora brutalmente assassinado foi uma coisa muito linda de se ver. Sem mencionar a promessa de Voight em colocar o caso como prioridade. Infelizmente, muitos inocentes acabam morrendo no meio dessas briguinhas entre gangues. É uma realidade não só nos EUA, como também no Brasil e demais países do mundo. Mas quando você encontra pessoas dispostas a encontrarem a verdade e prenderem os culpados como os personagens em Chicago PD, parece que recebemos um pouco de conforto. A verdade é que ninguém está salvo de nada e podemos morrer a qualquer momento sendo vítimas da terrível brutalidade que rodeia o ser humano. 
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário