The Flash 2x15 - King Shark


Barry, seu lindo, eu te amo!!!

Antes de falar da cena final do episódio, eu só queria elogiar a excelente atuação de Grant Gustin nesse episódio que tinha tudo para ser mais um filler e não foi. Gustin é um dos motivos de The Flash ser o sucesso que é. Seu carisma e a forma como dá vida ao Barry Allen me conquistam semana pós semana e eu já quero campanha nas redes sociais para um Golden Globes Awards para ele! Se as meninas da CW já ganharam um, porque não Gustin ganhar interpretando o melhor papel da sua vida? Eu chorei junto com ele nesse episódio e não consigo ver outro ator interpretando o herói velocista do que ele. Toda essa culpa que ele sente pelos acontecidos é algo compreensível, mas como bem disse Diggle, ele não precisa carregar tudo sozinho como Oliver Queen.

Se não fosse esse conselho do melhor amigo do Queen, Barry talvez nem se abrisse para Joe e Iris sobre a Terra 2 e como ele se sente, nos presenteando com mais um momento lindo e brilhante de Gustin na TV. Barry é um herói, isso ninguém pode negar, mas ele não é perfeito, mesmo assim, não tem como não torcer por ele e desejar toda a felicidade do mundo, mesmo que seja ao lado da zzzzzZZZZZZ Iris West. Mas uma coisa me irritou profundamente nesse episódio e até mais do Iris costuma me irritar: Wally West. Eita menino chato e sem noção. Tudo bem que Barry não é a pessoa mais divertida da face da terra, mas Wally conseguiu superar a chatice da Iris e me irritou profundamente com seu ciúminho bobo para cima do meu amado Barry. Pelo menos Joe foi um paizão e disse poucas e boas para o novo filho, mostrando que Barry também é da família.

Diggle apareceu em Central City com Lyla - a nova diretora da ARGUS - para capturar o tubarão meta humano e mostrar o quanto fica confuso com a velocidade de Barry. As caras e bocas que Diggle fez são sensacionais e se existe alguém mais fã do Flash que Patty Spivot, esse alguém é Diggle. No final, Barry salvou o dia com a ajuda dos amigos e mostrou que vai fazer o impossível para matar Zoom. Coitado do rapaz! Mal sabe ele que o Jay que eles conheceram pode não ser o verdadeiro Jay Garrik. 

Com a morte de Jay, Caitlin ficou bastante abalada, levando Cisco a crer que sua amiga estaria virando a Nevasca da Terra 2. Cisco é um dos meus personagens favoritos no seriado e as conversas dele com Caitlin e com Harry e Jessie nesse episódio foram bastantes engraçadas, mas nada que superasse a pegadinha da Caitlin pra cima do Cisco. Ela fingindo estar virando a Nevasca foi hilário, ainda mais com a cara que Cisco fez. É muito amor pelos dois e eu espero que se Caitlin virar a Nevasca, essa Nevasca da Terra 1 seja do Team Flash e não do Team Zoom.


E bota complicado nisso!
Agora, o que foi aquela cena final? Quando Zoom tirou a máscara e apareceu o rosto do Jay eu quase surtei. Ainda estou tentando processar tudo isso, mas tenho uma teoria e não sei se está certa ou se é isso, mas acredito que o verdadeiro Zoom seja mesmo o Jay Garrik que começou a se viciar com a velocidade, quando Barry voltou no tempo para salvar a sua mãe e abriu aquelas fendas, Jay viu a oportunidade perfeita para roubar os poderes de Barry e, para isso, voltou no tempo e pegou o antigo Jay Garrik (ele mesmo) e o mandou para a Terra 1. Agora que o seu antigo eu morreu, as coisas ficaram bastantes complicadas e o Zoom terá pouco tempo para ganhar mais velocidade e ser o homem mais veloz do mundo. Ok, pode ser que eu esteja errada e realmente a teoria de que o Jay seja o Hunter Zolumon é a teoria correta. Mas de qualquer maneira os roteiristas conseguiram o que queriam: nos deixar com a cabeça a mil por hora pensando nas infinitas possibilidades de quem é o Zoom na verdade. O que eu quero mesmo é saber é quem é o prisioneiro do Zoom!

Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário